Posturas sexuais perigosas para o pênis

30 de junho de 2019
Durante o sexo, algumas posturas podem trazer um risco para o pênis, especialmente quando os movimentos são vigorosos ou não são controlados.

Um dos grandes temores dos homens são as lesões no pênis. Por isso, certamente lhes interessará conhecer quais são as posturas sexuais mais perigosas para o pênis. Estas se relacionam com um maior número de lesões que terminam no hospital.

Este tipo de problema não é muito frequente, contudo, causam medo e vergonha de quem o sofre. Isso atrasa e dificulta a assistência médica, o que é imprescindível para uma recuperação rápida e completa das funções sexuais. Siga lendo!

As posturas sexuais mais perigosas para o pênis

A relação entre as lesões no pênis e as posturas sexuais deve-se às fraturas que ocorrem, na maioria dos casos, quando este está ereto. O diagnóstico é realizado com o histórico e o exame clínico, e sempre são enumerados os três sintomas habituais: um som de fratura, perda do estado erétil e dor

Em alguns casos graves, pode ocorrer também uma lesão uretral. Esta pode ser identificada pelos sintomas como sangramento e incapacidade para urinar. A saber, esta ocorre e mais de um terço dos casos e requer uma atenção médica imediata.

A seguir detalhamos as posturas sexuais mais perigosas para o pênis. Sempre é bom conhecer os riscos, para tomar os cuidados necessários. E, caso seja necessário, procurar um médico o quanto antes.

1. A mulher por cima

A mulher por cima pode gerar problemas durante o sexo

Um estudo realizado no Brasil em 2014 revelou que a postura da mulher por cima é a causa mais frequente das fraturas de pênis. Este tipo de lesão pode ser muito dolorosa e requer um tratamento cirúrgico, por isso que é importante preveni-la.

O risco dessa postura se deve ao fato de que é a mulher que controla os movimentos enquanto está em cima. Sem perceber, pode apoiar todo o peso do corpo sobre o pênis ereto em algum momento que este saia fora da vagina.

O mesmo estudo cita uma postura que ocupa o segundo lugar com relação ao risco de lesões no pênis: o estilo cachorrinho. Além disso, outras fontes trazem esta postura como o primeiro lugar no ranking de periculosidade.

Leia também: Posições sexuais excitantes e prazerosas

2. Estilo cachorrinho

Este estudo realizado em 2017 indica que o estilo cachorrinho (mulher de quatro e o homem por trás) não só é o mais arriscado, como também é o que daria como resultado lesões de maior gravidade. Esta postura foi a responsável da maioria dos casos de lesão. Além disso, foi comparada com outras onde a mulher fica por cima ou mesmo o homem.

No caso dessa postura, o risco se daria quando o homem é o que domina a relação sexual. Com um alto grau de excitação e intensidade na penetração, pode acontecer do pênis sair da vagina e golpear com força o períneo ou a sínfise do púbis. 

Por isso, nesse estudo também aparece a postura mamãe e papai (homem por cima) como fator de risco. Nesse sentido, um pequeno truque para tentar evitá-lo seria que o homem segurasse com força o quadril da mulher. Desse modo, poderia controlar melhor os movimentos.

Leia também: Falta de libido na mulher: como tratar? 

Posturas sexuais mais perigosas para o pênis: outras causas

Homem com problemas no pênis

Como pode ver, qualquer postura sexual pode chegar a provocar uma fratura no pênis, caso os movimentos sejam muito vigorosos. Em qualquer momento pode-se perder o controle da penetração. Isso pode aumentar a chance do pênis golpear contra qualquer parte do corpo ou objeto.

No entanto, este tipo de lesão também pode ter outras causas, assim como mostram os estudos citados. Em alguns casos, os pacientes se referiram a masturbação ou a algum tipo de manipulação do membro. Em outros, pode ter sido por um trauma ou mesmo ao girar na cama durante o sono e com o pênis ereto.

Por fim, também indicam alguns casos nos quais o homem tentava pressionar o pênis com muita força para introduzi-lo na roupa enquanto estava ereto. Isso poderia estar relacionado também com questões emocionais, religiosas, etc.

Portanto, lembre-se de que caso sofra alguma lesão no pênis, deve procurar urgentemente um médico o quanto antes. Principalmente caso sinta alguma grande dor e tenha escutado um barulho de fratura. Desse modo, evitará males maiores.

  • Reis, L. O., Cartapatti, M., Marmiroli, R., Oliveira Júnior, E. J. De, Saade, R. D., & Fregonesi, A. (2014). Mechanisms predisposing penile fracture and long-term outcomes on erectile and voiding functions. Advances in Urology. https://doi.org/10.1155/2014/768158
  • Barros, R., Schulze, L., Ornellas, A. A., Koifman, L., & Favorito, L. A. (2017). Relationship between sexual position and severity of penile fracture. International Journal of Impotence Research. https://doi.org/10.1038/ijir.2017.24
  • Kara, N., Morel Journel, N., Ruffion, A., & Terrier, J. E. (2015). Management of penile fracture. Progres En Urologie – FMC. https://doi.org/10.1016/j.fpurol.2015.06.004