O que deve saber sobre a fibromialgia para combatê-la

15 de abril de 2018
A fibromialgia é uma doença crônica que pode reduzir a qualidade de vida dos pacientes. Descubra abaixo o que mais deve saber para combatê-la.
A fibromialgia é uma doença mais comum do que pensamos, uma vez que muitas pessoas sofrem com ela e nem sabem disso. Por esse motivo, é conhecida como a “invalidez invisível”. Não pode ser detectada por qualquer exame de raio-X ou de sangue.

Pacientes com esta doença não conseguem um bom descanso. Quando adormece, seu corpo sofre de transpiração excessiva (hiperidrose) e, em geral, o desconforto pode se tornar mais intenso.

É uma doença reumática crônica caracterizada pela presença de dor generalizada e exaustão constante, bem como vários outros sintomas.

Os pacientes não apresentam qualquer alteração visível, apesar dos muitos sintomas que sofrem, como dor crônica em diferentes partes do corpo. Além da fadiga, a fibromialgia inclui contraturas musculares, hérnia discal e problemas reumáticos que eventualmente podem levar à imobilidade.

Causas da fibromialgia

Homem com dores de fibromialgia

A causa da fibromialgia é desconhecida, mas pensa-se que se deve a uma função anormal do sistema nervoso central.

Existe uma hipótese que explica que esta doença ocorre quando as paredes intestinais se inflamam e são hiperpermeáveis. Isso é comum nas pessoas que têm uma parede intestinal mais fina do que o normal, o que faz com que, além de nutrientes, também passem resíduos e substâncias tóxicas pela parede intestinal.

Tudo isso acaba atingindo o fígado e os rins, o que faz com que o sistema imunológico entre em ação, os considerando inimigos e tenta lutar contra esses elementos. É por isso que é extremamente importante cuidar da alimentação.

Outra possível causa de fibromialgia pode ser encontrada em um desequilíbrio dos neurotransmissores. Acredita-se que as respectivas alterações produzam os diferentes sintomas desta patologia.

Por exemplo, a dor generalizada pode ocorrer como resultado de uma alteração nas vias de modulação da dor. No entanto, não há evidências científicas para validar totalmente esta hipótese.

Tipos de fibromialgia

Dor articular é um sintoma de fibromialgia

A fibromialgia não ocorre da mesma forma em todos os casos. Existem diferentes tipos, portanto, o tratamento é focado no alívio dos sintomas que cada paciente apresenta. A classificação dos tipos de fibromialgia é apresentada abaixo.

  1. Tipo 1. Grupo de pacientes sem doença concomitante.
  2. Tipo 2. Grupo de pacientes com doenças reumáticas e também autoimunes.
  3. Tipo 3. Inclui pessoas que apresentam uma alteração séria na esfera psicopatológica.
  4. Tipo 4. Inclui pacientes chamados de simuladores.

O suor noturno: uma das consequências da fibromialgia

O suor pode ser um sinal de fibromialgia

Embora pareça impossível combater os suores noturnos, é algo viável. Como? Muito fácil, você só precisa tentar manter uma dieta equilibrada e, é claro, tome especial cuidado com os alimentos que você inclui no jantar.

Por outro lado, você pode tomar banho com água morna antes de ir para a cama e aplicar uma pequena camada de óleo de eucalipto em diferentes partes do corpo. Isso o ajudará a manter a sensação de frescura.

Abaixo, apresentamos outras medidas que cada paciente com fibromialgia deve colocar em prática para desfrutar de uma melhor qualidade de vida em geral.

De interesse: Tratamento para a fibromialgia

Seu próprio tratamento

Cuide de sua dieta

É essencial que você tome cuidado especial com sua dieta se sofre de fibromialgia. Então, o melhor é que você evite laticínios, açúcar, glúten, carne vermelha, batatas, tomates, berinjelas e pimentas. Quanto a frutas, será melhor consumi-las em compotas para manter a saúde intestinal.

Você deve evitar bebidas com cafeína. Café e outras bebidas como chá, mate, bebidas açucaradas. Por outro lado, alimentos que contêm um alto teor de vitamina C, como cítricos, também não são recomendados porque podem afetar o equilíbrio do sono.

Faça esporte

Fazer esporte ajuda os pacientes com fibromialgia

O esporte pode ser uma excelente terapia para pacientes com fibromialgia. Os especialistas recomendam o exercício aeróbio de forma progressiva e constante.

De fato, os exercícios em piscinas (sejam eles natação ou algum outro tipo de esporte aquático) são especialmente recomendáveis ​​porque permitem que você ganhe mais agilidade. Além disso, hidroterapia é uma excelente escolha.

Faça fisioterapia

Massagem em paciente com fibromialgia

Se você considera a dor muito intensa, pode ir a um fisioterapeuta e avaliar um programa de reabilitação que lhe permita aliviar o desconforto. Usufrua! Existe uma grande variedade de opções.

Os profissionais que são responsáveis ​​por trabalhar em reabilitação física estão familiarizados com a fibromialgia e saberão o que você precisa, dependendo da sua doença. Siga as instruções dos médicos, faça uma dieta adequada, faça exercícios e enfrente esta doença muito melhor.

Recomendados para você