Hérnia de disco, como tratar e prevenir?

· 15 de março de 2019
Um dos sintomas principais da hérnia de disco lombar é uma dor cortante e aguda, que pode se prolongar até a perna.

A hérnia de disco é uma doença onde parte do disco que se encontra entre as vértebras se desloca para fora do lugar ou se rompe.

A coluna vertebral é formada por 26 ossos ou também chamados de vértebras, que se separam umas das outras pelo disco inter-vertebral.

O deslocamento do disco pode comprimir a raiz nervosa, causando sintomas mais ou menos graves de acordo com a gravidade da lesão. Confira e saiba mais a respeito.

Para que serve o disco inter-vertebral?

Serve para separar as vértebras e amortecer os movimentos. A localização mais frequente das hérnias é na zona lombar. Assim, se desenvolvem comumente entre as vértebras lombar 4 e lombar 5, e também entre a lombar 5 e a sacra 1.

Causas da hérnia de disco

Podemos mencionar as seguintes: esforços físicos, obesidade, traumatismos na coluna. À medida que vamos envelhecendo os discos de nossa coluna perdem flexibilidade e elasticidade. 

O disco fibroso que contém o núcleo pulposo se torna fraco e pode se desgarrar com maior facilidade.

Por esta razão as pessoas idosas são mais propensas a sofrer com a hérnia. Mas também ocorrer em pessoas jovens devido aos fatores citados anteriormente.

Leia também: Sintomas de uma hérnia de disco

Quais são sintomas?

Mencionaremos os sintomas da hérnia de disco lombar, já que é o lugar mais comum de surgirem.

As pessoas que a desenvolvem dizem que o principal sintoma é uma dor cortante e aguda. Além disso, ela pode se irradiar para baixo até uma perna.

Também experimentam uma sensação de formigamento e fraqueza. Estes sintomas aparecem assim que fazem movimentos bruscos ou esforços excessivos.

Para indicar uma hérnia lombar o médico costuma fazer um teste. O paciente deita de barriga para cima, o médico pede que levante a perna estendida e imediatamente a dor aparece.

Exames diagnóstico

O médico realiza uma avaliação completa da coluna vertebral. Além disso, para confirmar o diagnóstico ele faz os seguintes testes:

Exame de raios-X: para descartar danos nas estruturas ósseas.

Ressonância magnética nuclear e tomografia axial computadorizada: estes dois exames demonstram o grau de dano do disco.

Além disso, outros exames mais específicos ficam a critério do médico.

Tratamentos

O tratamento de uma hérnia de disco começa com repouso e administração de anti-inflamatórios e analgésicos, para continuar com a fisioterapia.

Assim, na fisioterapia o paciente pode fazer:

Hidroterapia: consiste em exercícios na água guiados por um profissional para fortalecer a musculatura comprometida e melhorar a mobilidade e flexibilidade da coluna.

Massoterapia ou massagens: ao sofrer uma lesão os músculos tentam nos defender e freiam o movimento com uma consequente contratura.

Injeção de esteroides: são aplicados na zona onde se encontra a hérnia e pode ajudar aliviar a dor. 

Ozonoterapia: consiste na aplicação de ozônio terapêutico. A terapia consiste na infiltração de ozônio com esteroides diretamente na zona danificada. Ainda existem controvérsias sobre este tratamento, mas pode ser uma opção diante ao tratamento cirúrgico.

Leia também: Posturas do Yoga: a cobra e seus benefícios

Tratamento cirúrgico

O tratamento cirúrgico é realizado como última opção, quando se esgotam todas as alternativas sem que a dor tenha desaparecido e a vida do paciente é afetada, incapacitando-o em sua rotina diária.

Além disso, o médico recomendará o tratamento que pode dar melhores resultados para cada caso em especial. 

A maioria das pessoas melhora com o tratamento conservador, que inclui medicamentos, repouso, fisioterapia e na minoria dos casos a cirurgia.

Remédios naturais

mulher com dor na região lombar devido a hérnia de disco

Os seguintes remédios são recomendados para o sintoma principal da hérnia de disco lombar: a dor que irradia para a perna.

  • Salgueiro: Contém salicina, principio da aspirina. Primeiramente, cozinhe de 2 gramas da casca seca em um copo de água. Em seguida, beba 2 ou 3 xícaras por dia. Consulte seu médico antes de consumir.
  • Outra medida natural seria, primeiramente, adicionar a tigela um copo de água, 2 fatias de pão branco sem casca e uma colherada de pimenta de caiena. Em seguida, mexer até formar uma pasta e aplicar em forma de compressa no final da coluna.

Prevenção

Como dentro das causas mencionamos a obesidade e os esforços excessivos, fica bem claro que a forma de prevenir uma hérnia de disco será um bom controle do peso.

Ser consciente no momento de realizar movimentos que envolvem a coluna vertebral, evitando ações bruscas ou levantamento de pesos que excedem nossa capacidade.

Aqueles que sofrem deste mal e realizam trabalhos pesados devem redobrar o cuidado para não sofrerem novas lesões e terem uma melhor qualidade de vida.