Como fazer um enxaguante bucal para o tratamento de laringite

30 Agosto, 2018
As propriedades de algumas ervas medicinais podem nos ajudar a aliviar e acelerar a cura de alguns problemas recorrentes da garganta, como é o caso da laringite.

A laringite é uma infecção comum que ocorre na garganta, especificamente na laringe. Geralmente é uma infecção muito desconfortável e dolorosa. A boa notícia é que os tratamentos para aliviá-la e tratá-la podem ser feitos em casa.

Neste artigo, explicamos como fazer um enxaguante bucal para tratar a laringite.

O que é a laringite?

A inflamação da laringe é conhecida como laringite. A laringe é uma estrutura cilíndrica e curta localizada abaixo da faringe e acima da traqueia, que conecta a boca com os brônquios e pulmões. Ela está localizada logo atrás de uma área saliente e cartilaginosa do pescoço, comumente conhecida como pomo de Adão.

A laringe é um órgão que faz parte do sistema respiratório, não devendo ser confundida com a faringe, que também se conecta com o sistema digestivo. Ela permite a passagem de ar para a traqueia, e daí para os brônquios e pulmões. Além dessa função, a laringe protege as cordas vocais.

Quando se infecta, toda a área é afetada e isso é muito desconfortável.

Leia também: Os 9 melhores remédios naturais para cuidar da voz e da garganta

Quais são os sintomas da laringite?

O primeiro sintoma de laringite é o ardor na garganta e provoca o que se conhece como voz rouca ( afonia e disfonia). As pessoas até podem perder a capacidade de falar por um longo tempo.

Desenho la laringe durante uma laringite

Além disso, apresentam formigamento, dor, dificuldade para engolir qualquer alimento ou bebida, tosse seca, e uma sensação desconfortável de um nó na garganta.

Causas comuns da laringite

A laringite pode ser aguda ou crônica. Na maioria dos casos, a laringite pode durar cerca de 3 semanas.

  • Ela pode ser aguda quando é gerada por infecções virais. Muitas vezes, a laringite aparece junto a doenças como gripes, resfriados, e até mesmo sinusites.

Forçar as cordas vocais, ou episódios de alergia que afetam o trato respiratório podem ser outra das causas da laringite aguda.

  • A chamada laringite crônica pode durar 3 semanas. Sua principal causa é o consumo excessivo de álcool, refluxo gastroesofágico, sinusite crônica, esforço excessivo e constante da voz, nódulos, pólipos, ou a presença de tumores nas cordas vocais.

Prepare um enxaguante bucal de camomila, sálvia e hortelã

Propriedades da camomila

A camomila é uma erva conhecida por suas propriedades anti-inflamatórias e antissépticas. Contém ácido cafeico e linoleico que combate a aldose redutase, uma enzima que causa muitas lesões corporais.

Além disso, suas propriedades sedativas ajudam a aliviar a dor em qualquer parte do corpo. Pode ser consumida em infusões, ou pode ser usada de forma tópica e como enxaguante bucal.

Benefícios da sálvia

A sálvia tem vários benefícios que ajudam a curar feridas internas, como lesões ou úlceras. Também é usada no tratamento da faringite e gengivite. Isso é porque é um adstringente natural muito bom.

A sálvia é uma erva que pode ser consumida em infusões ou usada de forma tópica.

Propriedades da hortelã (menta)

A hortelã é uma planta medicinal usada muito frequentemente como calmante e relaxante muscular.

  • Contém ácido ascórbico, que permite a fácil expulsão do muco, por isso representa um descongestionante muito bom.
  • Ela também contém timol, que é um composto orgânico eficaz para combater a tosse.

Cada uma dessas ervas tem propriedades curativas capazes de aliviar a dor causada pela laringite. E podem ser usadas por separado em infusões, ou juntas em uma única infusão mais forte, para combater a infecção. A escolha depende da pessoa que sofre da doença.

A seguir, ensinaremos você a preparar um enxaguante com as três plantas mencionadas acima.

Ingredientes

  • ½ xícara de camomila (55 g)
  • 2 xícaras de água (500 ml)
  • ½ xícara de sálvia (55 g)
  • ½ xícara de hortelã (55 g)

Veja também: Bicarbonato de sódio e água, uma solução perfeita para curar e limpar a garganta

O que você deve fazer

  • Ferva a camomila, a sálvia e a hortelã em água, por 20 minutos.
  • Coe e deixe a mistura repousar por alguns minutos, até que atinja a temperatura ambiente.
  • Faça bochechos, pelo menos 3 vezes ao dia com a mistura, para aliviar os sintomas.

A laringite é uma das infecções mais desconfortáveis ​​que pode ocorrer no trato respiratório. Tratá-la pode ser simples, se você usar métodos adequados, fáceis e econômicos, como o enxágue bucal apresentado neste artigo.

Lembre-se de que tudo depende de constância, e os resultados serão notados, sempre que você usar esse enxaguante com frequência.

  • Millner, R., & Becknell, B. (2019). Urinary Tract Infections. Pediatric Clinics of North America. https://doi.org/10.1016/j.jhazmat.2004.08.030
  • Del Mar, C. B., & Glasziou, P. P. (1998). Antibiotics for sore throats? Journal of Paediatrics and Child Health. https://doi.org/10.1046/j.1440-1754.1998.00304.x
  • Gereige, R., & Cunill-De Sautu, B. (2011). Throat Infections. Pediatrics in Review. https://doi.org/10.1542/pir.32-11-459
  • Asociación Española contra el Cáncer. La laringe: anatomía. https://www.aecc.es/es/todo-sobre-cancer/tipos-cancer/cancer-laringe/anatomia
  • MedlinePlus. Laringitis. https://medlineplus.gov/spanish/ency/article/001385.htm
  • Ramón Terre Falcón, Inmaculada Anguita Sánchez, Francisco Sánchez González. LARINGITIS AGUDAS DEL ADULTO. https://seorl.net/PDF/Laringe%20arbor%20traqueo-bronquial/102%20-%20LARINGITIS%20AGUDAS%20DEL%20ADULTO.pdf
  • José Manuelmorales Puebla, Javier Chacón Martinez, Manuel Padilla Parrado. LARINGITIS CRÓNICAS. https://seorl.net/PDF/Laringe%20arbor%20traqueo-bronquial/103%20-%20LARINGITIS%20CR%C3%93NICAS.pdf
  • Singh, Ompal & Khanam, Zakia & Misra, Neelam & Srivastava, Manoj. (2011). Chamomile (Matricaria chamomilla L.): An overview. Pharmacognosy reviews. 5. 82-95. 10.4103/0973-7847.79103.
  • Farmacia Profesional.
    Vol. 16. Núm. 7. Páginas 59-64 (Julio 2002). Salvia. Fitoquímica, farmacología y terapéutica. https://www.elsevier.es/es-revista-farmacia-profesional-3-articulo-salvia-fitoquimica-farmacologia-terapeutica-13034818
  • Phytother Res. 2006 Aug;20(8):619-33. A review of the bioactivity and potential health benefits of peppermint tea (Mentha piperita L.). doi: 10.1002/ptr.1936.