Menstruação atrasada: possíveis causas e tratamentos naturais

· 5 de dezembro de 2018
Você sabia que a sua saúde intestinal pode influenciar os seus ciclos menstruais? A inflamação intestinal afeta diretamente os ovários, por isso devemos regular nosso trânsito para evitar problemas.

Algumas mulheres sofrem de amenorreia, ou seja, a menstruação atrasada ou a falta dela. Sempre que se descarta a gravidez, a menopausa e possíveis patologias por parte do ginecologista, convém tratar esse distúrbio o mais rápido possível, e fazê-lo com medicamentos naturais é uma boa opção.

Neste artigo, analisaremos possíveis causas e tratamentos naturais para um ciclo menstrual irregular.

Possíveis causas da menstruação atrasada

Síndrome do ovário policístico

A principal causa da amenorreia patológica é a síndrome do ovário policístico. O que ocorre é a menstruação atrasada por meses seguidos, uma condição que afeta muitas mulheres e que, muitas delas não têm conhecimento do diagnóstico. Normalmente esse problema vem acompanhado de outros sintomas, como excesso do crescimento de pelos, acne, dores menstruais, aumento de peso e problemas de fertilidade.

O remédio mais efetivo para o tratamento dessa condição é o pimenteiro-bravo ou Vitex Agnus Castus, uma planta medicinal utilizada tradicionalmente para evitar a irregularidade da menstruação e restaurar a ovulação em mulheres que sofrem de amenorreia.

É especialmente efetivo tomar o pimenteiro-bravo quando a síndrome do ovário policístico vem acompanhada de baixos níveis de progesterona e prolactina. Recomenda-se 200 mg por dia do extrato, durante três ou quatro meses para avaliar os resultados.

A planta pimenteiro-bravo pode ajudar no caso da menstruação atrasada

Alterações hormonais

Existem remédios naturais que podem nos ajudar, geralmente, tratar todo tipo de distúrbios hormonais. Neste artigo, destacaremos um dos mais efetivos: a maca, uma raiz andina muito recomendada para a saúde da mulher.

Esta raiz pode ser administrada em comprimidos ou em pó. No caso da versão em pó, é interessante pelo fato de que podemos controlar melhor a dosagem que tomamos, já que o indicado é iniciar o tratamento com a mínima quantidade e ir aumentando gradualmente, devido ao seu poder energético que, em alguns casos, provoca nervosismo.

Como tratamento de choque pode-se tomar de 6 a 9 gramas diariamente. A dose de manutenção é de três gramas por dia (aproximadamente uma colher pequena e rasa).

Leia também: 7 hábitos “inocentes” que causam desequilíbrios hormonais

Congestão intestinal

Em algumas situações em que a amenorreia não apresenta causa aparente, e não há um antecedente de distúrbio hormonal, devemos analisar também nossa saúde intestinal, muito importante já que, se houve casos do intestino se mostrar inflamado, consequentemente, os ovários são diretamente afetados.

Indicamos o tratamento de forma natural do distúrbio intestinal e recomenda-se esperar o período de um mês para comprovar a regularidade do ciclo menstrual.

Deve-se seguir uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, cereal integral, frutos secos, acrescentando alguns alimentos, especialmente laxantes naturais como as sementes de linhaça e as ameixas.

A linhaça pode ajudar no tratamento da menstruação atrasada

Tensão emocional

Quando esgotamos as causas anteriores, e ainda não encontramos o porquê do nosso distúrbio, devemos considerar as questões emocionais e nervosas, que podem originar um grande impacto no nosso corpo. Se estamos atravessando um mau momento por motivos familiares, profissionais ou outros, e sofremos alguns sintomas de estresse como a insônia, a má digestão, a ansiedade ou irritabilidade, é recomendável tomar algum suplemento natural com propriedades relaxantes, como os que indicamos a seguir:

  • Bálsamo
  • Martírio
  • Tila
  • Valeriana

Também podemos tomar florais de Bach, que são muito úteis e podem ajudar a aliviar qualquer problema emocional de maneira natural.

A camomila é um tratamento natural para a menstruação atrasada

Tratamentos naturais para a menstruação atrasada

Chá de camomila

As infusões de camomila são um remédio antigo e econômico para o tratamento da amenorreia e da falha menstrual. Recomenda-se três xícaras por dia durante um mês. Muito benéfica também para dores menstruais.

Pode te interessar: Remédio de camomila e salsa para amenorreia ou falta de menstruação

A salsa

A salsa contém muitas propriedades para a saúde e é muito rica em minerais como o ferro, além de promover a normalidade da menstruação. A melhor forma de nos beneficiar de suas propriedades é consumi-la crua diariamente, acrescentando-a em nossas receitas.

Existe inclusive uma famosa salada árabe à base de salsa. Se cortarmos a salsa bem fina podemos temperar todo tipo de saladas, podemos, inclusive, inclui-la em molhos.

Finalmente, também podemos incorporá-la como ingrediente às famosas vitaminas verdes que são benéficas para o fígado, um órgão que está diretamente relacionado com a menstruação, segundo a Medicina Tradicional Chinesa, por ser um purificador do sangue. Por este motivo, se cuidamos do nosso fígado, também equilibramos a menstruação.

  • de Moura, H. H. G., Costa, D. L. M., Bagatin, E., Sodré, C. T., & Manela-Azulay, M. (2011). Síndrome do ovário policístico: Abordagem dermatológica. Anais Brasileiros de Dermatologia. https://doi.org/10.1590/S0365-05962011000100015
  • Vasserman, J., Alves De Lima Filho, O., & Araujo, F. F. (1973). AMENORREIA PRIMARIA ASSOCIADA A OVARIOS POLICISTICOS. Maternidade e Infancia.