5 remédios naturais para combater a vaginose bacteriana

Além de usar esses remédios de uso externo, também podemos aproveitar as propriedades de alguns alimentos, como os mirtilos, para fortalecer o sistema imunológico e combater a infecção de dentro para fora.

Saiba como combater a vaginose bacteriana, uma doença da área íntima das mulheres que é causada pelo desequilíbrio da flora vaginal, um conjunto de bactérias saudáveis cuja função é proteger contra os agentes infecciosos.

É uma das condições mais desconfortáveis para as mulheres, uma vez que a presença de bactérias nocivas causa alterações no corrimento vaginal, tornando-o amarelado, grosso e com um odor forte e desagradável.

Entre outras coisas, a infecção pode causar coceira na área íntima, além de irritação da pele, vermelhidão, e outros sintomas desconfortáveis que podem interferir no âmbito sexual.

É por isso que é essencial prestar atenção e iniciar um tratamento que facilite o controle o antes possível.

Felizmente existem remédios de origem natural que, sem causar efeitos colaterais, ajudam a parar o crescimento de micro-organismos prejudiciais, restaurando o pH e acalmando os sintomas.

Nesta oportunidade queremos compartilhar os cinco melhores para que você não hesite em usá-los quando quiser combater a vaginose bacteriana.

1. Vinagre de maçã para combater a vaginose bacteriana

Vinagre de maçã

O vinagre de maçã tem ácidos orgânicos que, quando aplicados externamente, ajudam a regular a flora vaginal para controlar a infecção bacteriana e o mau odor.

Suas propriedades anti-inflamatórias e antimicrobianas reduzem a irritação da pele na área íntima e, além disso, promovem o crescimento de bactérias saudáveis.

Ingredientes

  • ½ xícara de vinagre de maçã natural (125 ml)
  • 5 xícaras de água quente (1250 ml)

Preparo

  • Dilua o vinagre de maçã na água quente e, depois, despeje o líquido em uma banheira ou bacia.

Modo de uso

  • Faça banhos de assento por 10 minutos, ou enxágue a área externa da vagina com o líquido.
  • Repita a sua utilização todos os dias, até que a infecção seja curada.

2. Suco de mirtilos

Devido ao seu alto teor de vitamina C e antioxidantes, o suco natural de mirtilos é um ótimo complemento para lidar com infecções na vagina.

Os seus nutrientes fortalecem o sistema imunológico e ajudam a melhorar a resposta do organismo diante de bactérias patogênicas.

Ingredientes

  • ½ xícara de mirtilos frescos (75 g)
  • 1 xícara de água (250 ml)
  • 2 colheres de sopa de mel (50 g)

Preparo

  • Adicione os mirtilos no liquidificador e bata com um copo de água.
  • Sirva imediatamente e adoce com algumas colheres de sopa de mel.

Modo de uso

  • Consuma o suco duas vezes por dia, até aliviar a vaginose.

3. Água oxigenada

Água oxigenada

Por suas propriedades antibacterianas e antissépticas, a água oxigenada pode ser considerada uma solução natural para combater a vaginose bacteriana.

Não altera a atividade das bactérias na vagina e, além disso, diminui o excesso de corrimento e a coceira.

Ingredientes

  • 3 colheres de água oxigenada (30 ml)
  • 3 xícaras de água (750 ml)

Preparo

  • Aqueça as xícaras de água sem deixá-las ferver e adicione a água oxigenada.

Modo de uso

  • Enxágue a parte externa da vagina com a solução, até 2 vezes ao dia.
  • Repita a sua aplicação até controlar o problema.

4. Óleo de orégano e óleo de coco

Tanto o óleo de orégano quanto o óleo de coco possuem propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias que ajudam a controlar a infecção na vagina.

Os seus recursos naturais restauram a atividade da flora vaginal e ajudam a neutralizar o mau cheiro e o corrimento amarelado.

Ingredientes

  • 2 colheres de sopa de óleo de coco (30 g)
  • ½ colher de chá de óleo de orégano (2 g)

Preparo

  • Aqueça o óleo de coco até atingir uma temperatura adequada para a pele.
  • Misture com o óleo de orégano e certifique-se de obter um produto homogêneo.

Modo de uso

  • Umedeça um pedaço de algodão com a mistura dos óleos e aplique-os nas partes externas da área íntima.
  • Repita seu uso 2 ou 3 vezes por dia.

5. Chá de camomila

Chá de camomila

A camomila é um remédio complementar com ação anti-inflamatória que pode ajudar a reduzir a coceira e a irritação causada pela vaginose.

Suas flores liberam extratos naturais que regulam o pH vaginal, inibindo a proliferação de bactérias nocivas.

Ingredientes

  • 3 colheres de sopa de flores de camomila (30 g)
  • 2 xícaras de água (500 ml)

Preparo

  • Adicione as flores de camomila nos copos de água fervente e deixe descansar por 15 a 20 minutos.
  • Após este tempo, coe a bebida com uma peneira e aplique.

Modo de uso

  • Lave a região da vagina com o líquido, assegurando-se de tratar as partes irritadas.
  • Repita seu uso 2 vezes ao dia para controlar a infecção rapidamente.

A sua secreção vaginal tem alterações? Você sente um cheiro desagradável em sua área íntima? Se tiver estes sintomas, experimente um dos remédios mencionados aqui e combata essa infecção antes que cause complicações.

Se os sintomas persistirem, não hesite em consultar o seu médico.

Recomendados para você