Como fazer discos demaquilantes reutilizáveis ​​em casa?

Remover a maquiagem é uma etapa essencial na rotina de cuidados com o rosto. Uma alternativa ecológica para retirar os cosméticos do rosto são os discos demaquilantes reutilizáveis. Quer saber como fazê-los em casa?
Como fazer discos demaquilantes reutilizáveis ​​em casa?

Última atualização: 23 Maio, 2021

O uso de discos ou lenços descartáveis leva ao acúmulo de resíduos que contribuem para a poluição do meio ambiente. No entanto, os discos demaquilantes reutilizáveis ​​são produtos sustentáveis ​​e ecológicos. Por que razão?

Em particular, são ideais para aplicar “a lei dos 3Rs“, ou seja, reduzir, reutilizar e reciclar. Dessa forma, você não apenas contribui para a redução do impacto ambiental, mas também cuida da sua pele sem investir constantemente em produtos descartáveis. Quer saber mais sobre isso? Continue lendo!

Por que usar discos demaquilantes reutilizáveis?

Incorporar produtos sustentáveis ​​em sua rotina de beleza tem benefícios interessantes. Em primeiro lugar, eles representam uma alternativa ecológica, pois não geram tanta poluição quanto os descartáveis. Por outro lado, esse produto economiza dinheiro e favorece os cuidados com a pele. Vamos ver em detalhes por que devemos usar discos demaquilantes reutilizáveis.

Removem a maquiagem

Durante sua rotina de limpeza noturna, o uso de sabonete facial não será suficiente para remover toda a maquiagem. Por isso, em primeiro lugar, o ideal é retirar o excesso de cosméticos com o auxílio de discos reutilizáveis. Eles são perfeitos para remover rímel, batom e outros produtos. Basta umedecê-los com água micelar.

Água micelar
Umedecidos com um pouco de água micelar ou leite de limpeza, esses discos são ideais para limpar a pele à noite.

Recomendados por esteticistas

Os lenços demaquilantes foram uma tendência durante anos. No entanto, com o tempo, os discos se tornaram uma das opções favoritas. Na verdade, alguns esteticistas os indicam porque são suaves, não irritam a pele e contribuem para a limpeza profunda do rosto.

Favorecem o meio ambiente

Usar discos de algodão tradicionais significa jogar fora cerca de 60 discos por mês, que se tornam lixo. Em compensação, os discos demaquilantes caseiros contribuem para a conservação do meio ambiente da seguinte forma:

  • Por serem reutilizáveis, prolongam sua capacidade de uso, o que reduz o volume de resíduos.
  • A transformação de roupas ou toalhas velhas para criar discos demaquilantes reaproveita e recicla de forma inovadora um material que seria jogado no lixo. Com isso, você dá uma segunda chance a esse material e beneficia o meio ambiente.

Economia financeira

Se você limpar a maquiagem do rosto com discos descartáveis, provavelmente usará de 2 a 4 discos por dia. Falando em números, isso representa uma despesa anual de aproximadamente 730-1460 discos.

Entretanto, utilizando os discos demaquilantes reutilizáveis na sua rotina de cuidados com o rosto, você terá a oportunidade de usá-los continuamente, por meses ou anos. Nesse sentido, evitam um gasto constante de dinheiro.

Para todos os tipos de pele

Devido à sua maciez, são muito úteis para peles oleosas, mistas ou secas. Da mesma forma, permitem limpar o rosto e o pescoço.

Fáceis de lavar

Os discos reutilizáveis ​​absorvem a maquiagem e as impurezas. Portanto, é necessário lavá-los após o uso. Como fazer isso? Muito simples! Você pode lavá-los à mão com água e sabão ou colocá-los em um saco próprio para lavagem na máquina.

Como fazer os discos demaquilantes reutilizáveis ​​em casa?

Fazer estes discos em casa ​​é bastante simples. Você só precisa de alguns materiais básicos, que geralmente todos temos em casa.

  • Pedaço de flanela e tecido atoalhado.
  • Caneta esferográfica ou marcador de ponta fina.
  • Linha na cor de sua preferência.
  • Um copo ou um objeto circular rígido, pois servirá de molde para fazer a forma do disco. O tamanho é de acordo com a sua preferência.
Discos demaquilantes
É necessário lavar cada disco após o uso, pois eles acumulam resíduos de maquiagem e sujeira.

Você tem todos os materiais? Se sua resposta for sim, então já pode começar. Vejamos a seguir qual é o procedimento:

  • Primeiramente, coloque o copo ou objeto que você decidiu usar como molde sobre o tecido.
  • Com a ajuda da caneta, risque o contorno do círculo. Repita esse procedimento no tecido quantas vezes forem necessárias (tudo vai depender de quantos discos você precisa na semana para retirar os restos de maquiagem).
  • Logo depois, corte os círculos com a tesoura.
  • Una um círculo de tecido de flanela com outro de tecido atoalhado.
  • Por fim, costure ao redor da borda do círculo para fechá-lo.
  • Guarde em um recipiente de vidro para manter os discos limpos e use-os sempre que desejar.

Discos demaquilantes reutilizáveis: um substituto sustentável

Apesar de mais de nove milhões de lenços e discos serem jogados fora todos os dias, a substituição dos discos descartáveis ​​por reutilizáveis ​​representa uma pequena ação que pode se traduzir em um ótimo resultado. Essa mudança pode ter um impacto positivo no meio ambiente e no âmbito estético e financeiro de cada pessoa.

Os discos demaquilantes reutilizáveis, embora tenham uma longa vida útil, não duram a vida toda. Mas sempre há diferentes tipos de tecido em casa que, com o passar do tempo, você vai deixando de usar. É aí que você deve se lembrar da “lei dos 3Rs” para criar uma alternativa sustentável que contribui para a redução do desperdício.

Pode interessar a você...
Prepare seu próprio demaquilante caseiro com estas 3 receitas
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Prepare seu próprio demaquilante caseiro com estas 3 receitas

Você gostaria de preparar seu próprio demaquilante caseiro? Confira nossas receitas com óleos naturais para cuidar da pele do rosto sem gastar muito.



  • Walters RM, Mao G, Gunn ET, Hornby S. Cleansing formulations that respect skin barrier integrity. Dermatol Res Pract. 2012;2012:495917. doi:10.1155/2012/495917
  • Draelos ZD. Facial skin care products and cosmetics. Clin Dermatol. 2014 Nov-Dec;32(6):809-12. doi: 10.1016/j.clindermatol.2014.02.020. Epub 2014 Oct 29. PMID: 25441474.
  • Cantarellas, V. Del caldo casero al Tacobell. Aproximación etnoarqueológica a la gestión de desechos domésticos. España: Universitat de les Illes Balears; 2019.
  • Chacon, M, Pacheco, A, Cendejas M, Ortega, F. Tendencia del crecimiento en la cultura del reciclaje. Revista de Ciencias Ambientales y Recursos Naturales. 2016; 2 (5): 63-72.
  • Lara, J. Reducir, reutilizar, reciclar. Elementos: Ciencia y cultura. 2008. 15 (69), 45-48.