Descubra tudo sobre o estilo de vida minimalista

No estilo de vida minimalista, excluímos tudo o que não precisamos para priorizar a presença e o uso do que é importante e do que realmente precisamos. Você quer saber mais sobre esse assunto?
Descubra tudo sobre o estilo de vida minimalista

Última atualização: 27 Fevereiro, 2021

Nos últimos anos, o estilo de vida minimalista ganhou seguidores em todo o mundo. Até celebridades e grandes estrelas de Hollywood têm promovido sua prática, considerando-a uma forma útil de viver em harmonia e com menos estresse.

O estilo de vida minimalista ou “modo de vida simples” refere-se a “um modo de vida não agressivo no seu sentido mais amplo”. É viver a simplicidade voluntariamente, seja pela espiritualidade, pela saúde ou pelo ambientalismo.

As bases de um estilo de vida minimalista

Como explica uma publicação de Neville Wadia Institute of Management Studies & Research, o minimalismo é um processo contínuo em que reavaliamos constantemente nossos valores e necessidades. É uma teoria “baseada na avaliação das experiências, em vez das coisas”.

Em outras palavras, é reduzir tudo ao mais simples possível. Embora possa parecer fácil, não é. Requer uma análise profunda de todos os aspectos da vida:

  • A maneira de se vestir.
  • A maneira de se alimentar.
  • As obrigações e os compromissos.
  • O uso que fazemos do tempo.
  • A organização e os objetos que acumulamos em casa.

Se estivermos conscientes de tudo aquilo que não precisamos, poderemos remover o peso das nossas costas e aprender a reduzir as preocupações. O minimalismo inclui muitos aspectos, como arte, design, arquitetura, moda, pensamento e até mesmo gastronomia.

Portanto, estamos prontos para conhecer o estilo de vida minimalista.

Qual é o propósito de acumular objetos?

Em primeiro lugar, muitos dos objetos que temos e acumulamos acabam, com o passar dos anos, tornando-se algo emocional para nós. Sentimos apego pelas coisas e resistimos a perdê-las, distribuí-las ou jogá-las fora. Viver com elas nos faz sentir certas emoções toda vez que entramos em contato com esses objetos.

Para começar, o minimalismo propõe viver apenas com o que é necessário. Toda uma revolução contra o consumismo compulsivo da sociedade atual. Qual é a utilidade de guardar roupas que nunca usamos? Qual é a utilidade de acumular objetos somente para limpá-los?

Caminho em direção à expressão minimalista em casa

Uma casa proporciona tranquilidade quando há espaços abertos e amplos. Além disso, é importante manter uma decoração que não esteja sobrecarregada e na qual a organização prevaleça. De fato, quando há poucos elementos decorativos, eles atraem mais atenção e não passam despercebidos.

Cada objeto deve ter um motivo, um uso específico. Dessa forma, você simplificará sua vida e economizará tempo procurando o que precisa. Sem mais complicações, o lema que devemos colocar em prática é: “menos é mais”.

Tenha coragem de jogar algumas coisas fora

Muitas pessoas não conseguem jogar fora coisas que sabem que nunca usarão. Na verdade, tudo é guardado para o caso de, em algum momento, serem úteis.

Portanto, tente escolher melhor o que você compra, principalmente quando viaja. Para começar, um bom desafio é jogar fora 5 objetos de sua casa hoje.

Quantos sapatos velhos você tem? Quantas coisas você guarda nas gavetas, sob o pretexto de um uso futuro? Quantos talheres, livros, cadernos usados, roupas, remédios, etc., que você nunca usará?

Organize seu tempo

Tente diferenciar o que é importante daquilo que não é. E, com essa premissa, dedique seu tempo às coisas que realmente importam. Nesse sentido, tente não seguir o comportamento da maioria das pessoas, pois ele obedece às modas extravagantes que vêm e vão sem critérios.

Por outro lado, controle a quantidade de informação que você quer consumir. Experimente passar algumas horas por dia com a televisão desligada e desconecte-se das redes sociais. Não permita tantas distrações e busque seus objetivos principais ou o que faz você mais feliz.

10 dicas que nos aproximam de um estilo de vida minimalista

Por fim, não perca estas 10 dicas básicas:

  1. Para começar, o importante é o que somos, não o que temos.
  2. Não perca tempo se envolvendo em projetos sem sentido.
  3. Não siga a inércia das coisas. Tente criar sua própria realidade.
  4. Pare de se atormentar com pensamentos do passado.
  5. Guarde as emoções e experiências de suas viagens, não os souvenirs.
  6. Aprenda a priorizar e a dizer não. O caminho mais curto é sempre a verdade.
  7. Não tente fingir ser algo que você não é.
  8. Cozinhe com o coração. O importante é a qualidade, não a quantidade.
  9. Seja honesto, direto, educado e claro com as pessoas ao seu redor.
  10. Ame de uma maneira simples, descomplicada e autêntica.

Viver um estilo de vida minimalista é saber o que precisamos e o que não é essencial. Esse pensamento, quando aplicado em casa, nos permite usufruir de espaços mais limpos e tranquilos. Além disso, levá-lo a outros aspectos da vida nos permite reduzir o estresse, a pressa e a ansiedade.

Pode interessar a você...
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
5 hábitos de limpeza para manter a casa arrumada

Os hábitos de limpeza para manter a casa organizada são muito simples. Tudo é questão de bom senso e de ser constante ao aplicar estas medidas.