Diocese afasta padre que confessou ter feito sexo com o noivo de um casamento celebrado por ele

Após a enorme repercussão do caso, a arquidiocese de Natal precisou se pronunciar.
Diocese afasta padre que confessou ter feito sexo com o noivo de um casamento celebrado por ele

Última atualização: 22 junho, 2022

Até mesmo os padres precisam lidar com a atração por outra pessoa, pois o celibato não os torna menos humanos. Obviamente, são comuns os casos de padres que decidem deixar a batina. Mas quando isso não acontece e eles têm relacionamentos durante o sacerdócio, o caso gera um grande escândalo quando é descoberto. Foi o que aconteceu em uma paróquia de Natal, no Rio Grande do Norte, quando a esposa traída decidiu vazar o áudio no qual o padre admite ter tido relações sexuais com o marido dela, quando o casal já estava junto.

A confissão polêmica do padre

A gravação tem mais de 10 minutos de duração, e nela tanto o padre quanto o marido confessam o acontecido, embora os dois discordem em alguns detalhes. Durante os áudios, a mulher tem uma conversa com o marido e o padre (Júlio Cezar Souza Cavalcante, de 51 anos). De acordo com a gravação, os dois homens tiveram um envolvimento sexual quando o rapaz já era noivo, e mesmo assim foi o padre Júlio quem celebrou o casamento.

“Foi uma fraqueza. Nós confessamos e prometemos que não teria mais”. Essa foi a justificativa do padre, que foi rebatida pela mulher que afirmou que ele teria feito investidas ao marido dela mesmo após o casamento, o que padre Júlio nega.

O marido confessou o que tinha acontecido e disse que o padre ainda lhe dá abraços, ao que o sacerdote respondeu “Abraço eu dou em todo mundo”. O padre admite que teve relações sexuais com o marido da mulher e que isso tinha acontecido “duas ou três vezes”. No entanto, essa versão é contestada pelo marido, que afirma que foram “várias vezes”, entre 2010 e 2012.

O marido ainda comenta que foi convidado para dormir com o padre na paróquia diversas vezes, e a esposa traída se indignou: “Você, como um sacerdote, mantém relação sexual com um teoricamente fiel, sabendo que ele está noivo, prestes a casar, você quer que eu ache uma palavra mais amena que orgia?”

A esposa não eximiu o marido de sua responsabilidade e disse ao padre que o envolvimento entre os dois apenas parou porque o homem procurava outros parceiros e que o padre Júlio foi “só mais um dos escolhidos”.

As consequências da enorme repercussão

Após os áudios terem ficado nacionalmente famosos, a arquidiocese de Natal informou através de uma nota que o Arcebispo da cidade, Dom Jaime Vieira Rocha, “determinou o afastamento do referido sacerdote de todas as suas funções ministeriais exercidas na instituição, a fim de que possam ser apurados os fatos e tomadas as devidas providências”.

Além disso, a arquidiocese também determinou que fosse aberta uma investigação para analisar todas “as possíveis responsabilidades” no caso. O padre continuará afastado de suas atividades até o fim das investigações. Rogamos ao Bom Deus que tudo seja esclarecido e, para o bem do povo de Deus, possa reinar a paz nos corações”, diz comunicado.

Pode interessar a você...
Jornalista Mariana Godoy rebate haters que falam do seu casamento com ex-padre
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Jornalista Mariana Godoy rebate haters que falam do seu casamento com ex-padre

Veja o que a jornalista Mariana Godoy tem a dizer sobre as críticas que recebe pelo seu casamento com o ex-padre Dalcides Biscalquin.