Truques caseiros para controlar a gastrite

Embora essas dicas possam nos ajudar a aliviar os sintomas de gastrite, é essencial consultar um especialista para manter o controle da doença. 
Truques caseiros para controlar a gastrite

Última atualização: 16 Fevereiro, 2021

gastrite é uma condição em que o revestimento do estômago fica inflamado, desencadeando uma forte sensação de queimação abdominal, acompanhada de azia e gases.

Pode ser causada por vários fatores; no entanto, de acordo com uma publicação no National Center for Biotechnology Information, a maioria dos casos se produzem pelo crescimento excessivo da bactéria Helicobacter pylori, que é a mesma bactéria que causa úlceras.

Seus sintomas podem aparecer repentinamente ou podem se desenvolver gradualmente. Embora geralmente sejam leves e transitórios, há o risco de complicações, como sangramento estomacal.

Por isso, antes de tentar qualquer solução natural, é fundamental ir ao médico e seguir suas recomendações. O profissional, além de dar um diagnóstico mais preciso, nos ajudará a escolher o melhor tratamento de acordo com o caso. Além disso, nos ajudará a decidir se é apropriado experimentar remédios naturais.

Estes últimos são bastante populares, pois na literatura popular são descritos como bons aliados para o enfrentamento dos sintomas. No entanto, eles não são um tratamento de primeira linha e devem ser usados ​​apenas como adjuvantes. Descubra-os!

Quais são as causas da gastrite?

A gastrite é causada pela irritação do revestimento que protege o estômago contra os sucos digestivos. O enfraquecimento dessa barreira mucosa devido ao excesso de ácidos provoca uma deterioração que gera inflamação e lesões.

A maioria dos casos ocorre após uma infecção, no entanto, também é desencadeada por doenças autoimunes, refluxo da bile para o estômago e doenças digestivas.

Fatores de risco

  • Exposição ao estresse
  • Doença de Crohn
  • Lesões no sistema digestivo
  • Infecções pela bactéria H. pylori
  • Doenças parasitárias e virais
  • Consumo excessivo de álcool e cigarro
  • Uso prolongado de analgésicos

O consumo de alimentos irritantes não é uma causa de gastrite, mas um fator que aumenta a gravidade de seus sintomas.

Como saber se eu tenho gastrite?

Mulher com gastrite

Muitos casos de gastrite são assintomáticos. Os pacientes podem sentir o estômago irritado, que é facilmente confundido com uma indigestão comum. De acordo com seu nível de gravidade, também pode causar:

  • Refluxo ácido
  • Náusea e vômito
  • Perda de apetite
  • Dor de estômago e gases
  • Queimação na parte superior do estômago

Se os sintomas forem recorrentes, é importante consultar o médico. Após um exame físico, ele pode recomendar exames laboratoriais para confirmar o diagnóstico.

Truques caseiros para controlar a gastrite naturalmente

Existem muitos medicamentos que podem ajudar a controlar a gastrite. Apesar disso, é essencial que os pacientes afetados mudem seu estilo de vida para prevenir complicações.

Embora os remédios acalmem temporariamente o desconforto, são os hábitos que determinam se eles irão realmente desaparecer, se voltarão com o tempo, ou se sua gravidade vai aumentar.

Alguns truques naturais podem ser uma excelente opção para combater a doença sem a necessidade de aumentar o consumo de medicamentos. Hoje compilamos os melhores para que você os experimente.

Consuma gelatina gelada

Gelatina

A gelatina é um alimento cheio de nutrientes essenciais que beneficiam o corpo. Seus aminoácidos, vitaminas e minerais ajudam a reparar o revestimento do estômago, controlando a inflamação.

  • Consuma uma porção de gelatina fria quando você sentir queimação no estômago ou qualquer outro sintoma de gastrite.

Coma uma banana

Por suas contribuições de fibra e antioxidantes, a banana é um dos remédios tradicionais para aliviar as dificuldades digestivas decorrentes da gastrite.

É um alimento que ajuda a regular o pH do estômago, diminuindo o excesso de acidez que pode desenvolver úlceras e irritação.

  • Consuma uma porção de banana, ou inclua-a em suas vitaminas e café da manhã.

Beba água de arroz

Água de arroz

As fibras concentradas na água do arroz são úteis para ajudar no processo de digestão. Seus nutrientes atuam como analgésicos naturais no estômago, ajudando a regenerar os tecidos irritados pelos ácidos.

  • Cozinhe o arroz na água, sem adição de temperos, e consuma o líquido 2 ou 3 vezes ao dia.

Limite o consumo de alimentos irritantes

Existem muitos alimentos irritantes que podem tornar os sintomas de gastrite mais graves, especialmente quando consumidos durante uma crise da doença.

  • É essencial que você limite a ingestão de laticínios, frituras e alimentos apimentados, pelo menos até que sinta um certo alívio.

Aumente o consumo de água

Os pacientes que têm esse problema de estômago devem consumir bastante água para garantir um bom processo de digestão. A baixa ingestão de líquido facilita as alterações no pH, permitindo que os sucos ácidos causem danos.

  • Certifique-se de beber entre 6 e 8 copos de água por dia.
  • Se você não gosta de beber água, consuma-a com um pouco de limão ou tome infusões.

Tenha em mente essas recomendações e use-as como aliadas em seu tratamento para controlar a gastrite. Consulte o médico periodicamente para avaliar o estado da doença.

Pode interessar a você...
Conheça as 10 possíveis causas para o desenvolvimento da gastrite
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Conheça as 10 possíveis causas para o desenvolvimento da gastrite

A gastrite é um problema que acontece quando as paredes do estômago se inflamam causando muito mal-estar e dor abdominal. Confira os tratamentos.



  • Feldman M, et al. (1996). Effects of aging and gastritis on gastric acid and pepsin secretion in humans: A prospective study. DOI:
    dx.doi.org/10.1053/gast.1996.v110.pm8612992
  • Lee M, et al. (1997) The aging stomach: Implications for NSAID gastropathy. DOI:
    dx.doi.org/10.1136/gut.41.4.425
  • Kuipers EJ, Blaser MJ. Acid peptic disease. In: Goldman L, Schafer AI, eds. Goldman-Cecil Medicine. 25th ed. Philadelphia, PA: Elsevier Saunders; 2016:chap 139.
  • Su K, Wang C. Recent advances in the use of gelatin in biomedical research. Biotechnol Lett 2015;37:2139-45.