Controle as espinhas com 5 remédios naturais

1 de fevereiro de 2020
As espinhas são feias e fazem a pele parecer brilhante e suja. Felizmente, a aplicação constante de alguns remédios naturais nos ajuda a minimizá-las. Descubra 5 boas opções.

As espinhas geralmente aparecem devido a uma obstrução dos poros da pele. Ocorrem frequentemente na adolescência, mas podem surgir em qualquer idade. São frequentemente causadas por maus hábitos de limpeza facial, alterações hormonais ou alteração das glândulas sebáceas. Como controlar as espinhas?

Embora atualmente existam muitos produtos cosméticos e tratamentos profissionais para removê-las, existem alguns remédios naturais que fornecem bons resultados. Desta vez, queremos compartilhar os 5 melhores, para que você não hesite em experimentá-los. Anote!

Controle as espinhas com 5 remédios naturais

Controle as espinhas com um plano que aborde a causa. Assim, por exemplo, se elas forem o produto de um problema hormonal, será melhor solicitar ajuda profissional para combatê-lo na raiz. No entanto, mesmo que ainda não tenha sido provado científicamente, os remédios naturais poderiam complementar seu tratamento farmaológico, independentemente de sua origem. Experimente-os!

1. Controle as espinhas com mel e canela

Mel e canela

Controle as espinhas usando uma pasta de mel e canela. Estes ingredientes têm propriedades anti-inflamatórias e antibacterianas que são benéficas para lidar com este problema de pele.

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de mel (15 g)
  • 1 colher de chá de canela em pó (5 g)

Preparo

  • Para começar, combine o mel com o pó de canela até obter uma pasta grossa.

Modo de uso

  • Primeiramente, limpe bem o rosto e aplique a mistura nas espinhas.
  • Em seguida, deixe agir por 10 minutos e enxágue.
  • Por fim, repita o uso pelo menos 3 vezes por semana.

Leia também: 6 problemas internos que as espinhas no rosto nos indicam

2. O chá verde também ajuda a que você controle as espinhas

Embora seja famoso por suas propriedades medicinais, o chá verde também pode ser usado em cosméticos. Devido ao seu teor de compostos antioxidantes, ajuda a prevenir o envelhecimento precoce da pele. Além disso, seus flavonoides ajudam no tratamento de espinhas e cravos.

Ingredientes

  • 1 colher de chá de chá verde (15 g)
  • 1 xícara de água (250 ml)

Preparo

  • Primeiramente, adicione a colher de chá de chá verde em uma xícara de água fervente.
  • Em seguida, cubra a bebida e deixe descansar por cerca de 20 minutos.
  • Quando estiver quente, filtre e leve a geladeira.

Modo de uso

  • Primeiramente, mergulhe uma bola de algodão no líquido e esfregue-a nas espinhas.
  • Em seguida, deixe agir por 10 minutos e enxágue.
  • Por fim, repita o uso todas as noites antes de dormir.

3. Babosa para controlar as espinhas

Creme de Aloe Vera

Os extratos de babosa fazem parte de muitos produtos comerciais para acne. No entanto, ele pode ser usado em seu estado natural para controlar as espinhas. Graças ao seu teor de ácido salicílico e enxofre, sua aplicação tópica regula a produção de gordura, fecha os poros e remove as espinhas.

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de gel de babosa
  • 1 gota de óleo essencial de árvore do chá

Preparo

  • Misture a colher de sopa de babosa com o óleo essencial de árvore do chá.

Modo de uso

  • Primeiramente, limpe bem a pele e depois esfregue a mistura.
  • Em seguida, deixe agir por 20 minutos e enxágue.
  • Por fim, use pelo menos 3 vezes por semana para obter bons resultados.

Leia: Máscara verde para eliminar cravos, espinhas e manchas

4. Óleo essencial de alecrim

O uso regular do óleo essencial de alecrim pode ser útil para combater as espinhas e da produção excessiva de sebo. Seus componentes antimicrobianos bloqueiam o crescimento de bactérias e impedem que elas infectem os poros. Além disso, é adstringente e deixa a pele mais fresca.

Ingredientes

  • 5 gotas de óleo essencial de alecrim
  • 1 colher de sopa de óleo de coco (15 g)

Preparo

  • Misture o óleo essencial de alecrim com uma colher de sopa de óleo de coco.

