Veja como a urtiga é efetiva para cuidar dos cabelos

14 de setembro de 2019
Tanto aplicados topicamente quanto consumidos, os remédios à base de urtiga podem ser uma grande ajuda para cuidar da saúde do cabelo e melhorar a sua aparência.

Existem muitos remédios para o cabelo, mas nem todos têm os mesmos resultados positivos ou vêm das mesmas fontes. Por isso hoje explicaremos como a urtiga pode nos ajudar a cuidar de nossos cabelos. Não perca!

O nome científico da urtiga é Urtica dioica. É conhecida como urtiga verde ou urtiga em alguns países. De acordo com a classificação botânica, pertence ao grupo das Urticaceae. A urtiga é uma planta que oferece vários benefícios à saúde. Destacam-se especialmente suas virtudes quando se trata de cuidar de cabelos.

Quais são as propriedades da urtiga?

Urtiga para o cabelo

Para entender como a urtiga é eficaz para cuidar dos cabelos, é importante saber um pouco sobre o tipo de espécie biológica à qual esta planta pertence. Além disso, quais são suas propriedades químicas, alguns aspectos gerais sobre seu cultivo e outros elementos que justificam seu uso na indústria capilar.

Cultivo

A urtiga é uma planta que pode ser cultivada de forma independente. Também cresce selvagem em alguns tipos de solos. Portanto, podemos coletá-la, mas, claro, sempre com a devida cautela.

É possível usar tanto suas folhas quanto seus caules. No entanto, na maior parte da indústria capilar, suas folhas são usadas para a fabricação de vários produtos.

Você sabia? 7 dicas para parar a queda de cabelo

Propriedades químicas

A urtiga é composta por uma série de componentes químicos, entre os quais encontramos minerais e vitaminas. É isso que a torna uma planta útil para o cuidado do cabelo. Seus componentes ativos são:

  • Vitaminas: A, B, C, D, E e K. Todas elas têm um papel importante na nutrição, regeneração celular e vitalidade. Portanto, elas melhoram a aparência dos cabelos.
  • Minerais: Na sua composição podem ser encontrados ferro, enxofre, potássio, manganês, silício e fósforo, que complementam seu efeito ao entrar no corpo.
  • Fibra: Também inclui uma quantidade significativa.
  • Clorofila: Este pigmento traz benefícios ao sistema circulatório do corpo.
  • Flavonoides: Esses metabólitos têm uma função antimicrobiana e anticancerígena no organismo, tanto em animais quanto em seres humanos.
  • Mucilagens: Sua função é servir como substância de transporte e contenção para outros componentes químicos.

Como a urtiga ajuda nos cuidados com os cabelos?

Urtiga para os cuidados com os cabelos

Para aqueles que duvidam do nível de eficácia da urtiga no tratamento capilar ou simplesmente ignoram seus benefícios, explicaremos como essas propriedades químicas ajudam no processo

Interrompe a perda de cabelo e estimula seu crescimento

É o principal benefício da urtiga nos cuidados com os cabelos. Ao entrar no corpo, as propriedades da planta serão responsáveis ​​por promover a circulação sanguínea no couro cabeludo.

Isso estimula o nascimento de novos fios de cabelo. Além disso, ajuda a melhorar a atividade capilar, impedindo que os folículos capilares enfraqueçam e causem queda de cabelo.

Ajude a eliminar a caspa e o sebo

Por possuir propriedades antimicrobianas e antissépticas, é possível controlar a aparência de bactérias ou outros microrganismos que geralmente são causas de doenças na área capilar. Desta forma, a urtiga permite ter um couro cabeludo mais saudável.

Além disso, graças às suas propriedades, que limitam a atividade das glândulas sebáceas, ela ajuda a reduzir os níveis de gordura no cabelo e, assim, promove sua limpeza.

Proporciona hidratação e brilho

Com um sistema de circulação estimulada, é possível oxigenar e hidratar o bulbo capilar. Isso faz com que cada fio de cabelo revitalize e possa ter mais brilho. Em muitos casos, o cabelo pode crescer mais e com melhor vitalidade.

Graças às suas propriedades, a urtiga evita o aparecimento de cabelos secos e proporciona uma aparência melhor. Nesse sentido, esse remédio natural pode ser comparado a outros produtos químicos de uso regular, como ampolas e similares.

Enriquece as fibras capilares

Graças às vitaminas e minerais que contém, esta planta ajuda a fortalecer completamente as fibras capilares. Assim, o cabelo terá mais volume. Também pode ser uma grande ajuda para evitar que o cabelo se quebre facilmente.

Da mesma forma, a cutícula capilar é enriquecida, para que cada fio permaneça fixo no lugar e possa crescer melhor. Portanto, muitas pessoas usam a planta para combater a calvície ou minimizar seu efeito a médio prazo.

Descubra ademais: Como tratar o cabelo depois do verão

Como consumir urtiga para aproveitar seus benefícios?

Agora que você entendeu como esta planta pode beneficiar seu cabelo, pode estar se perguntando como pode consumi-la para tirar proveito de suas propriedades. Por isso, logo abaixo, resumimos as maneiras mais comuns:

  • Infusões: Prepare uma mistura com 1 xícara de água (250 ml) e 1 colher de sopa de folhas de urtiga (15 g). Consuma duas ou três vezes ao dia.
  • Óleos: é possível encontrar óleos de urtiga, que podem ser aplicados diretamente no couro cabeludo por meio de uma massagem suave. Obviamente, devem ser misturados com um óleo transportador, como por exemplo, coco ou oliva, porque em sua forma natural pode ser um pouco agressivo.
  • Loção à base de plantas: combinada com outras ervas, como alecrim, você pode fazer uma loção para os cabelos com vários benefícios. Basta ferver as plantas em bastante água. Em seguida, borrife a loção das raízes até as pontas.
  • Ingrediente em seus pratos: Em alguns casos, você pode usar urtiga como um ingrediente em suas refeições, assim como se faz com outras plantas como, por exemplo, alecrim ou louro. Use-a em sopas ou em qualquer prato de sua escolha, usando 1 ou 2 colheres de chá (5 ou 10 g), de acordo com o volume da receita que você está preparando.

Importante: Lembre-se de que, ao manusear a planta, você deve usar luvas ou algum tipo de proteção, pois o contato com as folhas pode causar irritações na pele. Além disso, se você não conseguir controlar o problema do cabelo, lembre-se de que pode procurar um especialista na área para melhorar a situação.

  • Hajhashemi, V., & Klooshani, V. (2013). Antinociceptive and anti-inflammatory effects of Urtica dioica leaf extract in animal models. Avicenna Journal of Phytomedicine. http://doi.org/10.1109/tip.2007.915552
  • Kalia, A., Joshi, B., & Mukhija, M. (2014). Pharmacognostical review of Urtica dioica L. International Journal of Green Pharmacy. http://doi.org/10.4103/0973-8258.142669
  • Sahraie-Rad, M., Izadyari, A., Rakizadeh, S., & Sharifi-Rad, J. (2015). Preparation of strong antidandruff shampoo using medicinal plant extracts: A clinical trial and chronic dandruff treatment. Jundishapur Journal of Natural Pharmaceutical Products. http://doi.org/10.17795/jjnpp-21517
  • Patel, P. (2009). Compositions for simulating hair growth and preventing hair loss. Indian Pat. Appl.
  • Beggan, C. (2011). Dietary composition and method for promoting healthy hair growth and melanogenesis. U.S. Pat. Appl. Publ.