Dicas para cuidar dos dentes contra infecções

· 19 de setembro de 2018
As infecções orais são mais comuns do que podemos pensar e, como às vezes não temos tempo de ir ao dentista, devemos saber como cuidar dos nossos dentes em casa.

Uma infecção nos dentes pode desencadear uma dor intensa e aguda, inflamação e mal-estar geral. Portanto, é melhor prevenir e cuidar de seus dentes contra infecções. Mas de que maneira você pode fazer isso?

Uma vez que a dentição permanente aparece na boca, é importante cuidar dela, pois mesmo que as próteses dentárias sejam bem-feitas, não substituem ao 100% os dentes próprios.

Tendemos a negligenciar a atenção oral até um dente começar a doer. Relaxamos nesse aspecto, sem prestar atenção às consequências que isso pode ter. Você está pronto para cuidar de seus dentes contra infecções? Então, além de seguir as recomendações do dentista, confira essas dicas…

Escovar corretamente os dentes

Talvez este primeiro conselho para cuidar dos dentes contra infecções possa levar alguém a dizer: “Obrigado, eu sei, todo mundo sabe escovar os dentes”. No entanto, algo que parece tão óbvio, na verdade, não é bem-feito.

Certamente, à noite muitas pessoas ficam com preguiça de escovar os dentes por causa do sono e do cansaço, mas devem saber que é extremamente importante ir dormir com a boca higienizada.

Escove seus dentes para cuidar deles

Lembre-se de escovar toda a superfície do dente, seu entorno e perto da gengiva. Desta forma, garantiremos a eliminação eficaz de qualquer resto de alimento.

Além de tudo isso, devemos comprar a escova mais adequada para nós e trocá-la a cada 3 meses.

  • Podemos escolher entre uma escova de cerdas finas e macias ou mais grossas e mais fortes.
  • Se tivermos gengivas sensíveis e escolhermos uma escova com cerdas grossas e fortes, é muito provável que machuquemos as mucosas.

Veja também: Dor de dentes? Descubra 3 receitas caseiras para tratá-la

Use complementos para a limpeza dental

Para cuidar dos seus dentes contra infecções, não adianta só usarmos uma escova de dentes e a pasta dental. Existem acessórios para limpeza que devemos incluir em nossa rotina, embora não os utilizemos em todas as escovações.

Dois desses complementos são o enxaguante e o fio dental. Seu uso mínimo recomendado é uma vez por dia. De preferência, durante a noite, uma vez que teremos mais tempo para dedicar a nossa limpeza dental.

O fio dental nos ajudará a eliminar tudo o que a escovação não é capaz de remover, como por exemplo, a comida ou a sujeira alojada nos espaços interdentais. Portanto, o fio é indispensável para acessar lugares de risco entre os dentes adjacentes.

O enxaguante bucal ajuda a reduzir a placa bacteriana e o tártaro, graças aos efeitos antibacterianos. Essa solução fornece um hálito fresco e evitar infecções orais, como a gengivite. Como vemos, é um complemento ideal.

Leia também: Como retirar a placa dental de forma natural

Com que frequência escovar os dentes?

Para cuidar dos dentes contra as infecções não é necessário que cheguemos ao extremo de limpar continuamente, várias vezes ao dia e sempre usar enxaguante e fio dental.

Use fio dental para cuidar dos dentes

Idealmente, devemos escovar os dentes 3 vezes ao dia, após cada refeição principal. Tudo bem se você não os escovar depois daquele lanche no meio da manhã ou depois do lanche.

No entanto, é essencial que você escove os dentes pela manhã, depois de comer e antes de ir para a cama. Quando você for dormir é o momento ideal para usar o fio e fazer o enxágue bucal.

Agora, você deve prestar atenção para não escovar os dentes logo após comer. Por quê? Porque é preciso deixar que o pH da boca se equilibre para não causar danos ao esmalte dental. O mais recomendado é esperar 30 minutos após cada refeição para higienizar sua boca.

Como você escova seus dentes? Você o faz dessa maneira ou tem outra rotina diferente? Lembre-se de que esses cuidados devem se adaptar ao seu estilo de vida e às suas necessidades.

No entanto, incluindo os cuidados acima mencionados irá proteger os dentes contra as infecções e evitará tratamentos odontológicos invasivos.