Existe influência dos eclipses na gravidez?

· 11 de junho de 2018
Mitos e crenças distanciaram as mulheres grávidas da oportunidade de apreciar aquele fabuloso espetáculo que os eclipses proporciona. Não há evidências científicas para apoiar que eles tenham algum efeito sobre a gravidez

Uma enxurrada de hormônios e emoções afetam as mulheres durante a gravidez, ao que se acrescenta o ambiente cultural, com as crenças e as superstições, de onde provêm as mulheres. Hormônios, emoções, crenças e mitos podem ser um coquetel explosivo para uma mulher que deseja desfrutar de eclipses durante a gravidez.

Mas os eclipses podem afetar o desenvolvimento normal de um bebê no útero da mãe? Aqui deixamos algumas considerações e recomendações que achamos importantes e interessantes.

O que a ciência diz sobre os eclipses?

Fases da lua e a gravidez

Eclipses são fenômenos celestes cíclicos e previsíveis. Eles são produzidos porque a luz que vem de um corpo celeste é bloqueada por outro. Na terra, quando nosso planeta está alinhado com o sol e a lua, podemos ver essas maravilhas no céu.

O eclipse do sol ocorre quando a lua esconde o sol, desde a perspectiva da terra. Um “crepúsculo” momentâneo ocorre e, como depende da perspectiva, só é visto de uma pequena área do planeta, por um curto período de tempo.

O eclipse da lua é o oposto. A terra se interpõe entre o sol e a lua e uma sombra é gerada que obscurece esta última. O eclipse da lua é visto em todas as partes do planeta onde é noite.

Os eclipses na gravidez não têm nada de contraproducente. O que sim, é verdade, são os efeitos reais que eles têm no planeta, mas nenhum está ligado ao desenvolvimento normal do bebê.

Eles podem:

  • Baixar a temperatura
  • Mudar a direção dos ventos.
  • Mudam o comportamento dos animais .
  • Afetar o campo gravitacional da terra.

Leia também: Complementos alimentares para reduzir as náuseas durante a gravidez

Quais mitos cercam os eclipses?

Eclipse solar e a gravidez

Ao longo da história humana todas as culturas deram suas interpretações a essas manifestações do cosmos.

Os vikings alegaram que os lobos queriam comer o sol. Os incas pensaram que era um puma que queria devorar a lua, enquanto os astecas diziam que o eclipse se dava, quando o sol mordia a lua ou vice-versa.

E tem mais. Os hindus diziam que a cabeça de um demônio vagueia no céu tentando pegar a lua e o sol. Os antigos egípcios também tinham a sua versão: diziam que a lua e o sol eram os olhos do deus Hórus, que estava sendo perseguido por um deus maligno. Este lhe arrancaria um olho, e é por isso que o eclipse ocorria.

O homem ficou maravilhado com o firmamento e deu as explicações que ele tinha à mão. O peculiar é como toda essa mitologia também foi usada para “explicar” certas características ou doenças no bebê ou na mulher, criando um elo entre os eclipses e a gravidez, que não existe.

Como os eclipses influenciam na gravidez?

No momento em que a lua é eclipsada pelo sol ou vice-versa, não há evidências científicas que apoiem a crença de que os eclipses podem afetar o desenvolvimento normal da gravidez humana.

No entanto, os mitos continuam a afetar a razão das mulheres grávidas. Por décadas, séculos, tem sido afirmado que se uma mulher grávida é exposta à influência de um eclipse da lua, seu bebê pode ter alguma deformação por causa dessa “mordida celestial”.

Por exemplo, a ciência mostrou que a fissura labial ou palatina é o produto de uma combinação de fatores genéticos e ambientais. No entanto, se insiste em “culpar” os eclipses. Da mesma forma, eles foram culpados por causar abortos ou acelerar o início do trabalho de parto.

Nada disso foi provado.

E os eclipses do sol?

Influência dos eclipses na gravidez

O eclipse da lua parece monopolizar o maior número de mitos sobre o impacto que esses fenômenos podem ter na gravidez.

Não proteger seus olhos ao olhar para um eclipse do sol pode causar danos permanentes à retina, mas este é o único dano real para uma mulher grávida que decide testemunhar um eclipse solar. Não haverá manchas ou sardas na pele do seu bebê por apreciar este espetáculo celestial.

Visite este artigo: Quais são seus dias mais férteis, os melhores para ficar grávida?

Você está grávida e quer aproveitar um eclipse …

Aproveite! É um espetáculo natural fascinante. Se você já tem filhos pode ser um ótimo momento para compartilhar com a família, admirar, e apreciar a majestade do universo.

Você já sabe que, se vai ver um eclipse solar, é muito importante proteger os olhos dessa radiação. Se lhe der mais paz de espírito usar um amuleto para “proteger” seu bebê, faça-o.

No entanto, se a ideia de testemunhar um eclipse gera muita ansiedade, nem mesmo olhe pela janela. Não faz sentido se expor a esse tipo de sensação durante a gravidez.

Fique calma e aproveite seu processo de gestação de uma nova vidaSem dúvida, este é um dos fenômenos naturais mais impressionantes do planeta.