Quando visitar um psicólogo de casal?

Ainda existe resistência de algumas pessoas para visitar um psicólogo de casal porque acreditam que é só para pessoas com problemas mentais ou não reconhecem que têm um verdadeiro e profundo problema no relacionamento.

Visitar um psicólogo de casais é um ato de verdadeiro amor por si mesmo e pela pessoa que foi escolhida como companheira pra vida. Quando as pessoas iniciam um compromisso, o que menos imaginam é que alguma vez precisarão da ajuda de um profissional. Mas a convivência, as inseguranças, o estresse e centenas de fatores podem causar problemas nas relações de casal.

Começam as discussões, o desinteresse por parte de um ou de ambos os membros e voltar para casa se torna um martírio. Geralmente, a primeira coisa que as pessoas fazem é procurar culpados pela discussão nesse momento. Mas a questão de fungo não é tratada e vai ganhando terreno. Alguns conseguem conversar e procurar alternativas para seguir adiante.

Ser sincero com o que sente é a primeira coisa que cada um deve fazer. Separar um tempo juntos para identificar as verdadeiras causas deste mal enlace do casal. Deixar o orgulho e o egoísmo de lado para que o amor não seja intoxicado. Tudo isso soa muito lindo e fácil, mas a maioria das vezes realmente não acontece.

Na melhor das situações tentam pedir conselhos as pessoas mais próximas e a maioria dos casais termina no divórcio. Os amigos ou familiares não têm a subjetividade suficiente e nem as ferramentas para guiá-los. Por isso, se não desejam terminar o relacionamento, visitar um psicólogo de casais é a opção mais saudável. E o que acontece depois vai ser com a consciência e a satisfação de fazê-lo tentando.

Quando é necessário visitar um psicólogo de casais?

  • Acordo mútuo

Casal resolvendo seus problemas com um psicólogo de casal

Ambos estão convencidos de procurar ajuda profissional. Talvez, um dos dois sugira, mas os dois têm que estar convencidos. O objetivo comum é salvar o casal e ambos precisam estar dispostos a ouvir o outro. Com certeza haverá minutos de tensão ou de dor até encontrar o verdadeiro motivo. Mas também sabem que estão ali para recuperar a antiga relação ou, melhor ainda, criar uma relação melhor.

Recomendamos ler: 5 passos que você deve dar antes de ter um relacionamento aberto

  • Dificuldades na comunicação

A maneira como se comunicam ou interpretam as mensagens do outro pode gerar sérios problemas. Inclusive, chegar a uma severa falta de comunicação. Sentir que a outra pessoa não escuta ou não considera o que você expõe, acaba em uma relação silenciosa. Se não há comunicação, não há forma de saber o que cada um sente e precisa pra ser feliz.

  • Estar só vivendo em casal

Casal que discute muito deve consultar um psicólogo

Muitas pessoas sentem em extrema solidão mesmo tendo alguém ao lado. Falta de afeto ou de contenção são as sensações primárias. Mas há algo ali que não funciona e não permite a felicidade do outro.

Leia também: “Caso amanhã”: a carta de um paciente com Alzheimer para sua mulher

  • A chegada dos filhos está causando problemas

Em alguns relacionamentos, quando os filhos chegam, a relação muda por completo. Se enxergam como dois desconhecidos que não conseguem concordar em nada. Às vezes, um dos integrantes se sente deslocado ou desautorizado. Outros, colocam toda a sua energia nos cuidados do novo integrante e esquecem da intimidade.

  • O desejo sexual diminui

Casal com problemas sexuais precisando ir a psicólogo de casal

A passagem do tempo costuma transformar as relações sexuais em um trâmite rotineiro que desempenham como uma cláusula obrigatória. Se ocupam tanto de procurar um desenvolvimento profissional ou de alcançar outros objetivos que o sexo passa a ser um prazer terciário. Há amor e compromisso em passar o resto de suas vidas juntos, mas não encontra essa conexão necessária na cama.

  • Perde-se a confiança

A confiança é um dos pilares dos relacionamentos. Pode ser perdida por infidelidades ou mentiras descobertas. Se se quebra é provável que entrem em discussões o tempo inteiro. O companheiro pode dizer a verdade, inclusive fazer todo o possível para que sejam felizes, mas se o outro não consegue acreditar nele, sempre encontrarão o motivo para desconfiar.

Benefícios de visitar um psicólogo de casais

Casal consultando psicólogo

  • Recuperar a vontade de compartilhar a vida com a outra pessoa.
  • Fortalecer o diálogo e a alegria do namoro.
  • Prevenir ou resolver outros possíveis conflitos que surjam mais adiante.
  • Evitar que o relacionamento se torne tóxico e gere um dano psicológico para todos.

O fundamental é não deixar passar muito tempo antes de visitar um psicólogo de casais, para ter resultados positivos mais rápido. Além disso, identificar se verdadeiramente vale o esforço e se ambos enxergam um no outro a pessoa com quem querem estar para o resto da vida.

Recomendados para você