Modo de uso

  • Primeiramente, limpe as áreas que deseja tratar e espalhe a mistura por ela.
  • Em seguida, deixe agir por pelo menos 20 minutos e remova o resíduo com um pano limpo.
  • Por fim, use todas as noites antes de ir para a cama.

5. Vinagre de maçã

Vinagre de maçã para se livrar das espinhas

O vinagre de maçã orgânico contém ácidos que ajudam a combater as espinhas. Em particular, seu teor de ácido succínico diminui a inflamação causada por P. acnes, impedindo uma cicatrização deficiente. Além disso, seu uso habitual ajuda a regular o excesso de gordura na pele.

Ingredientes

  • 2 colheres de sopa de vinagre de maçã (30 ml)
  • 2 colheres de sopa de água (30 ml)

Preparo

  • Dilua o vinagre de maçã em uma parte igual da água.

Modo de uso

  • Primeiramente, umedeça uma bola de algodão com a mistura e esfregue nas áreas desejadas.
  • Em seguida, deixe absorver e limpe os resíduos com um pano úmido.
  • Por fim, certifique-se de usá-lo todas as noites antes de dormir.

Tem percebido muitas espinhas em seu rosto? Não deixe de preparar esses remédios naturais. Como você pode ver, são fáceis de preparar e mais baratos que muitos produtos convencionais.

  • Julianti, E., Rajah, K. K., & Fidrianny, I. (2017). Antibacterial activity of ethanolic extract of Cinnamon bark, honey, and their combination effects against acne-causing bacteria. Scientia Pharmaceutica. https://doi.org/10.3390/scipharm85020019
  • Eady, E. A., Layton, A. M., & Cove, J. H. (2013). A honey trap for the treatment of acne: Manipulating the follicular microenvironment to control propionibacterium acnes. BioMed Research International. https://doi.org/10.1155/2013/679680
  • Rao, P. V., & Gan, S. H. (2014). Cinnamon: A Multifaceted Medicinal Plant. Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine. https://doi.org/10.1155/2014/642942
  • Yoon, J. Y., Kwon, H. H., Min, S. U., Thiboutot, D. M., & Suh, D. H. (2013). Epigallocatechin-3-gallate improves acne in humans by modulating intracellular molecular targets and inhibiting P. acnes. Journal of Investigative Dermatology. https://doi.org/10.1038/jid.2012.292
  • Saric, S., Notay, M., & Sivamani, R. (2016). Green Tea and Other Tea Polyphenols: Effects on Sebum Production and Acne Vulgaris. Antioxidants. https://doi.org/10.3390/antiox6010002
  • Liu, H., Yu, H., Xia, J., Liu, L., Liu, G. J., & Sang, H. (2014). Topical azelaic acid, salicylic acid, nicotinamide, and sulphur for acne. Cochrane Database of Systematic Reviews. https://doi.org/10.1002/14651858.CD011368
  • Sahu, P. K., Giri, D. D., Singh, R., Pandey, P., & Gupta, S. (2013). Therapeutic and Medicinal Uses of Aloe vera : A Review. Scientific Research.
  • Fu, Y., Zu, Y., Chen, L., Efferth, T., Liang, H., Liu, Z., & Liu, W. (2007). Investigation of antibacterial activity of Rosemary essential oil against Propionibacterium acnes with atomic force microscopy. Planta Medica. https://doi.org/10.1055/s-2007-981614
  • Jiang, Y., Wu, N., Fu, Y. J., Wang, W., Luo, M., Zhao, C. J., … Liu, X. L. (2011). Chemical composition and antimicrobial activity of the essential oil of Rosemary. Environmental Toxicology and Pharmacology. https://doi.org/10.1016/j.etap.2011.03.011
  • Wang, Y., Kuo, S., Shu, M., Yu, J., Huang, S., Dai, A., … Huang, C. M. (2014). Staphylococcus epidermidis in the human skin microbiome mediates fermentation to inhibit the growth of Propionibacterium acnes: Implications of probiotics in acne vulgaris. Applied Microbiology and Biotechnology. https://doi.org/10.1007/s00253-013-5394-8