Como o tabaco afeta o coração?

O tabaco é um fator de risco para a aterosclerose, uma condição que causa o bloqueio dos vasos sanguíneos.
Como o tabaco afeta o coração?

Última atualização: 02 Junho, 2021

Todos sabemos que os efeitos do tabaco no coração, bem como nos vasos sanguíneos e no resto dos nossos órgãos, são muito prejudiciais. O tabagismo está relacionado a inúmeras doenças cardiovasculares, diferentes tipos de câncer e diversas outras patologias.

No mundo existem, atualmente, 1,1 bilhão de fumantes. O tabaco é a principal causa de morte evitável; cerca de 8 milhões de pessoas morrem por esse motivo e, infelizmente, nem todos são fumantes diretos.

Além disso, os cientistas afirmam que, ao fumar, o risco de morrer de doenças cardíacas aumenta entre 18 e 30%. Na verdade, você não precisa fumar muito para correr esse risco.

Esses dados estatísticos são calculados com base em pessoas que fumam cerca de 10 cigarros por dia.

No entanto, mesmo com a promoção de campanhas publicitárias sobre os malefícios do cigarro, poucas pessoas sabem quais são os verdadeiros efeitos do tabaco no coração. Neste artigo, vamos explicar todos os detalhes.

Efeitos do tabaco no coração

Malefícios do cigarro

Os efeitos do tabaco no coração variam de acordo com o número de cigarros fumados diariamente. Eles também dependem do período de tempo ao longo do qual o hábito é mantido. No entanto, fumar é sempre prejudicial, mesmo em pequenas quantidades.

Da mesma forma, não ser fumante, mas estar perto de alguém que o seja, também causa efeitos nocivos típicos do tabaco no coração. Em primeiro lugar, devemos saber que um fumante tem três vezes mais risco de sofrer uma doença coronariana do que um não fumante.

As artérias coronárias são responsáveis ​​por transportar sangue oxigenado para o coração. O tabaco torna essas artérias mais sujeitas à obstrução. Há estudos que relacionam o fato de parar de fumar com uma menor possibilidade de voltar a sofrer um infarto devido a essa situação.

Além disso, o tabaco acelera a frequência cardíaca. Em outras palavras, a frequência com que nosso coração bate aumenta. Isso pode tornar a batida menos eficiente, porque o coração não tem tempo de se encher completamente a cada batida.

Da mesma forma, pode causar, além da aceleração, uma alteração no próprio ritmo. Este é outro efeito do tabaco no coração: ocorrem arritmias cardíacas que também prejudicam o funcionamento normal desse órgão.

Outros efeitos do tabaco no coração e no sistema vascular

Foi demonstrado que fumar contrai as principais artérias do nosso corpo. Ao se contraírem, elas oferecem mais resistência à passagem do sangue, por isso o coração precisa de mais força para fazer o sangue oxigenado atingir todas as partes do organismo.

Em outras palavras, fumar aumenta a pressão arterial. A pressão alta acarreta muitos riscos: desde um derrame a um ataque cardíaco. O ataque cardíaco ocorre quando a obstrução das artérias coronárias causa a morte das células musculares do coração.

Pessoa tendo um infarto

Quais substâncias provocam esses efeitos?

Os efeitos nocivos do tabaco no coração, bem como em outros órgãos, devem-se a todas as substâncias tóxicas que ele contém. No entanto, existem duas substâncias, em particular, que estão intimamente relacionadas com o coração:

  • Monóxido de carbono: é produzido pela combustão do cigarro. É o responsável por reduzir a quantidade de oxigênio transportado pela hemoglobina, que é a substância que o transporta em nossos glóbulos vermelhos. Portanto, nosso coração também tem menos oxigênio para bater e funcionar corretamente.
  • Nicotina: é uma substância que atua no sistema nervoso. Faz com que a concentração de adrenalina e norepinefrina no sangue aumente. O problema é que também aumenta os níveis de colesterol no sangue e estimula a contração dos vasos sanguíneos.

O monóxido de carbono também parece estar relacionado ao aumento da coagulação. Isso aumenta o risco de que um coágulo ou trombo obstrua uma das nossas artérias.

Conclusão

Os efeitos do tabaco no coração são inúmeros e muito perigosos. Deve-se notar que eles estão notavelmente relacionados à obstrução ou estreitamento das artérias coronárias. Por esse motivo, é um dos fatores mais importantes na angina de peito ou ataque cardíaco.

Além disso, também está associado ao aumento da pressão arterial e a outras doenças vasculares periféricas. O ideal é parar de fumar o mais rápido possível. Hoje, existem vários grupos de apoio e maneiras de tentar.

Pode interessar a você...
Prejuízos do tabaco na cavidade oral
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Prejuízos do tabaco na cavidade oral

Está demonstrado cientificamente que o consumo de tabaco produz um maior risco de câncer oral, lesões orais e doenças periodontais. Quer saber mais?