Hábitos que provocam doenças

Ainda que acreditemos ser as pessoas mais saudáveis, porque que vivemos nos exercitando durante toda a vida, existem determinados hábitos que é melhor descartar para não colocar nossa saúde em risco

Sabemos que sair desagasalhados no inverno pode nos fazer pegar um resfriado. Ou que comer em excesso nos provoca indigestão.

Independentemente disso, há muitos outros hábitos que provocam doenças e que repetimos diariamente sem saber. Neste artigo falaremos destes hábitos a você, para que trate de evitá-los (ou, pelo menos, saiba as causas de certas enfermidades).

O que você faz que lhe deixa doente?

É claro que ninguém quer ficar doente, padecendo de sintomas e sofrendo de dores. Porém, é ao desconhecer as consequências de certos hábitos que surgem os desconfortos, ou a necessidade de consumir antibióticos.

Entre as coisas que prejudicam a nossa saúde se encontram:

Estender a roupa dentro de casaEstender a roupa dentro de casa é um dos hábitos que provocam doenças

Quando chove e lavamos a roupa, normalmente a colocamos ou bem perto do fogão ou no banheiro. Talvez na cozinha, ao lado do forno, ou na sala, para que, ao menos, seque com a janela entreaberta.

Porém, deixar a roupa úmida cria um ambiente propenso a doenças. Isso se deve aos esporos do mofo e faz os ácaros do pó se reproduzirem muito mais rapidamente nestes tipos de ambientes.

Pular o café da manhã

Alguns, por falta de tempo, e outros por costume… O fato é que muitas pessoas não tomam café antes de sair de casa. E isso é um erro. Primeiro, porque o organismo necessita de energia para enfrentar o dia, e segundo, porque, por não comer cedo, o estômago precisará de mais nutrientes nas horas seguintes.

Como consequência, almoça-se demais ou se “belisca” a todo momento. Isso leva a um aumento de peso e ao aparecimento de doenças relacionadas, como o colesterol, a hipertensão, etc…

Leia também: Sensação de vazio no estômago: causas que devemos considerar

Mentir para o médico

Seja a especialidade que for, é possível que digamos alguma “mentira piedosa” durante a consulta. Se isso acontecer, o médico não poderá ajudar a lhe curar de seu incômodo ou sarar a sua doença.

Mentir também leva a diagnósticos errôneos e má prescrição de medicamentos. Tudo isso poderia agravar o quadro e, inclusive, por em risco a sua vida.

Usar sapatos desconfortáveisAndar muito tempo de salto alto é um dos hábitos que provocam doenças

As mulheres preferem parecer bonitas usando saltos de 30 cm do que cuidar de seus pés. Ou talvez haja homens que usam chuteiras como vistas na televisão, mas que provocam fungos.

O calçado sempre tem que ser confortável, além das modas e da publicidade.

Caso contrário, os problemas aparecem: calos, pé-de-atleta, descamação, mau odor, inchaço e até torções de tornozelos.

Escovar os dentes ao terminar de comer

É fato que a limpeza bucal é imprescindível, mas o problema começa no momento em que a levamos a sério.

Se imediatamente depois de almoçar ou jantar você escovar rapidamente os dentes, você impedirá que a saliva neutralize bem o pH, e o esmalte dos dentes sofrerá corrosão pelos ácidos dos alimentos.

Espere ao menos 30 minutos para fazê-lo (enquanto isso, você pode beber água)

Comer logo antes de deitar

Terminar com o último lanche e já estar coberto e com o pijama posto na cama não é uma boa ideia. As razões? Muitas.

Em primeiro lugar, porque você sofrerá indigestão; em segundo, porque não poderá conciliar o sono, e em terceiro, porque você provavelmente engordará (o processo de digestão é mais lento quando se está deitado).

Além disso, comer demais no jantar faz mal, sobretudo se queremos evitar a insônia e as suas consequências nefastas para nosso organismo.

Comer sem apetite

Outro dos maus hábitos que estão relacionados com a alimentação tem a ver com o costume de comer quando se está entediado, triste ou ansioso.

Sem nos darmos conta, podemos ingerir grandes quantidades de alimentos, misturar ingredientes e acabar com uma grande indigestão. Comer por nervosismo, depressão ou estresse não apenas provoca aumento de peso, como também problemas estomacais de todo o tipo.

Trabalhar por toda a noiteBeber muito café e trabalhar tarde à noite são hábitos que provocam doenças

Ou estudar. Enquanto há muitas pessoas que dizem que as horas da madrugada rendem melhor, o certo é que, pelas noites, o cérebro e o organismo acalmam o seu metabolismo.

Além disso, dormir de dia para compensar não é a mesma coisa que dormir de dia para descansar depois de uma noitada. Trabalhar à noite é sinônimo de desequilíbrios no relógio biológico, e isso pode desenvolver estresse, irritabilidade e até excesso de peso.

Guardar as batatas na geladeira.

Este legume tão popular em muitos lugares guarda um segredo que vale a pena revelar. O amido que contém se converte em açúcar quando se refrigera.

O problema disso é que, ao ser cozinhado, se torna cancerígeno. Por exemplo, alguns estudos têm revelado que as batatas que são guardadas no freezer e posteriormente fritas formam uma substância relacionada com o câncer.

Roer as unhas

Este é um hábito prejudicial, não apenas para a estética das mãos, (ao ocasionar deformações nos dedos, por exemplo), como também para a saúde de seus dentes.

O esmalte vai se desgastando ao ser “raspado” pelas unhas. Como se não bastasse, podemos nos contaminar com todo tipo de enfermidade, já que os dedos sujos estão em contato com a boca.

Abri as janelas pela manhãDeixar as janelas abertas o dia todo é um dos hábitos que provocam doenças

Asseguro que sua mãe ou avó haviam dito a você que é preciso “arejar” a casa ao nos levantar, sobretudo se amanheceu ensolarado ou depois de muitos dias de chuva.

Esse conselho era bom para épocas passadas, ou para aqueles que não vivem na cidade. Ainda que pensemos que o ar que ingressa é fresco, ele está repleto de contaminação que pode nos adoecer.

Leia também: Como engrossar o cabelo fino com apenas um ingrediente natural

Esquentar a comida em recipientes de plástico

É muito comum levar a comida ao trabalho para economizar algum dinheiro. As embalagens de plástico são assim utilizadas como pratos e tigelas. Por isso, elas são colocadas diretamente ao micro-ondas  para esquentar.

Além do uso desse forno ser ruim para a nossa saúde, as coisas se complicam quando introduzimos a marmita: o plástico contém Bisfenol A, um composto químico que, a altas temperaturas, torna-se tóxico e é passado inevitavelmente à comida.

Recomendados para você