Quedas das crianças: saiba como lidar com elas

16 de dezembro de 2018
Sabemos que, como mãe, você se importa muito com seus filhos. Se você mantiver a calma poderá lidar com as quedas das crianças. Lembre-se de ter um kit de primeiros socorros. 

As quedas de crianças estão preocupando você? Estas, desde que começam a andar, querem correr, pular e brincar, o dia todo. No entanto, em cada estágio da aprendizagem, há obstáculos.

Muitas vezes, as lesões que surgem como resultado das quedas das crianças são tão inofensivas quanto as quedas.

Normalmente, são arranhões ou hematomas que são eliminados, quase imediatamente, com um pouco de creme, gelo, e os cuidados da mamãe ou do papai.

Como mãe você deve estar preparada para as quedas dos seus filhos, e precisa saber como lidar com essa situação da melhor maneira.

Além disso, essa situação não deve ser um obstáculo para o desenvolvimento e a motivação do seu filho, mas um aprendizado.

Dicas para enfrentar as quedas das crianças

Para evitar o desespero nesses momentos, damos-lhe uma série de dicas que você pode aplicar quando um dos seus filhos se machucar.

Estas ajudarão a lidar com tais situações com o mínimo de drama, e focando no lado positivo, se houver um.

1. Verifique a gravidade do golpe

Quedas em crianças podem ser causadas por diferentes razões. Desde algo tão simples como tropeçar em uma pedra enquanto caminhava, até cair da bicicleta, enquanto aprendia a lidar com ela.

Em qualquer caso, a primeira coisa que você deve fazer é rever o golpe que a criança recebeu na queda.

Trata-se apenas um arranhão nos joelhos, ou de algo mais complexo, como uma entorse, ou uma lesão que requer a intervenção de um médico.

Para verificar a ferida, lembre-se de que você deve ter suas mãos desinfetadas, e evitar aplicar qualquer creme, ou dar alguma medicação sem saber exatamente do que se trata.

Leia também: 8 coisas que você nunca deve fazer com um bebê recém-nascido

2. Mantenha a calma

Sua atitude será a mesma que seu filho tomará nessas situações no futuro, lembre-se de que você é seu exemplo a ser seguido.

Portanto, a coisa mais importante nesses casos é manter a calma. Se você se deixar levar pelo estresse e pela incerteza do momento, poderá tornar o problema mais sério do que é.

Quando seu filho cai, é normal sentir angústia. Se ele vê você em desespero e sem saber o que fazer, entrará em pânico e seu medo aumentará, assim como a dor que sente.

Isso não significa que, como pai, você mostrará indiferença nessas situações, ou reprimirá seus sentimentos.

Pelo contrário, mostre que você se importa com ele, mas não perca o controle de suas emoções. Isso ajudará a criança a se acalmar, e ambos podem pensar com clareza.

3. Use o kit de primeiros socorros

Nas quedas das crianças use o kit de primeiros socorros

É importante que em casa você monte um kit de primeiros socorros, e o tenha à mão em qualquer eventualidade que possa surgir.

No entanto, tenha muito cuidado com a localização dos medicamentos, uma vez que não é aconselhável deixá-los ao alcance das crianças.

Se você for dar uma caminhada, você deve levar o seu kit de primeiros socorros, pois nunca saberá quando vai precisar dele.

Além disso, as crianças são muito inquietas, elas estão sempre brincando, pulando e correndo de um lado para o outro, e apesar de seus constantes avisos, às vezes as quedas das crianças são inevitáveis.

Você pode montar diferentes modelos e tamanhos de kit de primeiros socorros. Você pode levá-lo a todos os lugares, no carro, ou até mesmo na bolsa.

Nele você pode incluir objetos básicos, tais como:

  • Algodão
  • Solução antisséptica
  • Álcool
  • Gazes
  • Creme antibiótico
  • Acetaminofeno
  • Sacos frios instantâneos.
  • Creme de calamina.
  • Termômetro
  • Fita adesiva.
  • Luvas
  • Tesoura

4. Pergunte ao seu pequeno como ele se sente

Nas quedas das crianças você deve apoiá-las

Quando seu filho sofre um acidente, pode se sentir desamparado, exposto e com dor. A melhor coisa que você pode fazer é apoiá-lo e dizer-lhe que nem todas as quedas são sérias, e que você sempre estará ao seu lado para protegê-lo.

É importante que você pergunte ao seu filho quanta dor ele está sentindo. Assim como há ferimentos visíveis, também há ferimentos que passam despercebidos, como entorses e fraturas.

Dependendo da intensidade da dor você pode determinar se é necessário levá-lo à clínica, ou se um descanso será suficiente para que o desconforto desapareça.

5. Ligue para o seu médico de confiança

Se você notar que a dor persiste, que a ferida é muito profunda, ou que o sangramento não para, é melhor ligar para o seu médico. 

Normalmente, chamar o médico da família ajudará você a saber o que fazer para parar o sangramento, reduzir a inflamação de uma ferida, ou reduzir a dor.

O próximo passo é levá-lo à clínica para ser atendido por profissionais, e ambos podem se sentir mais calmos.

Confira também esse artigo: Descubra a importância de ter um kit de primeiros socorros em casa

Quais são as consequências das quedas das crianças?

As quedas de crianças na maioria dos casos afetam a área da cabeça. É necessário que você preste atenção ao golpe, e à área lesionada.

Os golpes na cabeça podem ser leves, moderados ou graves. Os dois últimos comprometem o estado de consciência da criança e, portanto, devem ser tratados por especialistas médicos.

Golpes leves são aqueles que não geram uma perturbação significativa da consciência.

Por isso é importante que você identifique como foi o golpe, de onde a criança caiu, e que tipo de superfície atingiu, a fim de determinar a gravidade das consequências do impacto.

Por outro lado, se a lesão é uma ferida que causou sangramento, você deve desinfetá-la imediatamente.

Não fazê-lo, ou agir tarde demais, pode causar infecções ao seu filho, além de muita dor.

Conclusão

Quais são as consequências das quedas das crianças?

As crianças são muito propensas a acidentes durante a infância. Quedas, solavancos, e arranhões são muito comuns no seu dia a dia.

Por isso, é muito importante que, como pai, você esteja preparado para ajudar seu filho em caso de acidente.

Além de ser seu herói, cuidando dele, é e importante que você lhe transmita coragem para continuar, apesar de seus tropeções.

As quedas de crianças, em sua maioria, não são sérias. Se você ensinar seu filho a se levantar após uma queda, ele se tornará um adulto corajoso e capaz de superar as adversidades no futuro.

Da mesma forma, isso também contribuirá para um desenvolvimento saudável e feliz.