Ficar grávida aos 45: é possível fazê-lo de forma natural?

22 de maio de 2018
Muitas mulheres, por diferentes motivos, postergam a maternidade até os últimos anos de sua idade reprodutiva. O certo é que a fertilidade na mulher está condicionada por vários fatores, e um deles é a idade.

Na maior parte dos países desenvolvidos, surgiu um fenômeno de postergação da maternidade, como o é ficar grávida aos 45 anos. Existem muitos fatores, principalmente econômicos, acadêmicos e sociais pelos quais as mulheres deslocam a maternidade até os últimos anos de sua idade reprodutiva.

Atualmente, existem casos de mulheres que puderam engravidar aos 45 anos ou mais. Porém, na maioria deles, não se sabe se foi de forma natural ou não. Neste artigo examinamos a probabilidade de ficar grávida nesta idade de maneira natural.

A fertilidade na mulher

A fertilidade muda com a idade. No caso das mulheres, o início da vida reprodutiva começa com a ovulação e a menstruação. Esta fase inicia na adolescência, próxima dos 14 anos, ainda que cada organismo feminino evolua a um ritmo diferente.

Mas, no caso da mulher, assim como a vida reprodutiva inicia, também finaliza. As poucas probabilidades de ficar grávida aos 45 anos têm a ver com esta terminação da vida reprodutiva. Porém, para compreender as razões disso é necessário saber que é o que acontece durante o ciclo menstrual.

O que acontece durante o ciclo menstrual?

Imagem de sistema gestacional de mulher de 45 anos

Nos ovários se encontram os folículos, pequenas esferas cheias de líquido. Dentro destes folículos estão os óvulos. Porém, no começo de cada ciclo menstrual, o cérebro produz um hormônio (hormônio foliculoestimulante) que estimula o crescimento dos folículos. Quando um folículo alcança a maturidade, libera um óvulo.

Um óvulo está pronto para ser fecundado por um espermatozoide. Se isso acontece, ocorre uma gravidez. As células se implantam no endométrio, ou seja, no revestimento do útero e se desenvolverão até formar um bebê.

Porém, caso o óvulo não seja fecundado o endométrio se desprende e o organismo o rejeita como fluxo menstrual, reiniciando o ciclo. Agora, desde os 16 anos cada ciclo tem uma duração regular de 26 a 35 dias.

Pode-se dizer que, depois de 7 anos, inicia a etapa mais fértil da mulher na qual o organismo se encontra nas melhores condições para engravidar. Este período de fertilidade dura até o fim dos trinta ou início dos quarenta anos.

Porém, pouco a pouco a fertilidade começa a decair. Os períodos menstruais são menos frequentes devido a mudanças relacionadas à idade. Ao que se deve?

Reserva ovariana limitada

Diferente dos homens, as mulheres têm um número determinado de ovócitos ou folículos (precursores dos óvulos). Nesta idade se conhece como reserva ovariana e é um dos elementos mais importantes quanto a fertilidade feminina.

Desde o nascimento de uma menina, conta com aproximadamente um milhão de ovócitos. Mas quando chega à puberdade, a reserva diminui para 400 mil. Destes, a mulher só terá de 300 a 400 ovulações disponíveis para fecundar ao longo de sua vida reprodutiva.

A melhor idade reprodutiva

Moça de 45 anos desfrutando de sua gravidez

A melhor idade reprodutiva para uma mulher oscila entre os 20 anos. Porém, conforme o tempo passa e a mulher envelhece, a reserva ovariana diminui. Desta maneira, o panorama fértil se complica visto que é um processo irreversível.

Uma mulher de 30 anos saudável tem só 20% de probabilidade de ficar grávida. Porém, segundo o critério de especialistas, entre os 35 e os 37 anos a reserva de ovócitos começa a cair drasticamente. No caso de uma mulher de 40 anos a probabilidade de ficar grávida se reduz para menos de 5%.

Em outras palavras, de 100 mulheres só 5 poderão conceber e as restantes terão de tentar de novo. Portanto, as probabilidades biológicas de ficar grávida aos 45 anos são muito baixas. Além disso, o cenário se complica ainda mais porque se aproxima a menopausa.

As probabilidades de ficar grávida aos 45 anos

É comum pensar que a fertilidade não acaba até que a menopausa chegue. Porém, a possibilidade de conceber naturalmente aos 45 anos é menor. Inclusive, a idade também é um obstáculo nos tratamentos de fertilidade, como a fertilização in vitro.

Porém, graças aos avanços científicos, continua-se trabalhando para aumentar as possibilidades de ter filhos mais tarde por meio de técnicas de reprodução assistida (TRA). Por exemplo, um estudo indica que, atualmente, a probabilidade de engravidar aos 40 anos é de 27.6%; aos 41 aos, a porcentagem diminui cerca de 20%; e aos 43 anos, reduz-se até chegar a 10%.

É importante notar que se reconhecem aos 43 anos como nova idade limite para conceber por meio de técnicas de reprodução assistida. Porém, com mais idade estes tratamentos terão custos mais altos.

Conclusões

Mulher desfrutando da gravidez aos 45 anos

É indubitável que, na medida em que a mulher avança em idade, as probabilidades de engravidar diminuem, especialmente depois dos 35 anos. Isso inclui a mulher que deseja ficar grávida aos 45 anos. Por essa razão, é importante que as mulheres que planejam postergar a maternidade não subestimem o fator idade.

Ainda, é vital que se informe a respeito, examine opções e seja realistas com as probabilidades de sucesso. Isso ajudará a tomar a melhor decisão possível quanto ao planejamento familiar.

Recomendados para você