Dermatite: tipos, causas, e remédios naturais para seu tratamento

· 4 de maio de 2017
O gel de aloe vera tem propriedades anti-inflamatórias, hidratantes, bactericidas e regeneradoras. Por isso nos ajuda a aliviar e a acalmar a dermatite.

Você sabia que existem diferentes tipos de dermatite? Trata-se de um processo inflamatório da pele que pode causar bolhas, avermelhamento, coceira.

No seguinte artigo você conhecerá todos eles, assim como os melhores remédios naturais para seu tratamento e prevenção.

Tipos de dermatite

Tipos de dermatite

Embora alguns dos sintomas sejam similares, existem cinco tipos diferentes de dermatite que podem nos acometer em algum momento da vida:

Dermatite por contato

Não é infecciosa e aparece ao entrar em contato com uma substância irritante. Tende a afetar os adultos e não somente na zona irritada como também nos arredores.

Produz-se principalmente nas mãos, nos pés e na virilha. Os sintomas mais frequentes são coceira, ardência e vermelhidão.

Dermatite atópica

Pode ser causada tanto por fatores internos como externos. Aparece na parte traseira dos joelhos e ombros ou no rosto.

É comum nas crianças (nesse caso é conhecida como eczema infantil). Provoca coceira e inflamação.

Dermatite seborreica

Pode-se dizer que é o tipo de dermatite mais frequente e aparece no couro cabeludo e atrás das orelhas. Também em outras áreas com pelo como as sobrancelhas, o rosto ou as axilas. As escamas são brancas ou amarelas e oleosas.

A caspa ou seborreia é uma de suas manifestações típicas.

Dermatite das fraldas

Afeta às extremidades inferiores, principalmente na zona da virilha e das coxas, assim como nos genitais e no abdômen. Isto é, em todas as áreas que apresentam contato com a fralda.

Neste local, a umidade e o calor estão presentes de forma contínua e as bactérias “fazem a festa” com os resíduos líquidos ou sólidos.

Dermatite numular

Provoca manchas circulares que causam muita coceira. Afeta às pernas, as mãos, os braços e os glúteos. Causa bolhas purulentas, escamas e crostas.

Tende a aparecer no inverno e em pessoas com mais de 55 anos com tendência à pele seca.

Recomendamos a leitura do seguinte artigo: Saiba o que é dermatite atópica

Sintomas

Mulher coçando o braço por causa de dermatite

Os principais sintomas comuns a todos os tipos de dermatite são:

  • Coceira
  • Crostas
  • Placas que aparecem e desaparecem
  • Engrossamento da pele
  • Bolhas
  • Caspa
  • Vermelhidão
  • Irritação
  • Ressecamento

Leia também: Sabonete caseiro especial para peles delicadas e com dermatite

Causas

As causas tradicionais da dermatite são:

  • Alergias
  • Substâncias que tocamos e ingerimos que podem produzir uma reação
  • Plantas como a arruda
  • Artigos de limpeza como sabões ou desinfetantes
  • Metais como o ouro ou a prata
  • Picadas de insetos
  • Certos materiais (lã)

Outras causas da dermatite:

Alimentação incorreta

Seguir uma dieta baseada em uma grande quantidade de bebidas alcoólicas, gorduras de origem animal, macarrão, chocolate, fast foods, pode causar dermatite em certas pessoas.

A temperatura

O frio ou calor podem agravar o quadro. Por exemplo, nos aquecermos no inverno de forma exagerada com a pele seca, ou no verão por vestir certas roupas.

Genética

A herança genética pode ser responsável pela dermatite em algumas pessoas. É o caso, por exemplo, da seborreia.

Doenças

A diabetes está relacionada com o aparecimento da dermatite atópica ou numular.

Estresse

Os nervos, a ansiedade, as pressões e os problemas ocasionam a descamação da pele, o aparecimento de caspa, a vermelhidão e as bolhas.

Recomendações para evitar a dermatite

Recomendações para evitar a dermatite

Além de saber o tipo de dermatite que se sofre, os conselhos a seguir podem ser de muita ajuda para enfrentar o quadro:

  • Use sabonete neutro. Os perfumes que são adicionados aos artigos de higiene e cosméticos podem estar causando os sintomas.
  • Mantenha as unhas sempre curtas e limpas. E não é bom se coçar, pois ao fazê-lo seus dedos e unhas podem estar sujos, o que aumenta a possibilidade de infecção.
  • Evite as mudanças bruscas de temperatura. Também os exercícios muito fortes que o façam suar em excesso.
  • Hidrate a pele. Principalmente no inverno, quando tendemos a prestar menos atenção à estética e à saúde.
  • Use roupa de algodão. Antes de colocá-la pela primeira vez, lave-a à mão com sabonete neutro. Elimine todas as penugens ou superfícies ásperas das roupas.
  • Não use travesseiros de plumas. Também vale para bichinhos de pelúcia, cobertores de lã, etc.
  • Não se exponha a produtos irritantes. Por exemplo, pó, químicos industriais, aerossóis, pinturas, vernizes, fumaça, solventes. Também não o faça utilizando luvas, porque agravam o eczema entre os dedos.
  • Evite o estresse e as tensões. Você verá como, pouco a pouco, a situação na sua pele começará a normalizar.
  • Não se coce. Pode parecer impossível, mas só estará agravando a situação. Algumas pessoas optam por dormir com luvas para não se coçarem enquanto dormem.

Remédios naturais para a dermatite

As plantas sempre são nossas aliadas para qualquer problema que tenhamos, tanto internamente quanto externamente. Escolha uma dessas espécies para um bom tratamento tópico da dermatite:

Malva

Tem um componente chamado mucilagem que ajuda a suavizar a pele e a tratar feridas, bolhas e espinhas. Faça uma infusão para aproveitar seus benefícios.

Ingredientes

  • 40 g de folhas secas
  • 1 litro de água

Modo de preparo

  1. Em primeiro lugar, ferva ambos os ingredientes
  2. Deixe amornar.
  3. Depois, filtre e embeba um algodão.
  4. Aplique nas áreas afetadas depois de tomar banho e não enxágue.

Aloe vera

Lógico que o aloe vera estaria em uma lista de remédios naturais para a pele. Tem propriedades anti-inflamatórias, hidratantes, bactericidas e regeneradoras.

Corte uma folha, abra-a pela metade e unte o gel na área afetada pela dermatite.

Calêndula

A calêndula pode ajudar a tratar a dermatite

Uma planta silvestre realmente maravilhosa. Possui propriedades antibióticas e anti-inflamatórias. Prepare-a na forma de infusão.

Ingredientes

  • Uma colher de flores de calêndula
  • Uma xícara de água fervendo (250 ml)

Modo de preparo

  1. Adicione as flores na água e fervente.
  2. Deixe descansar por alguns minutos
  3. Coe a infusão
  4. Quando estiver à temperatura ambiente, aplique com um algodão.
  • Sampai, A. L. S. B., Mameri, Â. C. A., Vargas, T. J. de S., Ramos-e-Silva, M., Nunes, A. P., & Carneiro, S. C. da S. (2011). Dermatite seborreica. Anais Brasileiros de Dermatologia. https://doi.org/10.1590/S0365-05962011000600002
  • Duarte, I., Lazzarini, R., Buense, R., & Pires, M. C. (2000). Dermatite de contato. Anais Brasileiros de Dermatologia. https://doi.org/0103-2259/11/34-03/73
  • Rocha, N., & Selores, M. (2004). Dermatite das fraldas. Revista Do Hospital de Crianças Maria Pia .