É prejudicial dormir com sutiã?

· 4 de março de 2015
Os defensores do uso do sutiã admitem que não é bom usá-lo por mais de 7 horas seguidas, nem durante a noite. Devemos permitir uma circulação linfática correta para evitar problemas.

O uso do sutiã sempre foi um tema controverso. É benéfico ou prejudicial? Sendo ou não, ele é usado por cerca de 80% das mulheres. No entanto, a verdadeira dúvida é: é adequado dormir com sutiã ou não. Explicamos no artigo a seguir.

O uso do sutiã é adequado?

Já falamos em mais de uma ocasião sobre o uso do sutiã. Eles são adequados? Ou talvez são um elemento com certo risco para os seios?

Um estudo realizado na França pelo professor Jean-Denis Rouillon, por exemplo, demonstrou que o uso desta peça íntima não ajuda muito. Não que por usá-los irá evitar, por exemplo que, ao passar dos anos, os seios acabem perdendo firmeza e pareçam mais caídos. Mas, segundo este estudo, o uso do sutiã implica a perca de firmeza e o aparecimento de mais estrias.

No entanto, há outras vozes dentro da comunidade médica que nos apontam sua utilidade. Se, por exemplo, temos seios muito grandes, com o sutiã eles ficam melhor acomodados e nos fazem nos sentir mais confortáveis.
O segredo para que os sutiãs não nos causem dano é escolher sempre o tamanho mais adequado, um detalhe que, de acordo com dados estatísticos, poucas mulheres conseguem acertar. Assim, acabam escolhendo sutiãs muito pequenos, que comprimem os seios e impedem a circulação sanguínea adequada.
Se você é daquelas mulheres que não podem descartar seu uso, é importante ficar sempre atenta para escolher o sutiã mais confortável e adequado para o seu corpo. Isso é essencial.

Dormir com sutiã ou sem, eis a questão

Dormir com sutiã

Em geral, os especialistas nos recomendam dispensar o uso do sutiã na hora de ir para a cama. Um estudo de médicos antropológicos nos alerta para algo que devemos levar em conta: o sutiã comprime vários gânglios e vasos linfáticos, evitando assim, que possamos filtrar e eliminar as toxinas de maneira natural através da drenagem linfática.

Já que muitas dessas funções acontecem durante a noite, pode resultar em um aumento da retenção de líquidos que, a longo prazo, pode originar a aparição de possíveis cistos, nódulos fibrosos ou tumores. É um risco.

O sutiã pode comprimir nossos seios impedindo que a linfa libere as toxinas, criando um problema circulatório que pode se agravar. Além disso, o tecido do sutiã faz com que a temperatura dos nossos seios se eleve.

É importante lembrar que, uma mama pré-cancerosa tem uma temperatura maior do que as que estão saudáveis. Não vale a pena induzir em nossos seios esta elevação de temperatura durante a noite.

Leia também: Usar sutiã influencia no desenvolvimento de câncer de mama

É conveniente tirar o sutiã pelo menos algumas horas por dia

A mama precisa de algum movimento para permitir que a linfa circule. Aqueles que defendem o uso do sutiã o fazem com uma pequena nuance: não é bom usá-lo mais de 7 horas por dia. Também não é apropriado dormir com sutiã. Os seios precisam se sentir um pouco livres desse aperto. Eles precisam se mover para que, com isso, a circulação da linfa e sua massagem seja permitida.

Recordemos mais uma vez que precisamos da circulação correta da linfa e do sangue para que as toxinas não se acumulem, para que possam ser liberadas e não serem armazenadas nos seios. Então, se você normalmente usa sutiã, seria recomendável que você não o usasse por pelo menos mais de 7 horas seguidas.

Pode ser prejudicial dormir com sutiã

Não deixe de ler: Usar sutiã é bom ou ruim?

Se você é uma daquelas mulheres que gosta de dormir com sutiã, deve saber que existem sutiãs para o uso noturno. Trata-se de uma peça íntima específica para dormir. E qual é o seu segredo?

Trata-se de sutiãs que têm uma forma adequada para separar os seios e evitar que se comprimam. São feitos de algodão, sem aros nem hastes. Permitem a transpiração, que podemos mover sem notá-los, mas nos sentindo protegidos.

Tente usar sutiãs sempre de acordo com o seu tamanho e evitar aqueles que tenham costuras, bojos ou argolas e que comprimam o peito. Isso é imprescindível. Embora o mais apropriado seja, sem dúvida, não dormir com sutiã.