O que as suas orelhas dizem sobre você

· 20 de junho de 2017
Embora apenas as identifiquemos com o sentido da audição, as orelhas podem dar muitos sinais sobre nossa saúde em geral, de modo que devemos prestar mais atenção a elas.

Diferentes partes do corpo podem nos dizer muito mais do que pensamos sobre nossos corpos. Não é diferente com as orelhas.

Veja o que as orelhas são capazes de dizer sobre nós mesmos, pois certamente você se surpreenderá.

Servem como identificação genética

Não somente a impressão digital serve como identificação genética. Nesse sentido, as orelhas são úteis também.

É uma parte do corpo que dificilmente muda. Desde o nascimento até a velhice, só crescem.

Assim, torna-se uma maneira útil de identificar uma pessoa.

Nos ajudam a saber o nosso tipo de genética

As orelhas nos ajudam a saber se o nosso gene é dominante ou recessivo.

Se suas orelhas terminam coladas ao pescoço, você tem um gene recessivo. Ao contrário, se estão separadas como um gancho, você tem gene dominante. Observe as suas orelhas para descobrir.

Veja também:  Combata a colite de forma eficaz com estes 6 remédios caseiros

As orelhas sinalizam possíveis doenças cardíacas

De acordo com vários estudos, pessoas que apresentam um sulco que cruza o lóbulo da orelha são muito propensas a sofrer de doença arterial coronariana.

Se este for o seu caso é melhor ligar para o seu médico para fazer um check-up geral a fim de descartar qualquer condição destas características.

Orelhas pálidas? Talvez seja carência de vitaminas

Se você tem as orelhas muito pálidas, talvez esteja com carência de nutrientes básicos. Preste muita atenção a este aspecto, pois pode ser muito mais grave do que se poderia pensar à primeira vista.

Orelhas esbranquiçadas podem sinalizar falta de vitaminas e cálcio.

Problemas renais se as orelhas forem vermelhas

Se suas orelhas estiverem vermelhas, podem indicar uma doença renal, verifique se há algum outro indício que lhe possa dar mais pistas.

Não hesite em ir ao médico se você observar mais dados que apontem para esse diagnóstico.

Orelhas com uma coloração muito vermelha

Se você tiver orelhas com coloração de vermelho intenso, muito cuidado porque isso pode ser sinônimo de distúrbios cerebrais.

Assim, pode indicar perda de memória eminente, dores de cabeça constantes e problemas cerebrais. Se também estiverem inflamadas, pode ser uma condição crônica.

Nesse caso, consulte o seu médico.

Visite este artigo: Homens e mulheres, duas realidades cerebrais diferentes

A reflexologia

A reflexologia é uma terapia na qual se trabalha com as terminações nervosas que se conectam com cada área do corpo.

No ouvido, a reflexologia auricular relaciona estes pontos com a silhueta de um bebê em posição fetal.

  • Assim, os pontos que devemos pressionar seguem relação ao corpo do bebê.
  • Ao pressionar os pontos destas terminações você poderá resolver diferentes problemas de saúde, tanto físicos quanto emocionais.

Essa matéria trabalha com muitos pontos de estimulações e você pode aprender a massageá-los para resolver problemas como uma dor de cabeça.

As áreas utilizadas da orelha são as mais sensíveis para receber impressões sensoriais, tais como calor, luz, som, sensações eletromagnéticas e pressão.

Assim, os seus estímulos produzirão reações em outros órgãos do corpo, dependendo do ponto de trabalho.

A massagem auricular

Assim, a estimulação auricular ou micromassagem é realizada de três formas diferentes: pressionando com o dedo inteiro, com a ponta dos dedos ou a ponta da unha.

Você também pode usar um lápis do lado da borracha ou bolinhas para pressionar a orelha.

É importante saber que, em cada caso, a pressão que se exerce sobre a área deverá aumentar gradualmente de modo que permaneça eficaz ao longo do tempo e conforme o progresso do tratamento.

  • Por exemplo, pressionando a área da orelha correspondente ao baço, facilitará a digestão.
  • Pressionando o ponto dos pulmões se impulsiona a circulação de sangue e da energia. Isto se aplica para aliviar as doenças respiratórias tais como a asma, ou o edema provocado por transtornos na circulação.
  • Ao estimular o ponto correspondente ao intestino delgado você pode tratar problemas de diarreia, má absorção gastrointestinal, inchaço e vários desconfortos.

Como podemos ver, através desta técnica não só podemos conhecer o que nossas orelhas dizem a nosso respeito, mas também podemos aliviar determinadas doenças.

Basta identificar e saber a que cada parte da área do corpo corresponde.