Qual a verdadeira idade do seu corpo?

· 31 de julho de 2018
Para que nossa idade biológica corresponda à idade de nosso corpo, é importante que cuidemos de nossos hábitos e pratiquemos exercícios para que possamos cuidar de nossa saúde.

Muitas vezes vemos os jovens comportarem-se como idosos e vice-versa. Não estamos nos referindo, neste caso, aos hábitos que nos fazem parecer com mais ou menos idade, mas sim à maneira como estes afetam o corpo.

Assim o é, porque há uma idade biológica que nem sempre é a mesma que a quantidade de velinhas que assopramos no bolo a cada ano.

Descubra a verdadeira idade biológica de seu corpo neste artigo!

O que é a idade biológica?

Graças a um teste, é possível determinar muitos fatores relacionados aos anos que tem um organismo, com relação à maneira como é cuidado.

Médicos de algumas localidades já baseiam-se nestes dados para, por exemplo, determinar se a doação de órgãos de uma pessoa é aceita ou não. Também servem para saber e até predizer a possível idade de morte do paciente e para identificar quais pessoas podem desenvolver demência ou Mal de Alzheimer.

A idade biológica, segundo a ciência, é mais importante que a data de nascimento. No entanto, ainda falta muito para que a idade cronológica deixe de ser usada na medicina.

Na realidade, os testes ajudam para que cada um saiba se os seus costumes e hábitos são benéficos ou prejudiciais para a saúde. E isso é mais do que interessante!

Uma das provas consiste em fazer uma análise de sangue para identificar as marcas de envelhecimento das células e compará-las posteriormente com o comportamento dos 150 genes-chave para a saúde.

É isso mesmo o que você está lendo: há sinais nos tecidos celulares que podem indicar se alguém sofrerá deterioração cognitiva ou se será mais longevo do que a média.

A partir dos 40 anos os pacientes têm a possibilidade de conhecer aquilo que os está envelhecendo. Infelizmente, a ciência ainda não conseguiu retardar este processo.

Apesar disso ela, ao menos, nos dá a constatação de que “idade” e saúde” são duas questões totalmente separadas na nossa vida.

Os cientistas mencionados neste estudo afirmaram que o teste seria muito útil para predizer doenças cerebrais e neurodegenerativas a tempo, e poder tratá-las para que não se convertam em crônicas.

Dentro de muito pouco tempo já não seremos julgados por nossa idade, mas sim por como nos vemos. Talvez a sociedade, as seguradoras ou as empresas médicas analisem cada pessoa de uma maneira mais “inteligente”.

Veja também: Que suas mãos revelem a sua idade! Saiba como rejuvenescê-las

Exemplo de teste para determinar a idade do corpoA verdadeira idade do seu corpo depende de quanto cuida do seu peso

Existem diversas provas que não requerem a retirada de nenhuma gota de sangue para saber a verdadeira idade de nosso corpo.

A partir de uma série de perguntas, ela nos dá uma resposta mais ou menos acertada a respeito.

É preciso responder o mais objetivamente possível e compreender o motivo do resultado final. Trata-se de perguntas sobre o dia a dia e os hábitos que levamos.

Um dos testes que se podem encontrar facilmente é o seguinte.

1. Com quantos amigos você compartilha seus problemas?

  • Com ninguém (um ano mais velho, +1)
  • Com um a três amigos (meio ano mais jovem, -0,5)
  • Com quatro ou mais (um ano mais jovem, -1)

2. Quantos abraços ou beijos você recebe por semana?

  • Nenhum (um ano mais velho, +1)
  • De um a três (meio ano mais jovem, -0,5)
  • Quatro ou mais (um ano mais jovem, -1)

3. A que idade você acredita que morrerá?

  • Antes dos 75 (dois anos mais velho, +2)
  • Entre os 76 e os 90 (um ano mais velho, +1)
  • Entre os 91 e 99 (+0)
  • Depois dos 100 (dois anos mais jovem, -2)

4. Você pode tocar os calcanhares com suas pernas em linha reta?

  • Facilmente (-1, um ano mais jovem)
  • Se eu empurrar um pouco (0)
  • Quase posso (meio ano mais velho, +0,5)
  • Entre 2 e 5 cm (+1)
  • Quase nada (+2)

5. Qual é a forma de seu corpo?

  • Obesa (+3)
  • Nítido sobrepeso (+2)
  • 5 Kg de sobrepeso (+1)
  • Perfeita para minha altura (-1,5)
  • Abaixo do peso (-1)

6. Quão grande é a sua barriga?

  • Não pode notar sua forma total por ser grande (+1)
  • Redonda (+0,5)
  • Quase chata (+0)
  • Chata (-0,5)

7. Com que frequência você sente cansaço ou oscilações de energia no corpo?

  • Quase todos os dias (+2)
  • Quase todos os dias depois de almoçar (+1,5)
  • Às vezes (+0,5)
  • Nunca (-1)

8. Fuma?

  • Não, nunca fumei (-3)
  • Parei cinco anos atrás ou mais (-2)
  • Parei de três a cinco anos atrás (-1)
  • Parei de um a três anos atrás (+0)
  • Parei neste ano (+1)
  • Fumo (+3)

9. Quanto foi o máximo já bebido por você em um dia no ano passado?

  • Três copos ou taças ou menos (+0)
  • Quatro copos (+0,5)
  • Cinco ou menos (+1,0)
  • Mais de cinco (+1,5)

10. Você tem muitos dentes obturados e/ou suas gengivas sangram quando as escovam?

  • Gengivas que sangram ou onze ou mais dentes obturados (+1,5)
  • De quatro a dez dentes obturados (+1)
  • De um a três dentes obturados (+0,5)
  • Não (+0)

11. Você toma bebidas industrializadas gasosas ou de fruta?

  • Nunca (-1)
  • Um a três copos por semana (+0,5)
  • Quatro a seis copos (+1)
  • Mais de sete (+2)verdadeira idade do seu corpo depende do seus hábitos alimentares

12. Consome comida enlatada ou em conserva?

  • Para todas as comidas (+3)
  • A maioria (+1)
  • Para menos da metade das minhas comidas (-1)
  • Nunca uso comida processada (-2)

13. Quantas vezes por semana você se sente cheio demais depois de comer?

  • Mais de sete vezes (+3)
  • De três a seis (+2)
  • De um a dois (+1)
  • Nunca (-1,5)

14. Quantos resfriados você sofreu no ano passado?

  • Cinco ou mais (+1,5)
  • Três ou quatro (+1)
  • Um ou dois (-0,5)
  • Nenhum (-1)

15. Você tomou antibióticos nos últimos cinco anos?

  • Não (-2)
  • Uma a duas ocasiões (+2)
  • Três ou mais ocasiões (+5)

16. Quantas vezes por semana você caminha ou realiza exercício durante 30 minutos ou mais?

  • Nunca (+1)
  • De um a dois (+0)
  • De três a quatro (-0,5)
  • Cinco ou mais (-1,5)A verdadeira idade do seu corpo depende dos exercícios que pratique

17. Quantas vezes por semana você faz exercícios de força muscular?

  • Nunca (+1)
  • Um a dois (+0,5)
  • De três a cinco (-1,5)
  • Seis ou mais (-0,5)

Partindo da base da idade cronológica você deve ir somando ou subtraindo segundo as respostas.