Tudo que você precisa saber sobre a dieta para desintoxicar o fígado

18 de julho de 2018
Um plano de dieta para desintoxicar o fígado visa reduzir a carga de toxinas com a qual este órgão lida para otimizar seu funcionamento e prevenir doenças. Neste artigo, explicaremos como aplicá-lo.

A adoção de uma dieta para desintoxicar o fígado é um dos métodos preferidos para estimular a eliminação das toxinas que se acumulam nesse órgão. Em outras palavras, é um plano que sugere a combinação de alimentos que são facilmente digeridos para otimizar seu funcionamento.

Assim como acontece com outras propostas de “detox”é uma forma de alimentação leve que só deve ser implementada por alguns dias. Embora não seja uma dieta “milagrosa” ou algo do tipo, é um pouco mais restritiva do que qualquer dieta equilibrada.

Ela é recomendada para aqueles que exageraram na alimentação ou na bebida alcoólica. Também é uma ótima opção para prevenir o fígado gorduroso e certas alergias que resultam do mau funcionamento do fígado. No que consiste essa dieta?

Importância de uma dieta para desintoxicar o fígado

O fígado é um dos órgãos mais importantes para a saúde. Não só é responsável pela purificação do sangue para eliminar as toxinas, mas também participa na digestão das gorduras, do metabolismo e da liberação de alguns hormônios.

Dieta para desintoxicar o fígado

De fato, estima-se que interfira em mais de 500 funções do organismo, sendo a chave para a síntese de proteínas e o armazenamento de vitaminas essenciais. Além disso, produz colesterol e é determinante para o trabalho do sistema imunológico.

A desvantagem é que a exposição contínua a toxinas e a vida sedentária podem deteriorar sua saúde, afetando seu funcionamento. Como resultado, distúrbios inflamatórios e uma série de doenças que reduzem a qualidade de vida podem se desenvolver.

Por esse motivo, é conveniente adotar uma dieta para desintoxicar o fígado com a qual ele poderá reduzir sua carga. Embora o ideal seja melhorar permanentemente seu estilo de vida, essa dieta simples é uma medida eficaz para neutralizar os efeitos da “intoxicação”.

Em que consiste a dieta para desintoxicar o fígado?

A dieta para desintoxicar o fígado é uma dieta hipocalórica que visa restaurar a saúde do órgão quando este apresenta dificuldades devido ao excesso de toxinas. Envolve evitar alguns alimentos importantes, por isso não deve ser prolongada por mais de 5 dias.

A melhor época para começar é antes de iniciar uma dieta de perda de peso. Assim, ao reduzir a carga do sistema hepático, o metabolismo funcionará mais facilmente. Por outro lado, ela é recomendada para sintomas como má digestão, inflamação e dores de cabeça recorrentes.

Leia também: 5 conselhos para uma dieta de perda de peso bem-sucedida

Alimentos permitidos

  • Frutas e vegetais frescos
  • Ervas e especiarias
  • Sementes e oleaginosas
  • Cereais integrais
  • Gorduras saudáveis ​​(azeite, abacate, peixes oleosos)
  • Trigo sarraceno e quinoa
  • Leguminosas (feijão, lentilha, grão-de-bico)

Alimentos proibidos

  • Carnes vermelhas
  • Manteiga e margarina
  • Embutidos
  • Óleos vegetais industrializados (palma, soja)
  • Frituras e snacks industrializados
  • Leite integral
  • Café e bebidas com cafeína
  • Refrigerantes e sucos industrializados
  • Junk food (hambúrgueres, pizza, cachorro-quente)
  • Pães industrializados
  • Alimentos enlatados e pré-fabricados
  • Doces e qualquer produto com açúcar refinado
  • Bebidas alcoólicas
Evitar bebidas alcoólicas

Modelo de dieta para desintoxicar o fígado

Para reduzir a carga sobre o fígado como resultado das toxinas, é melhor adotar um plano de dieta equilibrada, reduzido em gordura e calorias. No entanto, também é bom seguir uma dieta especial pelo menos 3 vezes ao ano.

O modelo de dieta que propomos abaixo é um plano que deve ser realizado por um período máximo de 5 dias. Embora seja muito bom para cuidar do fígado e perder peso, não deve ser prolongado por mais tempo do que o recomendado, pois pode ser contraproducente.

Opções para o desjejum

  • Água morna com limão
  • Infusão de alcachofra
  • Azeite extravirgem com suco de limão

Opções de café da manhã

  • Chá de camomila com limão e pão integral com abacate e sementes.
  • Leite de amêndoas, omelete com espinafre e frutas frescas da estação.
  • Mingau de aveia com passas e canela.
  • Suco de laranja com mamão e sanduíche vegetariano.
  • Batida de leite vegetal com banana, maçã verde e chá verde.

Opções para o meio da manhã

  • Chá verde ou chá de ervas
  • Um punhado de oleaginosas que tenham sido deixadas de molho (desde a noite anterior)
  • Maçã ou mamão picado

Não perca: Descubra como fazer manteigas de oleaginosas deliciosas

Mamão papaia

Opções de almoço

  • Caldo de legumes, arroz integral e alcachofras assadas.
  • Salada com rabanetes, cebola e cenoura, homus e fruta.
  • Porção de peito de peru, salada de alcachofra temperada com azeite extravirgem, pão integral e chá verde.
  • Lentilhas com arroz integral, porção de salmão e maçã verde.
  • Caldo de legumes e salada de rúcula, alface, cenoura e abacate.

Opções para o meio da tarde

  • Fruta (a gosto)
  • Punhado de amêndoas sem sal e sem torrar
  • Uma fatia de abacaxi fresco e chá verde

Opções de jantar

  • Salada verde mista temperada com azeite de oliva extravirgem, porção de peixe branco e fatia de abacaxi fresco.
  • Sopa de abóbora com algas, tortilha e arroz integral, infusão de tília.
  • Creme de cenoura, arroz integral e chá depurativo (a gosto).
  • Arroz integral com legumes cozidos no vapor e peito de frango assado.
  • Salada verde, porção de atum e infusão.

Nota: se você tiver alguma doença no fígado ou estiver tomando algum tipo de medicação, consulte o médico antes de realizar esta dieta.

Você sente seu abdômen inchado e pesado? Sua pele está ressecada ou apresenta alergias? Todos esses sinais indicam que o fígado está intoxicado. Portanto, se estiver sentindo algum desses sintomas, não hesite em fazer esta dieta.

Recomendados para você