Dicas para ter unhas mais fortes

· 18 de junho de 2015

Se suas unhas se quebram com facilidade e você acha que nunca irão crescer normalmente, não deixe de ler esse artigo! Pois você pode sim exibir mãos charmosas, dignas de uma publicidade de esmaltes. Aprenda como ter unhas mais fortes a seguir.

Para ter unhas e mãos bonitas é preciso cuidar delas diariamente. É provável que a maioria das pessoas que tem esse desejo não preste a devida atenção até o momento em que olham o estado de seus dedos e pensam: o que vou fazer agora?

Se você for uma dessas pessoas, não se desespere. Não se trata apenas de resolver um problema específico com rapidez, e sim de acompanhar o estado de suas unhas todos os dias. Cuidado, proteção e umidade são vitais para ter unhas mais fortes.

Porque minhas unhas estão frágeis?

A seguir, contamos algumas razões pelas quais suas unhas podem estar quebrando com mais facilidade:

  • Uso de produtos de limpeza muito fortes sem o uso prévio de luvas (por exemplo, lavar os pratos);
  • Tomar banho com água muito quente (ou apenas lavar as mãos na mesma condição);
  • Usar as unhas para abrir ou raspar coisas;
  • Fungos (onicomicose);
  • Morder ou manter as unhas constantemente na boca;
  • Lixar com muita força;
  • Manter sempre as unhas pintadas;
  • Deficiências nutricionais;
  • Tabagismo;
  • Falta de umidade adequada.

Conheça: Remédios naturais para unhas fracas

Quando as unhas não estão saudáveis, não conseguem crescer de maneira uniforme, são irregulares, não tem uma cor normal, descamam, ficam opacas ou amareladas e, principalmente, quebram por qualquer coisa (inclusive, quebram sem causas aparentes).

Dicas para ter unhas mais fortes

É importante prestar atenção aos motivos pelos quais as unhas estão doentes ou pouco saudáveis. Dessa forma será mais simples fazer um tratamento intensivo e eficaz para ter unhas fortes.

Dicas para ter unhas fortes

Lave os pratos com luvas

Qualquer tarefa doméstica deve ser feita com luvas, pois os desinfetantes, sabonetes, limpadores e outros artigos de limpeza, afetam as unhas de forma muito negativa, já que os químicos as amolecem e as tornam mais propensas a se quebrarem.

Se possível, lave os pratos apenas uma vez por dia e não permaneça muito tempo com as mãos mergulhadas na água.

Consuma mais proteínas

Assim como acontece com o cabelo, as unhas também são feitas de proteínas e, por isso, se não nos alimentamos adequadamente elas apresentam problemas, como se quebrar com facilidade.

Revise sua alimentação diária caso suas unhas estejam fracas, descamando ou muito frágeis. Consuma, nesse caso, carnes brancas e soja.

Aumente o consumo de ácidos graxos

Dessa forma suas unhas e pele, ficarão mais fortes e saudáveis. Mas atenção! As gorduras têm que ser “boas”, ou seja, têm que ser aquelas que compõem os frutos secos, como as nozes, os vegetais em geral, o leite e a manteiga. Não deixe de consumir óleo de linhaça ou sementes de linho.

Consumir linhaça para ter unhas mais fortes

Sempre repare as unhas

Não deixe que uma unha permaneça muito tempo danificada, lascada ou com uma beira mal feita. Lixe-a o mais rápido possível para evitar que continue se quebrando, que se enganche em algo que possa causar dor ou faça você querer roê-la.

Algumas mulheres usam cola líquida para reparar a unha quando quebra, deixam que seque e depois a lixam bem para que fique sem desníveis. Depois, aplicam uma camada de esmalte transparente. Essa técnica é para uma emergência, e não para todas as unhas.

Unhas cortadas, menos problemas

Já sabemos que as unhas compridas ficam mais bonitas, no entanto, infelizmente, nem sempre é possível mantê-las todas do mesmo tamanho. Então, o melhor é tê-las rentes aos dedos ou sobressaindo só um pouco. Assim, será mais difícil quebrarem, além de estarem na moda assim.

Diversos hábitos enfraquecem as unhas. Por isso, se quiser ter unhas mais fortes e bonitas, o cuidado deve ser diário.

Não as deixe sempre pintadas

Uma das técnicas mais usadas para manter as unhas bonitas é mantê-las sempre pintadas. No entanto, isso não é bom para a saúde. Quando as unhas estão pintadas não conseguem “respirar” bem e isso pode ser ruim se estiverem muito frágeis ou quebradiças.

Não seria de estranhar se essa fosse a razão de se quebrarem. Então, uma vez por semana, tire o esmalte e deixe que as unhas tenham um descanso.

Não pintar sempre as unhas, para deixá-las mais fortes

Se você não gostar da aparência delas ou tem medo que quebrem, deixe-as sem pintar durante toda a noite e na manhã seguinte, enquanto toma o café da manhã, pinte novamente. Outra opção é aproveitar um fim de semana que não tenha planos de sair para deixá-las “ao natural”.

Tenha muito cuidado também com o tipo de produto usado para tirar o esmalte, pois a acetona (principal produto utilizado) é muito forte e pode danificar as unhas. Melhor optar por um produto mais natural e feito com óleos.

Cuidado com as soluções mágicas

Como dizíamos antes, é provável que você tenha pensado em usar unhas artificiais ou fortalecedores para as unhas. Isso pode ser bom para uma ocasião especial, como uma festa importante ou um evento especial, mas, depois, não continue usando.

Por quê? Porque, para começar, essas unhas são aplicada logo depois de lixar bem a original e também são utilizados produtos para colar as artificiais por cima.

Além disso, no meio de ambas podem surgir fungos ou a respiração das unhas naturais pode ser impedida, assim como acontece no caso dos esmaltes.

Leia também: Como fazer as unhas crescerem rápido e fortes?

As unhas não são ferramentas

Vale a pena repetir isso, porque é uma das causas mais habituais pelas quais as unhas se quebram.

Não use suas unhas para abrir uma pregadeira, desprender uma etiqueta, abrir uma lata, tirar sujeira grudada em qualquer lugar, etc.

Para isso existem objetos específicos, como tesouras, espátulas, facas, etc.

Manter as unhas curtas para não quebrarem

Procure uma manicure uma vez por semana. Não é preciso ir ao salão de beleza e gastar muito dinheiro. Você pode fazer as unhas no fim de semana. Pode aproveitar aqueles domingos à tarde que geralmente são entediantes.

Aproveite esses dias para dar um cuidado intensivo às suas mãos.

Tire o esmalte, esfolie com uma mistura de sal e azeite de oliva e lixe para emparelhar todas as unhas. Coloque creme para umedecer, massageie desde as cutículas até as pontas, deixe secar bem e, então, pinte como de costume.

  • Costa, I. M. C., Nogueira, L. S. C., & Garcia, P. S. (2007). Síndrome das unhas frágeis. Anais Brasileiros de Dermatologia. http://doi.org/10.1590/S0365-05962007000300009
  • Cashman, M. W., & Sloan, S. B. (2010). Nutrition and nail disease. Clinics in Dermatology. http://doi.org/10.1016/j.clindermatol.2010.03.037