Infecções do trato urinário (ITU): sintomas e causas

As infecções do trato urinário são patologias comuns, principalmente entre as mulheres. Elas são fáceis de reconhecer e, com o tratamento antibiótico correto, são bem controladas. Neste artigo, mostramos o mais importante a respeito dessa patologia.
Infecções do trato urinário (ITU): sintomas e causas

Última atualização: 16 Outubro, 2019

As infecções do trato urinário são identificadas como doenças infecciosas de qualquer seção do trato urinário humano. Este sistema de excreção começa nos rins e termina na uretra.

O trato urinário humano está preparado para realizar um processo de purificação e expulsão no organismo. Assim, o rim filtra o sangue para convertê-lo em urina. Essa urina desce através dos uréteres, que são como tubos, até a bexiga. Após o armazenamento na bexiga, através da uretra, a urina sai.

Apesar de a maioria das infecções do trato urinário estarem localizadas na parte inferior: bexiga e uretra, qualquer setor pode ser afetado. Além disso, na parte superior – rins – os sintomas são mais agressivos e as complicações mais perigosas.

Assim, podemos classificar as infecções do trato urinário de acordo com sua localização:

  • Uretra: Se esse duto for infectado, é chamado de uretrite.
  • Bexiga: quando a infecção ataca este órgão, é conhecida como cistite.
  • Uréteres: não existe um nome de doença específico para este local.
  • Rins: rim ou ambos, é chamado pielonefrite.

As mulheres são mais propensas a ter uma infecção do trato urinário que os homens. Isso se deve à anatomia feminina, que possui uma uretra mais curta e apresenta maior proximidade entre os sistemas reprodutivo e urinário.

Sintomas de infecções do trato urinário

Para descrever o que a pessoa sente e sofre com uma infecção do trato urinário, podemos nomear sintomas gerais e sintomas específicos de cada local. Os sintomas quando a patologia se instala nos rins, não são os mesmos que aqueles de quando ela se instala na uretra.

Assim, como sintomas gerais, temos:

  • Ardor ao urinar.
  • Urina com alterações de cor: pode ser devido à presença de sangue na urina.
  • Mudanças no cheiro da urina.
  • Necessidade de ir ao banheiro o tempo todo.
  • Dor na área abdominal inferior ou região lombar.

Se a infecção está localizada nos rins, é uma pielonefrite e os sintomas adicionados são:

  • Dor lombar ou nas laterais do abdômen.
  • Febre: geralmente com altas temperaturas, excedendo trinta e oito graus Celsius.
  • Náusea e vômito

Em vez disso, se a infecção estiver localizada na bexiga, um caso de cistite, é adicionado o seguinte:

  • Dor pélvica
  • Urinar com dificuldade e de forma repetitiva.
  • Urgência urinária

Por fim, se a infecção for uretrite, o sintoma por excelência é a secreção. Além disso, de acordo com as características da mesma, você pode suspeitar da bactéria que foi instalada na uretra.

Mulher com dor por infecção

Causas

Normalmente, o sistema urinário é estéril. Assim, isso significa que não há presença de bactérias que habitam os rins ou bexiga. É um sistema fechado, cujo principal sistema de defesa é o fluxo de urina.

Quando as bactérias entram no sistema e não são expelidas corretamente, ocorrem infecções do trato urinário. Mencionamos bactérias porque são as mais frequentes, embora também haja infecções por fungos.

Primeiramente, a bactéria que causa mais infecções do trato urinário é a Escherichia coli (E. coli). Em segundo lugar, mas com frequência muito baixa, está a Proteus mirabilis. E como um apêndice, as outras: Enterococcus faecalis, Streptococcus agalactiae, Staphylococcus saprophyticus.

A principal fonte de E. coli é o sistema gastrointestinal. Essa bactéria habita o sistema digestivo humano e coexiste nessa flora habitual, mas, se se move e se instala no trato urinário, causa os sintomas das ITUs.

Assim, é por isso que certas situações tornam mais provável a contaminação do trato urinário. Nas mulheres, é sua disposição anatômica. Além disso, também influencia o modo de higiene e os modos de praticar relações sexuais.

Existem vários fatores que são considerados arriscados para infecções do trato urinário; podemos destacar:

  • Ter diabetes: a relação entre essa patologia e infecções é cientificamente comprovada.
  • Ter um cateter da bexiga devido a outras doenças.
  • Aumento do tamanho da próstata nos homens.
  • Pedras nos rins.
  • Estar grávida.
Mulher grávida

Tratamento das infecções do trato urinário

As infecções do trato urinário são diagnosticadas com exames de urina. É comum que o médico solicite primeiro um sedimento de urina para detectar as primeiras alterações e, em seguida, uma cultura de urina para confirmar as bactérias envolvidas.

Como a cultura leva mais de cinco dias, quando o sedimento é indicativo de infecção, o tratamento começa. Uma vez recebido o resultado da cultura, confirma-se se o medicamento prescrito foi o correto ou se deve ser trocado por outro.

O tratamento é realizado com antibióticos para destruir as bactérias que estão infectando o trato urinário. O médico decidirá qual o melhor antibiótico de acordo com o caso, considerando a idade do paciente, seja feminino ou masculino, e onde a bactéria está localizada no trato urinário.

Na cistite simples, a indicação do antibiótico é curta, cerca de três dias. Essa duração é geralmente suficiente. Por outro lado, se a paciente estiver grávida, são preferidos tratamentos mais longos, como em pessoas com diabetes, atingindo de sete e até quatorze dias.

O tratamento prolongado é obrigatório para os homens, devido ao risco de a infecção se espalhar e ser instalada na próstata. A prostatite é perigosa e difícil de resolver. Para um homem com infecção do trato urinário, os antibióticos não devem ser indicados por menos de catorze dias, mesmo após quatro semanas.

Por fim, lembre-se, se você tiver sintomas que suspeitem da presença de uma infecção urinária, é melhor consultar um médico para solicitar os exames de urina correspondentes. Além disso, é claro, cumpra o uso dos antibióticos de acordo com o cronograma e o número de dias indicados.

Pode interessar a você...
Infecções urinárias em crianças
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Infecções urinárias em crianças

As infecções urinárias em crianças são bastante comuns. Este tipo de infecção se produz quando algumas bactérias conseguem entrar na bexiga e nos rins.



  • Instituto Nacional de Diabetes y Enfermedades Digestivas y Renales (NIDDKD por sus siglas en inglés), Cámara Nacional de Información sobre Enfermedades Renales y Urológicas (NKUDIC por sus siglas en inglés) (2011). Urinary tract infections in adults.
  • Jiménez Cruz JF, Broseta E. Infecciones urinarias complicadas y no complicadas. Jano 2003;65(1481):46-54.
  • Echevarría-Zarate, Juan, Elsa Sarmiento Aguilar, and Fernando Osores-Plenge. “Infección del tracto urinario y manejo antibiótico.” Acta médica peruana 23.1 (2006): 26-31.
  • Villarraga, Jeffer David Alvarez, et al. “Guía de práctica clínica de infección de vías urinarias en el adulto.” Revista Urología Colombiana/Colombian Urology Journal 27.02 (2018): 126-131.