Seu parceiro é controlador? Descubra os sinais

· 25 de fevereiro de 2018
Se seu parceiro for controlador e isso estiver afetando sua autoestima e sua forma de ser, você deveria pensar se realmente vale a pena lutar pela relação

Todos gostam que o parceiro mostre interesse em nossas coisas, nos problemas que nos afetam e de nossa vida em geral.

No entanto, devemos aprender a diferenciar quando o parceiro é controlador e quando se trata de atenção saudável.

No geral, as características de um controlador aparecem desde o momento no qual estamos conhecendo a pessoa.

O motivo pelo qual muitas vezes não vemos é porque na fase de paixão essas atitudes nos parecem bajuladoras.

É importante aprender a ver quando o parceiro é controlador, porque este é um sinal de baixa autoestima e insegurança que pode levar a ciúmes, violência e desconfiança.

Continue lendo e descubra as características destas pessoas. Se você detectar que está saindo com uma pessoa assim, pense se deveria terminar ou tentar ajudá-la a combater o problema.

Entenda que sua mudança não depende de você e que, antes de tudo, deve se assegurar de manter sua segurança física e emocional.

1. Não leva em consideração nossa opinião

Mulher controladora

Sempre é lindo descobrir que seu parceiro preparou um jantar especial ou que teve o tempo de pesquisar o melhor prato do restaurante para você.

No entanto, se sempre estiver escolhendo por você ou decide tudo sem consultar sua opinião, claramente seu parceiro é controlador.

Algumas vezes esta atitude tem a ver com a cultura do parceiro. Ainda podemos encontrar lugares muito machistas e se espera que eles sejam os responsáveis pelo bem-estar do casal.

Se a situação do parceiro estiver relacionada com uma questão cultural, tome um tempo para falar com ele e explicar que essa atitude lhe incomoda. No geral, quando este é o problema, uma conversa ajuda a solucionar o conflito. 

Será mais grave se seu parceiro simplesmente se negar a ver que existe um conflito ou a mudar.

2. Questiona onde você está e com quem

As pessoas controladoras não suportam a ideia de perder o controle sobre o que seus parceiros fazem. Por isso, se seu parceiro for controlador, provavelmente ligue a cada poucas horas ou mande mensagens para saber onde está, com quem e por quê.

Ainda que isso pareça muito bajulador, a verdade é que não é muito saudável. Lembre-se de que seu parceiro é somente uma parte a mais de sua vida e não tem por que ficar dando explicações desnecessárias.

Vale quando você conta que verá suas amigas ou que sairá da cidade, mas nunca se sinta na obrigação de explicar mais do que deseja.

Da mesma forma, você tampouco tem que pressionar seu parceiro para que dê detalhes de sua agenda.

3. Oferece críticas destrutivas

Homem conversando com parceira controladora

É característico das pessoas controladoras: buscam formas de se sentir bem com elas mesmas a custo de machucar quem os rodeia.

Neste caso, é comum:

  • Utilizar comentários muito destrutivos com a finalidade de fazer você se sentir mal.
  • Criticar suas decisões, subvalorizar seus sucessos ou simplesmente criticar sua aparência física.

Recomendamos ler: Como enfrentar as críticas negativas?

4. Para ele não existe o termo “intimidade”

Outro sintoma de que seu parceiro é controlador é que tem a imperiosa necessidade de revisar seu telefone, seu computador e seus pertences.

Como se fosse normal, o fazem com a pura intenção de detectar se você o está enganando ou encontrar sinais de que você mentiu de alguma forma.

Algumas pessoas controladoras inclusive se negam a permitir que seu parceiro feche a porta quando trocam de roupa ou tomam banho.

É possível que, ao tentar se queixar da situação, ele diga que o faz porque a ama e que a situação saiu um pouco de controle. É importante que, o quanto antes, você recupere o controle e imponha limite.

5. Não gostam de seus amigos e família, por isso a afasta deles

Parceiro controlador tentando convencer à mulher

Quando seu parceiro é controlador também procurará que você se centre somente nele. Lembre-se de que são pessoas com problemas de autoestima, por isso que buscarão esta atenção que precisam.

Este sintoma começará com coisas pequenas, como comentários negativos com relação a sua família e amigos. Depois, incitará a cancelar compromissos até que toda sua vida gire ao redor dele.

Lembre-se de que tanto seus amigos como sua família são imprescindíveis para ter uma vida saudável e equilibrada. Todos precisamos nos rodear de mais gente, pois somos seres sociais.

É válido que você não goste de algumas das pessoas com as que seu parceiro se relaciona e que ele não se dê bem com todos os seus amigos. No entanto, isso de nenhuma forma implica que deva terminar toda relação para agradar o outro.

Se você não gostar dos amigos dele, mas na verdade não são má influência, somente se limite a sair menos com eles. O mesmo deverá ocorrer com o inverso.

Seja realista se seu parceiro for controlador

Encontra estas características em seu relacionamento? Nesse caso, analise se é possível e viável uma mudança.

Algumas vezes é melhor se afastar das pessoas que amamos, porque nos fazem mais dano estando ao nosso lado.