Maravilhosas propriedades curativas da tanchagem

03 Setembro, 2020
A tanchagem é conhecida por suas aplicações medicinais. Nos últimos anos, vários estudos descobriram efeitos interessantes da planta na saúde. Vamos apresentá-los com mais detalhes aqui.

A tanchagem, Plantago major ou Plantago lanceolata, é uma planta medicinal perene muito encontrada em países da Europa e da América, principalmente em ambientes úmidos. Você conhece suas propriedades?

Na medicina natural, tanto suas folhas verdes quanto suas sementes são usadas. Além disso, há quem a utilize em diferentes pratos como sopas, guisados, purês, etc. Saiba mais sobre essa planta.

Propriedades medicinais da tanchagem

Como muitas outras plantas, a tanchagem tem sido o foco de diferentes pesquisas. Graças a isso, existem atualmente estudos que respaldam muitas das propriedades medicinais que lhe são atribuídas. Por exemplo, um estudo publicado em Biomedicine and Pharmacotherapy descobriu que a tanchagem contém:

  • Flavonoides
  • Alcaloides
  • Terpenoides
  • Derivados do ácido fenólico
  • Glicosídeos iridoides
  • Ácidos gordos
  • Polissacarídeos
  • Vitaminas

Portanto, e de acordo com essa mesma pesquisa, a planta exerce efeitos positivos como coadjuvante em casos de feridas, agente antiulcerativo, antidiabético, antidiarreico, anti-inflamatório, antibacteriano e antiviral.

A pesquisa determinou que a tanchagem contém substâncias com potencial farmacológico. No entanto, a planta ainda é objeto de estudo.

Benefícios da tanchagem

Pelas várias propriedades medicinais atribuídas a essa planta, podemos também destacar uma série de benefícios que proporciona à saúde. Embora não seja uma planta milagrosa e não substitua os tratamentos médicos, em alguns casos pode ser um bom conadjuvante.

Claro, é aconselhável consultar o seu médico antes de ingeri-la, pois não está isenta de causar efeitos colaterais ou interações com outros medicamentos. Tenha isso em mente!

Infecções virais

A tanchagem é frequentemente usada para combater infecções virais comuns, como gripe e resfriado. Segundo uma pesquisa publicada em Antiviral Research, isso se deve principalmente ao seu teor de compostos fenólicos que possuem atividade antiviral, especialmente o ácido caféico.

Saúde do fígado

As sementes de tanchagem têm mostrado efeitos positivos contra a hepatotoxicidade. Um estudo publicado na revista médica Indian Journal of Pharmacology descobriu que a planta é anti-inflamatória e, também, hepatoprotetora. Claro, mais evidências são necessárias para confirmar esses efeitos.

Pode te interessar: Conheça algumas doenças do fígado

Contribui para a saúde renal

Por suas propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, a tanchagem também parece contribuir contra os cálculos renais. Especificamente, pode ajudar a prevenir seu crescimento. De acordo com um estudo publicado em Malaysian Journal of Medical Sciences, os extratos dessa planta foram superiores ao alopurinol e ao citrato de potássio na inibição do tamanho do cristal de oxalato de cálcio in vitro.

Outros benefícios da tanchagem

As descobertas sobre a tanchagem estabeleceram que a planta pode ajudar no tratamento de feridas na pele. Especificamente, ajuda a promover a regeneração da pele lesionada.

Conforme compilado por uma pesquisa publicada em Journal of Ethnopharmacology, a tanchagem também serve para:

  • Estimular a regeneração da ferida.
  • Doenças de pele.
  • Problemas de circulação e hipertensão.
  • Níveis elevados de açúcar no sangue.
  • Problemas digestivos.
  • Aliviar a dor.

Leia também: Como as feridas são classificadas

Como podemos preparar a tanchagem?

O chá de tanchagem é muito fácil de preparar:

  • Ferva a água e coloque-a em uma xícara, adicionendo uma colher de chá de folhas verdes ou secas.
  • Cubra e deixe descansar por dez minutos.
  • Coe e tome uma ou duas vezes por dia.

Com as folhas também é possível preparar um suco:

  • Coloque uma xícara de água gelada e duas colheres de sopa de folhas picadas de tanchagem no liquidificador e bata tudo muito bem.
  • Coe para tomar em jejum.

Usos tópicos e aplicações

  • Pode ser aplicada topicamente nas partes afetadas como cataplasma. As folhas da tanchagem são aquecidas e, depois, aplicadas nas partes lesionadas, seja por feridas, inflamações, úlceras ou picadas de insetos.
  • Suas sementes são utilizadas em infusão como remédio complementar contra parasitas.
  • A infusão, em geral, ajuda a reduzir desconfortos digestivos, como diarreias.
  • Tomando como chá ou adicionada às refeições, permite que suas outras propriedades sejam aproveitadas.

Efeitos colaterais da tanchagem

Em geral, não há registros de efeitos colaterais da tanchagem administrada por via oral em quantidades moderadas. Apesar disso, seu consumo não é recomendado em caso de gravidez ou durante a amamentação. Também não deve ser administrada a crianças pequenas. Da mesma forma, em caso de doença ou de outro tratamento, é melhor consultar um médico. Leve isso em consideração!

  • Adom, M. B., Taher, M., Mutalabisin, M. F., Amri, M. S., Abdul Kudos, M. B., Wan Sulaiman, M. W. A., … Susanti, D. (2017, December 1). Chemical constituents and medical benefits of Plantago major. Biomedicine and Pharmacotherapy. Elsevier Masson SAS. https://doi.org/10.1016/j.biopha.2017.09.152
  • Chiang, L. C., Chiang, W., Chang, M. Y., Ng, L. T., & Lin, C. C. (2002). Antiviral activity of Plantago major extracts and related compounds in vitro. Antiviral Research55(1), 53–62. https://doi.org/10.1016/S0166-3542(02)00007-4
  • Türel I, Ozbek H, Erten R, Oner AC, Cengiz N, Yilmaz O. Hepatoprotective and anti-inflammatory activities of Plantago major L. Indian J Pharmacol. 2009;41(3):120–124. doi:10.4103/0253-7613.55211
  • Beara, I. N., Lesjak, M. M., Jovin, E. D., Balog, K. J., Anac̀kov, G. T., Orčić, D. Z., & Mimica-Dukić, N. M. (2009). Plantain (Plantago L.) species as novel sources of flavonoid antioxidants. Journal of Agricultural and Food Chemistry. https://doi.org/10.1021/jf902205m
  • Aziz, S. A., See, T. L., Khuay, L. Y., Osman, K., & Abu Bakar, M. A. (2005). In vitro effects of plantago major extract on urolithiasis. The Malaysian Journal of Medical Sciences : MJMS12(2), 22–226.
  • Beara, I. N., Lesjak, M. M., Orčić, D. Z., Simin, N. D., Četojević-Simin, D. D., Božin, B. N., & Mimica-Dukić, N. M. (2012). Comparative analysis of phenolic profile, antioxidant, anti-inflammatory and cytotoxic activity of two closely-related Plantain species: Plantago altissima L. and Plantago lanceolata L. LWT – Food Science and Technology. https://doi.org/10.1016/j.lwt.2012.01.001
  • Wegener, T., & Kraft, K. (1999). [Plantain (Plantago lanceolata L.): anti-inflammatory action in upper respiratory tract infections]. Wiener Medizinische Wochenschrift (1946).
  • Samuelsen, A. B. (2000, July). The traditional uses, chemical constituents and biological activities of Plantago major L. A review. Journal of Ethnopharmacology. https://doi.org/10.1016/S0378-8741(00)00212-9