Como saber se você está começando a sofrer de hipotireoidismo

13 Janeiro, 2020
Ante o menor indício, é aconselhável consultar um especialista para fazer um exame completo e, assim, poder verificar se os sintomas são indicativos de algum distúrbio da tireoide.
 

O hipotireoidismo é uma doença muito mais comum do que pensamos e seus sintomas podem ser confundidos com os de outras doenças, portanto, às vezes, é difícil diagnosticá-lo. Outros sintomas mais específicos, por outro lado, são pouco conhecidos.

Embora não seja possível determinar, por conta própria, se estamos sofrendo de hipotireoidismo apenas porque consideramos que estamos com certos sintomas, é necessário levá-los em consideração ao discutir nossas preocupações. Dessa forma, o profissional pode fazer um diagnóstico adequado.

O Dr. Hershman indica que: «O hipotireoidismo é uma deficiência de hormônio da tireoide. É diagnosticado com base em características clínicas, como aparência facial típica, fala lenta com voz rouca e pele seca, além da baixa concentração de hormônios da tireoide. O manejo requer o tratamento da causa e administração de tiroxina. »

O que é hipotireoidismo?

O hipotireoidismo é uma doença que afeta uma pequena parte da população e é caracterizada por um  déficit na secreção de hormônios da  tireoide. É mais frequente entre mulheres do que entre homens, principalmente entre maiores de 50 anos e também após o parto.

É importante explicar que a tireoide é uma glândula localizada acima da traqueia e que tem a função de regular o metabolismo do corpo e contribuir para a produção de hormônios.

Hipotireoidismo
 

Leia também: 2 dietas que aceleram o metabolismo e ajudam a perder peso

Sintomas mais frequentes

A seguir, explicaremos quais são os sintomas mais frequentes do hipotireoidismo e também os menos conhecidos.

  • Cansaço e exaustão. Você pode ter dor e fraqueza muscular.
  • Maior sensibilidade ao frio, mesmo quando está calor.
  • Aumento inexplicável de ganho de peso ou dificuldade para perder, apesar do controle de dieta e exercício. Em alguns casos, o oposto também pode acontecer e alguém vir a perder peso consideravelmente.
  • Obstipação apesar de comer alimentos ricos em fibras e beber água suficiente.
  • Depressão ou alterações de humor.
  • Pele pálida ou amarelada.
  • Inchaço do rosto. Devido à retenção de líquidos, o rosto incha, especialmente pela manhã, e as bolsas aparecem sob os olhos, dando uma aparência de exaustão.
  • Desequilíbrios hormonais e, em alguns casos, dificuldades para engravidar.
  • Perda de cabelo, apesar de seguir uma dieta equilibradaO cabelo é seco, frágil e quebradiço.
  • A pele secaEm geral, é necessário hidratá-la com muita frequência e com produtos muito nutritivos.
  • Falta de pelos na extremidade externa de uma das duas sobrancelhas ou de ambas. Este sinal é muito característico, mas não é bem conhecido.
  • Papada ou queixo duplo.
  • Tendência a contrair infecções.
  • Dores de cabeça frequentes.
Escova

O teste do termômetro

Existe um teste fácil que podemos realizar nós mesmos em casa, sem nenhum custo, e que nos dará mais informações sobre se estamos sofrendo de hipotireoidismo. Apenas precisamos de um termômetro, digital ou oral, para realizá-lo.

A temperatura deve ser medida assim que você acordar, por vários dias seguidos para  saber qual é a temperatura média do corpo em repouso.

 

Essa temperatura média nos dá a chave para conhecermos o funcionamento de nossa tireoide:

  • Normal: se a temperatura estiver entre 36,2 e 36,7°C.
  • Possível hipotireoidismo: se for inferior a 36,2°C. A glândula tireoide está funcionando de maneira mais lenta que o normal.

Para que esse teste seja confiável, não devemos utilizar nada que possa alterar nossa temperatura corporal natural, como os cobertores elétricos, ou beber álcool ou outras substâncias estimulantes, na noite anterior.

As mulheres também deverão evitar realizar o teste durante os primeiros dias do ciclo menstrual, durante a ovulação (aproximadamente, no dia 14 do ciclo). A febre, evidentemente, também vai alterar os resultados desse teste.

Termometro

Tenho os sintomas, o que fazer?

Se você observar pelo menos cinco dos sintomas que explicamos, e, além disso, o teste do termômetro confirmou que a sua temperatura corporal é inferior à média normal, recomendamos que consulte um especialista para que ele possa realizar os exames necessários e confirmar ou não o diagnóstico o quanto antes.

  • Monzani, A., Prodam, F., Bellone, S., & Bona, G. (2015). Subclinical hypothyroidism. In Thyroid Diseases in Childhood: Recent Advances from Basic Science to Clinical Practice. https://doi.org/10.1007/978-3-319-19213-0_17
  • Franklyn, J. A. (2013). Hypothyroidism. Medicine (United Kingdom). https://doi.org/10.1016/j.mpmed.2013.06.003
  • Kostoglou-Athanassiou, I., & Ntalles, K. (2010). Hypothyroidism – New aspects of an old disease. Hippokratia.