Remédios naturais para reduzir edemas

Ficar sentado por horas, consumir sal em excesso, ingerir certos medicamentos e ter problemas linfáticos são fatores que podem causam edemas. Apresentamos seis receitas naturais para tratá-los.

Conheça alguns remédios naturais para reduzir edemas, inchaços causados pela acumulação de líquidos nos tecidos. São mais comuns nas pernas, tornozelos e pés, ainda que também apareçam em outras partes do corpo.

O que são os edemas e por que se originam?

São líquidos se acumulam em nosso organismo para facilitar a função dos órgãos. O problema começa quando a quantidade de fluidos é superior ao normal. Por questão da gravidade, esse excesso costuma ficar “retido” nas extremidades inferiores. Essa condição é conhecida como hidropisia, ainda que também seja chamada de edema ou retenção.

As causas mais comuns do surgimento de edemas são:

  • O consumo excessivo de sal ou de certos medicamentos (como por exemplo anticoncepcionais).
  • Queimaduras de sol e ficar sentado por muitas horas.
  • Insuficiência cardíaca, doenças hepáticas ou renais.
  • Gravidez, menstruação ou menopausa.
  • Problemas nos gânglios linfáticos.

Os edemas podem aparecer por diferentes fatores, como por exemplo uma redução na pressão dos vasos sanguíneos, uma obstrução no sistema linfático ou uma mudança nas propriedades de retenção dos tecidos.

Existem diferentes tipos de edemas. Podem ser frios ou quentes ao tato; generalizados (inchaço em todos os tecidos e órgãos) ou localizados (por exemplo, em uma perna ou nos tornozelos).

Conselhos para tratar os edemas

É muito importante mudar alguns hábitos no caso de sofrer de retenção de líquidos. Como primeira medida recomendamos que aumente o consumo de água. Beber pelo menos 2 litros por dia não é um capricho, nem uma moda passageira. É o que o corpo precisa como mínimo para excretar as toxinas e desobstruir os gânglios linfáticos (além de realizar outras tarefas).

Quando o organismo não recebe a quantidade de água de que precisa, reserva a disponível nos tecidos, principalmente das pernas. Para saber quando parar de consumir líquidos você tem que observar a cor da sua urina. Se estiver transparente, quer dizer que você limpou seu sistema urinário por completo (para esse dia, já que no dia seguinte é preciso começar tudo de novo).

Em segundo lugar, recomendamos que reduza o consumo de sal. O sódio é um dos principais causadores de edemas. Você pode substitui-lo por outros condimentos, usar ervas aromáticas e evitar o consumo de alimentos salgados, fritos ou processados.

Remédios naturais para reduzir edemas

Alguns remédios caseiros que podem ser de ajuda se você sofre de retenção de líquidos:

1. Sementes de linhaça

Sementes de linhaça

A linhaça tem muitas propriedades e oferece uma boa quantidade de nutrientes. Pode servir para tratar os edemas se consumida periodicamente. É muito simples: basta moer as sementes um pouco e polvilhá-las na comida. Também podemos usar o óleo de linhaça para temperar as saladas.

2. Coentro

Uma erva aromática que não pode faltar em sua cozinha, porque oferece muito sabor aos alimentos. Além disso, tem propriedades medicinais muito interessantes. Por exemplo, o coentro ativa a função renal e ajuda na depuração do organismo. Você pode usá-lo fresco em saladas, em pratos com verduras, ou fazer uma infusão com sementes da planta.

Ingredientes:

  • ½ colher de sopa de sementes de coentro (5 gramas)
  • 1 xícara de água (250 gramas)

Preparo

  • Coloque a água em uma panela e esquente.
  • Quando começar a ferver, adicione as sementes de coentro.
  • Cozinhe 10 minutos e retire do fogo.
  • Deixe infusionar por 10 minutos e coe.
  • Beba a infusão o mais quente possível (melhor em jejum).

3. Óleo de mostarda

Mostarda

Neste caso o tratamento é externo. Você pode usar este óleo para fazer massagens nas pernas e tratar os edemas. Coloque umas gotas nas palmas das mãos e esfregue para gerar calor. Depois apoie na área afetada e faça movimentos circulares.

Desta maneira, estimulará a circulação sanguínea e também a linfática, reduzindo assim o excesso de líquidos alojados nos tecidos moles. Este tratamento é ideal para quando você chega do trabalho, depois de ficar muitas horas sentado em frente ao computador.

4. Alho

Este superalimento deve estar em todas as casas devido a suas múltiplas propriedades culinárias e medicinais. O alho é um diurético natural muito eficaz para reduzir a retenção de líquidos, principalmente nos pés e nas pernas.

Recomendamos que coma um dente de alho cru todas as manhãs. Não é preciso morder, você pode parti-lo em pedaços e beber com água como se fosse um comprimido. Outra opção é adicioná-lo em saladas, refogados e sopas.

5. Dente de leão

Chá de dente-de-leão

Trata-se de um maravilhoso diurético e depurativo natural. Ativa a circulação do sangue e promove a eliminação suave dos líquidos. A melhor maneira de aproveitar seus benefícios é preparando uma infusão.

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de dente de leão (10 gramas)
  • 1 xícara de água (250 gramas)

Preparo

  • Esquente a água em uma panela até começar a ferver.
  • Adicione o dente de leão e cozinhe por 10 minutos.
  • Retire do fogo e deixe ficar morno por uns 15 minutos.
  • Coe e consuma. Você pode adicionar mel ou limão para reduzir o sabor amargo da planta.

6. Vinagre de maçã

Pode ser usado como um tônico diário para evitar ou reduzir os edemas. Além de consumi-lo em saladas e outras receitas, algumas pessoas o usam para esfregar as áreas afetadas. Basta embeber uma toalha no vinagre e passá-la exercendo pressão sobre as pernas. O movimento deve ser de baixo para cima (ou seja, contrário ao efeito da gravidade); isso fará com que os líquidos possam ser eliminados através da urina.

Você já conhecia algum destes remédios naturais para reduzir edemas? Escolha o que mais chamar a sua atenção e experimente quando tiver este problema tão incômodo.

Recomendados para você