Quando ocorre a normalização da menstruação após o parto?

Existem várias alterações físicas e hormonais que restabelecem o corpo da mulher após a transformação de uma gravidez. Neste artigo, explicaremos quando ocorre a normalização da menstruação após o parto.

A vida de uma mulher é cheia de mudanças, principalmente durante a gravidez. Após o parto, seu corpo se normaliza pouco a pouco. No entanto, existe uma grande preocupação entre as mães em relação ao tempo da primeira menstruação após o parto. Neste artigo, explicaremos todos os detalhes.

Pós-parto

O pós-parto é o estágio de transição em que o corpo da mulher recupera gradualmente sua forma e funcionamento normais após as mudanças hormonais e fisiológicas que a gravidez provoca. Nesta fase, a produção de hormônios diminui devido à ausência da placenta para secretar o leite materno. Este processo afeta a ovulação.

Aleitamento materno e ovulação

Mulher amamentando seu filho

Após o parto, o corpo da mulher começa a produzir grandes quantidades de prolactina, um hormônio responsável pela produção do leite materno. Além dele, a oxitocina, outro hormônio que permite que o leite brote durante a sucção do bebê, é produzido.

No entanto, a prolactina é produzida pela glândula pituitária, uma glândula que também paralisa ou desequilibra a atividade ovariana. Enquanto a mãe está amamentando o bebê, seu corpo produz prolactina e deixa de fabricar as substâncias com as quais ela produz os óvulos.

Portanto, o processo de sangramento correspondente à menstruação não ocorre após o parto. A interação da mãe e do bebê também mudará pouco a pouco. Isso dependerá da frequência do consumo de leite e da inclusão de outros alimentos na dieta da criança. Quando isso acontece, os ciclos menstruais são reiniciados e a mulher recupera a fertilidade.

Período de regularização

A menstruação após o parto pode demorar alguns meses, dependendo principalmente do tempo de amamentação. Como o corpo de cada mulher é diferente, não há um período de tempo certo que preveja o retorno da menstruação.

Abaixo, apresentaremos um intervalo aproximado nas datas em que a menstruação após o parto pode ocorrer.

Leia também: 4 conselhos para reduzir o fluxo na menstruação

Amamentação artificial

Bebê tomando mamadeira

Há muitas razões pelas quais algumas mulheres decidem alimentar seu bebê com fórmulas, entre elas o processo de inflamação da mama (mastite puerperal), rachaduras no mamilo, mamilos invertidos, etc. De fato, também pode ser devido aos horários de trabalho da mãe.

Neste caso, o tempo para a glândula pituitária parar de produzir prolactina varia de 2 a 3 meses. Como o organismo da mulher detecta que a produção de leite não é mais necessária, os hormônios que estimulam o ovário (FSH e LH) começam a ser produzidos.

Consequentemente, a menstruação após a gravidez será restaurada o mais breve possível. No entanto, recomenda-se uma visita ao médico caso ela atrase em mais de três meses.

Amamentação natural

Bebê mamando

A maioria das mulheres prefere alimentar seus bebês naturalmente devido às suas muitas vantagens, tanto para a mãe quanto para a criança. Neste caso, a prolactina permanece elevada durante meses.

Como resultado, a menstruação após o parto pode ocorrer nos próximos 8 a 10 meses. No entanto, é apenas um tempo estimado que dependerá de cada mulher.

Lóquios e menstruação; não é a mesma coisa

É importante mencionar que, após o nascimento, a mulher sofre um sangramento chamado de lóquios. Durante um período de aproximadamente 15 dias, o corpo da mulher começa a se recuperar e o útero retorna ao seu tamanho normal.

Para isso, os restos da placenta, mucosa, entre outros elementos, devem ser retirados do útero. No entanto, devido à placenta ser presa por vasos sanguíneos, ocorre o sangramento.

Inicialmente, a cor do fluxo é um tom forte de vermelho. Com o tempo, a pigmentação diminui até que um tom muito claro seja alcançado. Portanto, o mecanismo natural dos lóquios não deve ser confundido com a presença de menstruação após o parto.

Mudanças na menstruação após o parto

Mulher contando dias do calendário

Geralmente, a ovulação ocorre cerca de 13 ou 14 dias antes da menstruação. Embora seja estranho, uma mulher pode ter períodos em que há ovulação, mas não há menstruação, e vice-versa.

No entanto, é difícil saber quando cada caso ocorre e determinar com certeza o retorno da fertilidade. Por esta razão, é importante considerar vários métodos de planejamento familiar, principalmente se você não pretende conceber outra criança tão cedo.

Conclusões

Os primeiros meses após o parto são um estágio complexo para as mulheres. Várias mudanças físicas e hormonais ocorrem para restabelecer o organismo que foi transformado durante a gravidez e o parto.

Não deixe de conferir: A preparação do parto e seus benefícios

Embora não se saiba precisamente quando a menstruação retornará após o parto, a mulher não deve fazer sexo sem proteção com seu parceiro. Se você quiser saber mais sobre o assunto ou se este for o seu caso, recomendamos consultar um médico para que ele possa ajudá-la de maneira personalizada.

Recomendados para você