Pai flagra professora xingando aluna durante a aula: "Menina chata"

Veja o caso de um pai que flagrou a professora xingando sua filha e publicou o vídeo em suas redes exigindo uma resposta da escola.
Pai flagra professora xingando aluna durante a aula: "Menina chata"

Última atualização: 25 março, 2022

O pai de uma criança matriculada na escola municipal Prefeito Antônio Osvaldo de Luca, localizada na cidade paulista de Barra Bonita, publicou recentemente em suas redes um vídeo que mostra a professora xingando uma aluna durante a aula.

O vídeo mostra a criança fazendo uma atividade escolar junto aos colegas, quando a professora começa a atacar verbalmente a menina, sem nenhum motivo para isso. Após descobrir que a filha estava sendo chamada de “chata” e “insuportável”, o pai decidiu publicar o vídeo, juntamente a um texto no qual exige que sejam tomadas as providências cabíveis.

A revolta de um pai que vê a professora xingando sua própria filha

“Não me conformo que ainda existam pessoas formadas e capacitadas para serem professoras que tratam assim crianças inocentes que não podem nem se defender. Isso aconteceu hoje com a minha filha e eu quero que os responsáveis tomem providências para que não venha a acontecer de novo com outras crianças”.

 

Post do pai da aluna

A prefeitura da cidade de Barra Bonita respondeu através de uma nota afirmando ter aberto um processo administrativo disciplinar para averiguar a conduta da servidora, além de garantir que todas as providências cabíveis serão tomadas em relação ao assunto.

“Foi determinada a abertura de processo administrativo disciplinar para apurar a conduta da servidora. E as providencias cabíveis serão tomadas. Tudo está em processo, o RH deve informar a servidora ainda hoje. Os pais da aluna serão chamados para prestar esclarecimentos”.

Veja o vídeo postado pelo pai neste link, com a notícia publicada pelo G1.

Pode interessar a você...
Professora adotou menina de 16 anos quando descobriu que ela morava em um orfanato
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Professora adotou menina de 16 anos quando descobriu que ela morava em um orfanato

A professora Miriam Coronel adotou uma menina de 16 anos quando descobriu que a jovem vivia em um orfanato em péssimas condições.