O café é bom para a saúde? O quanto devemos consumir por dia?

03 Julho, 2020
Além de reduzir os níveis de estresse, o café atua como um antidepressivo, já que ao consumi-lo liberamos serotonina, dopamina e noradrenalina, que nos oferecem bem-estar.

O café. Esse tônico reconfortante de todas as manhãs, com um odor embriagante que nos envolve e desperta… Quem não gosta de uma boa xícara de café depois das refeições ou no café da manhã?

Quase todos são adeptos, mas com certeza muitos tem dúvidas sobre a fiabilidade da bebida, se é saudável ou não e quantas xícaras podemos consumir por dia. E é sobre exatamente isso que falaremos nesse artigo. Se você também ama um cafezinho, não perca esse artigo.

5 razões pelas quais o café é saudável!

Café é saudável

1. Ele contém muitos antioxidantes

Ele é um tesouro de antioxidantes, além de ser rico em potássio, magnésio, manganês, cromo, prebióticos, vitaminas e tocoferóis.

A verdade é que o poder dessa bebida é curioso, assim como uma pesquisa realizada nos Estados Unidos, que indicou já há alguns anos que a maior parte de nós obtém majoritariamente antioxidantes advindos do café, depois das frutas e verduras, já que geralmente costumamos consumir mais deste líquido do que essas últimas.

2. Ele pode nos ajudar a diminuir o estresse

Talvez essa informação chame a sua atenção. Uma pesquisa realizada na Universidade Nacional de Seul demonstrou que tomar café altera as proteínas no cérebro, reduzindo os níveis de estresse.

Mas cuidado: isso só funciona para quem consome de uma a duas xícaras por dia. Se consumirmos mais do que isso, conseguiremos um efeito totalmente contrário (e maléfico).

3. Ele diminui os sintomas do mal de Parkinson

Sem dúvida muitos já conhecem essa informação. Tal dado foi obtido a partir de um estudo realizado em 2012 e publicado pela revista Science Daily.

É muito bom saber que pessoas que consomem cafeína habitualmente são menos propensas a desenvolverem o mal de Parkinson. E mais, inclusive pessoas que já sofrem desse mal podem encontrar uma ajuda nessa bebida para controlar um pouco mais seus movimentos.

Leia também: Você tem risco de desenvolver Parkinson? Conheça 7 sinais que podem ajudá-lo a descobrir

4. Ele é bom para o fígado

Ele é um grande aliado do fígado, cuidando e protegendo, e afastando, por exemplo, a temida doença do fígado gorduroso ou inclusive a cirrose. Tudo isso é possível devido a uma mistura de muitas substâncias químicas que atuam como protetoras.

São elas: carboidratos, lipídeos, aminoácidos, vitaminas, minerais, alcaloides e outros componentes bioativos, como a cafeína, os diterpenos e o ácido clorogênico. Todos esses elementos são grandes protetores do fígado.

5. Ele aumenta nosso ânimo

Não, não é mentira. Essa bebida escura e agradável atua como um antidepressivo natural graças à sua produção de neurotransmissores como a serotonina, a dopamina e a noradrenalina. Nada melhor para começar o dia!

Recomendamos a leitura: Os antidepressivos e suas contra-indicações

Quantas xícaras podemos tomar diariamente?

Café e reconfortante

Primeiramente, devemos saber que ele age de maneiras diferentes em cada pessoa. Assim, alguns conseguem consumi-lo e passar bem a noite, outros têm o sono alterado, a alguns ele causa acidez no estômago, etc…

Assim, é claro que somos nós que deveremos fazer uma primeira avaliação de como essa bebida reage em nosso organismo. Mas, em geral, é recomendável não consumir mais do que três xícaras por dia.

De acordo com vários especialistas, médicos e nutricionistas, o mais recomendável é que o consumo máximo de cafeína diário não ultrapasse os 500 miligramas.

Assim, é necessário considerar o tipo de xícara que utilizamos, para que não sejam especialmente grandes.Também devemos seguir as seguintes indicações:

  • Café instantâneo descafeinado: 1 mg de cafeína
  • Café instantâneo: 40 mg
  • Café filtrado: 30 – 40 mg
  • Café expresso: 200 – 250 mg

Logo, não duvide, aproveite de sua xícara de café diária. Aliás, para aqueles que querem perder peso naturalmente, uma ótima opção é provar um delicioso café verde e adicioná-lo à sua alimentação.

É muito importante também para desfrutar melhor dessa bebida, evitar o uso de açúcares e adoçantes e ,se for adicioná-los, escolha a opção mais saudável. Fica a dica.

Antioxidants (Basel). 2013 Dec; 2(4): 230–245. Published online 2013 Oct 15. Antioxidant and Antiradical Activity of Coffee. doi: 10.3390/antiox2040230
Fundación Española de la Nutrición. El café y sus beneficios. http://www.fen.org.es/blog/el-cafe-y-sus-beneficios/

Chen, S., Teoh, N. C., Chitturi, S., & Farrell, G. C. (2014). Coffee and non-alcoholic fatty liver disease: Brewing evidence for hepatoprotection?: Coffee and fatty liver. Journal of Gastroenterology and Hepatology, 29(3), 435-441. doi:10.1111/jgh.12422
Nieber K. The Impact of Coffee on Health. Planta Med. 2017 Jul 4. doi:
1055/s-0043-115007. [Epub ahead of print] PubMed PMID: 28675917.
Tetens, I. (2015). EFSA NDA Panel (EFSA Panel on Dietetic Products, Nutrition and Allergies), 2015. Scientific Opinion on the safety of caffeine. Europen Food Safety Authority.
Parkinson’s Foundation. Coffee and Parkinson’s: Protection in the Making? https://www.parkinson.org/blog/science-news/coffee-and-parkinsons-protection-in-the-making
Leitzmann MF, Willett WC, Rimm EB, et al. A prospective study of coffee consumption and the risk of symptomatic gallstone disease in men. JAMA. 1999;281:2106-12.
Leitzmann MF, Stampfer MJ, Willett WC, Spiegelman D, Colditz GA, Giovannucci EL. Coffee intake is associated with lower risk of symptomatic gallstone disease in women. Gastroenterology. 2002;123:1823-30. https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0016508502004547
Front Psychol. 2016; 7: 1764. Published online 2016 Nov 14. Caffeine Enhances Memory Performance in Young Adults during Their Non-optimal Time of Day. doi: 10.3389/fpsyg.2016.01764
FDA. Al grano: ¿cuánta cafeína es demasiada? https://www.fda.gov/consumers/articulos-en-espanol/al-grano-cuanta-cafeina-es-demasiada