Por que não é bom consumir pão

· 9 de maio de 2018
O consumo de pão branco pode ser tão prejudicial quanto o excesso de açúcar, por isso, se não quisermos deixar de comê-lo, devemos optar por alternativas mais saudáveis.
Nos últimos anos aumentaram as advertências sobre o consumo regular de pão. Embora este alimento tenha sido parte da dieta dos seres humanos desde os tempos antigos, hoje existem muitas razões para evitá-lo.

A receita básica é feita com farinha de trigo refinada, água e sal. Isso, somado aos conservantes adicionados por algumas indústrias, não o torna a melhor opção a nível nutricional.

De fato, devido ao seu alto teor de carboidratos, não é recomendado como parte da dieta, especialmente se o objetivo é perder peso. Comê-lo todos os dias pode causar excesso de peso e outras doenças metabólicas.

Existem mais motivos para limitar o consumo de pão? Claro que sim! Embora possa ser inofensivo comê-lo em pequenas porções, sua ingestão excessiva pode produzir várias reações negativas no organismo.

Descubra!

Pão e sua baixa qualidade nutricional

Pão branco industrial

O pão, especialmente o branco industrializado, é um alimento nutritivamente muito pobre. Durante o processo de refinamento a que é submetido, perde muitas de suas propriedades, uma vez que o germe de trigo e o farelo são removidos.

O resultado é um produto com baixo teor de fibras, vitaminas e minerais que, devido a sua alta concentração de amido, pode dificultar a digestão e o metabolismo.

Embora não seja correto eliminar todos os carboidratos da alimentação, as fontes de farinha, como o pão, são provavelmente a pior opção.

Leia também:4 sopas detox para desintoxicar seu organismo de maneira deliciosa

Ele contém muito sódio

O consumo excessivo de sódio pode levar a algumas complicações de saúde. O mais preocupante é que mais de 77% da quantidade ingerida é proveniente de alimentos processados, dentre os quais o pão se inclui.

Este alimento refinado pode vir com adições de fosfato e bicarbonato de sódio, cujos excessos podem influenciar a retenção de líquidos, e a pressão alta.

  • O pão branco industrial pode conter até 19 gramas de sal por quilo, ou seja, cerca de 4,7 gramas por barra de 250 gramas.
  • A dose máxima de sal, de acordo com os dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), é de 5 gramas por dia, por pessoa.

Seu índice glicêmico é alto

O pão branco é um dos alimentos de queima rápida com alto índice glicêmico. Isso significa que, não sendo usado adequadamente como fonte de energia, causa um desgaste da insulina, e produz altos picos de açúcar no sangue.

Seus efeitos sobre o corpo são comparados com aqueles produzidos pelo açúcar branco: eleva a glicose, afeta as funções do pâncreas e incide em distúrbios metabólicos, como a diabetes mellitus e o sobrepeso.

Contém muito glúten

Não é bom consumir pão que contenha glutem

O trigo com o qual o pão é feito contém muito glúten. Esta mistura de proteínas facilita a fermentação dos alimentos, tornando-os mais elásticos, esponjosos e apetitosos.

O problema é que muitas pessoas têm um sistema digestivo sensível, que não consegue processar adequadamente o glúten.

  • A intolerância ao glúten, ou doença celíaca, causa dor abdominal, diarreia, refluxo gastroesofágico e afecções inflamatórias.

Como reduzir o consumo de pão?

Parar de comer pão pode ser difícil para aqueles que geralmente o incorporam de várias maneiras em sua dieta regular. No entanto, considerando os riscos envolvidos, é bom começar a tomar algumas medidas para diminuí-lo ao máximo.

Substituir o pão

Até mesmo o pão saudável vendido no mercado pode ser uma fonte significativa de calorias, se o consumo não for moderado. Por esse motivo, é melhor procurar outras fontes de carboidratos para substituí-las na dieta.

  • Existem muitas receitas alternativas para evitar as farinhas refinadas das receitas tradicionais, como substituir o pão dos sanduíches por vegetais verdes ou fazer pizzas com massa de couve-flor.

Visite este artigo: Pãozinho de queijo e coco, uma receita muito simples e sem glúten

Procure opções de pão com trigo 100% integral

É melhor consumir pão com trigo 100% integral

Pães feitos com trigo integral contêm mais propriedades e nutrientes do que o pão branco pode fornecer. Embora geralmente seja um pouco mais caro, é uma opção saudável a ser adicionada regularmente na dieta.

Cuidado! Há algumas apresentações de pão que não são 100% integrais. É importante verificar os rótulos para determinar se têm essa propriedade em sua totalidade ou se são combinados com farinha refinada.

Evite a cesta de pão

Há muitos restaurantes que servem cestas de pão como acompanhamento de suas refeições. Para evitar o consumo, o ideal é pedir ao garçom para não deixá-lo na mesa.

Com que frequência você consome pão? Que variedade você escolhe? Agora que você conhece seus efeitos negativos, tente encontrar outros alimentos mais saudáveis ​​para substituí-lo.