Incapacidade de terminar uma relação amando outro

28 de julho de 2019
O principal motivo pelo qual não sejamos capazes de terminar uma relação mesmo tendo outra pessoa no coração é o medo de enfrentar a situação.

O ideal seria que a pessoa que amemos seja o nosso parceiro. No entanto, nem sempre é assim. Muitas vezes mantemos um compromisso com alguém, enquanto nosso coração aponta para outra pessoa. Por que somo incapazes de terminar uma relação se amamos outra pessoa?

Hoje falaremos das causas pelas quais permanecemos ao lado de alguém ainda que já não a amemos. Entenderá que não está sozinho e que, ainda que não acredite, existem saídas para a sua situação.

Por que não podemos terminar uma relação se amamos outra pessoa?

Mulher pensando em outra pessoa

As causas pelas quais não sejamos capazes de deixar nosso parceiro ainda que não o amemos são muitas. Apresentamos os principais motivos:

  • Compromisso. Quando decidimos ter uma relação adquirimos tacitamente o compromisso de estar ao lado da pessoa para toda a vida. Assim que é fácil sentir-se preso entre o que o considera que deve ser e o que as emoções indicam.
  • Medo de machucar a outra pessoa. Por mais que deixemos de amar nosso parceiro, preferimos nos sacrificar por medo de machucá-lo, sacrificando nossa própria felicidade.
  • Medo do futuro. A pessoa com a qual estamos em um relacionamento, indiferentemente se a amamos ou não, nos traz uma certa sensação de estabilidade que tememos perder ao trocar por algo que implicaria em começar do zero com um novo romance.
  • Ambiente social. O que dirão os familiares e os amigos pesa muito nas decisões que tomamos. Separar-se por amar outra pessoa não é bem visto na sociedade, especialmente, quando a pessoa que tenha deixado de amar é a mulher.
  • Filhos. Quando há filhos no meio, é provável que opte por se sacrificar, ainda amando outro, com o pensamento dos filhos crescerem em um lar com ambos os pais. Isso impede muito no término de uma relação.

Descubra ademais: 5 palavras chaves para educar os filhos

Consequências

Deixando de lado aqueles motivos pelos quais não somos capazes de terminar uma relação apesar de estar amando outro, devemos considerar as consequências desse ato:

  • Ambiente hostil. O desconforto que nos causa o fato de não querer estar com alguém pode se traduzir em comportamentos agressivos, gerando um ambiente hostil na casa, que termina afetando nossa felicidade e a de todos os membros do local, incluindo os filhos.
  • Frustração. Por mais que repitamos uma e outra vez que o correto é permanecer ao lado do parceiro, o fato que não poder viver com quem verdadeiramente se ama, enche qualquer um de frustração e irritação.
  • Depressão. Os sentimentos reprimidos por muito tempo terminam gerando estados de ansiedade e tristeza constantes e que podem afetar a autoestima.
  • Infidelidade. O temor de abandonar o parceiro e iniciar a vida com uma nova pessoa, faz com que possamos tomar o perigoso caminho da infidelidade. Uma situação que, caso seja descoberta, trará mais problemas do que se tivéssemos apresentado o assunto desde o início.

Leia também este artigo: 10 sinais de que seu casamento já não tem solução

O que fazer?

O mais saudável é estar ao lado da pessoa que ama. Reflita o quão forte é esse sentimento e se a pessoa do outro lado sente o mesmo. Avalie o quanto estará sacrificando por não machucar os outros.

Assegure-se também de que não se trata de um amor platônico, e que há uma possibilidade real de estar verdadeiramente com aquela pessoa. Não pense somente na novidade e no curto prazo.

Dessa forma, imagine como poderá ser a vida com essa pessoa ao longo dos anos. Imagina passar pelo trauma do término para que, dentro de alguns anos, tudo acontecesse novamente com a outra pessoa?

Converse sobre a situação com seu parceiro atual. Explique que isso não tem nada ver com seu valor como pessoa, que os sentimentos podem mudar e que precisa de um tempo de afastamento para tomar uma decisão definitiva. A sinceridade é uma das mais profundas qualidades que podemos ter como parceiro.

Ainda que às vezes, ainda amanto o outro, acreditemos que não sejamos capazes de terminar, os finais são necessários. Quando já não é feliz ao lado de uma pessoa, chegou a hora de terminar e avançar para um outro rumo. Supere as instabilidades com maturidade e segurança, não só na relação, mas sim na vida em geral.