Como usar manjericão para combater a fadiga e a depressão

O manjericão tem propriedades estimulantes que podem nos ajudar a aumentar nossos níveis de energia e vitalidade para combater estados de apatia. Saiba como usá-lo a seguir.

O manjericão é uma planta aromática que é frequentemente usada em muitas receitas para dar um sabor especial aos pratos. No entanto, esta planta também se destaca por suas propriedades medicinais como, por exemplo, combater a fadiga e a depressão.

Descubra neste artigo quais são as virtudes curativas do manjericão para tratar diversas doenças, bem como algumas dicas para consumi-lo no dia a dia.

O manjericão

Folhas de manjericão

O manjericão (Ocimum basilicum) é uma planta medicinal e aromática nativa da Índia e de outros países asiáticos tropicais. Tem a grande vantagem de poder ser cultivado facilmente em um jardim, horta ou mesmo em vasos na varanda.

Esta planta medicinal contém vitaminas A, C e K e minerais como ferro, cálcio, manganês, magnésio ou potássio, além de ser notável pela sua riqueza em antioxidantes.

  • Existem mais de 60 variedades de manjericão, de aparência e aroma diferentes.
  • Um deles, o manjericão sagrado (Ocimum tenuiflorum), destaca-se por seus valores espirituais nas tradições hindus, mais do que por seus usos culinários.
  • É comum tomá-lo para combater resfriados.

Remédio natural para combater a fadiga e a depressão

Mulher com depressão

O manjericão é um estimulante natural que atua em diferentes níveis:

  • A nível físico, nos ajuda a combater a fadiga e o cansaço, aumenta os nossos níveis de energia e vitalidade e é muito útil nos estágios de recuperação de doenças.
    • Não devemos nos preocupar com suas virtudes estimulantes, pois elas não são excitantes ou produzem estados nervosos. Pelo contrário, eles também relaxam o sistema nervoso.
  • A nível emocional, é um excelente remédio para a tristeza, desânimo e depressão e favorece o bom humor.
  • A nível sexual, é um estimulante afrodisíaco que tem sido usado desde os tempos antigos em homens e mulheres para aumentar a libido.

Outros benefícios para a saúde

Manjericão

Esta planta medicinal tem muitas outras propriedades para a saúde:

  • Anti-inflamatório e antiespasmódico, ideal para aliviar muitos tipos de dor (dores de cabeça e enxaquecas, desconforto menstrual, tensões musculares, artrite, etc.).
  • Digestivo: Suas propriedades anti-inflamatórias também beneficiam o trato digestivo e aliviam gases, flatulências ou indigestão.
  • Antibiótico e antibacteriano: Fortalece o sistema imunológico e nos protege contra infecções.
  • Antioxidante: Seu conteúdo em flavonoides e betacarotenos nos protege contra os radicais livres que oxidam o organismo por dentro e por fora.
  • Anticoagulante, graças ao seu conteúdo de vitamina K. Esta virtude nos ajuda a prevenir doenças do coração e vasos sanguíneos, bem como a melhorar a circulação.
  • Reduz os níveis de açúcar no sangue: Desta forma, podemos prevenir diabetes e resistência à insulina, bem como promover uma boa função do pâncreas.
  • Sedativo: É muito benéfico em casos de ansiedade, nervosismo, irritabilidade, estresse ou insônia.
  • Acalma a tosse e irritações na garganta.
  • Promove a amamentação graças às suas propriedades galactogênicas, que estimulam a produção do leite materno. No entanto, não é recomendado consumi-lo durante a gravidez.
  • Diminui a febre.
  • Repele mosquitos e uma grande variedade de insetos.

Como devemos consumi-lo?

Podemos consumir ou usar manjericão de várias maneiras, dependendo do distúrbio que queremos tratar:

  • Chá de manjericão: A água não deve ferver ou descansar por mais de 10 minutos. Pode ser preparado com a folha seca ou fresca.
  • Suco de limão aromatizado com manjericão: Uma bebida refrescante, muito favorável para combater a fadiga.
  • Com o manjericão podemos preparar um delicioso molho pesto para saborear massas, arroz, etc. Este tipo de molho deve conter muitas folhas frescas de manjericão e o seu sabor é delicioso e intenso.
  • Em nossos sucos verdes, podemos combiná-lo com frutas e verduras.
  • Em extrato, como suplemento, de acordo com a dosagem indicada pelo produto ou pelo profissional de saúde.
  • O óleo essencial do manjericão pode ser consumido, desde que seja de uso oral e feito da maneira indicada pelo fabricante.
  • Podemos também aplicá-lo na pele ou espalhá-lo através do uso de difusores aromáticos. Podemos usá-lo para aromatizar a nossa casa, roupas, travesseiros, etc.
  • Seu óleo contém estragol, linalol, cineol, eugenol, sabineno, mirceno e limoneno.

Recomendamos ter nossas próprias plantas de manjericão em casa, pois ele cresce sem complicações.

Recomendados para você