Como remover lagartas de plantas? 7 dicas úteis

No mundo da jardinagem, existem inúmeros inimigos. As lagartas não escapam a esta lista. Descubra como preveni-las!
Como remover lagartas de plantas? 7 dicas úteis

Última atualização: 27 maio, 2022

Eliminar as lagartas das plantas deve ser uma prioridade em sua tarefa de jardinagem, pois embora pareçam inofensivas, são muito prejudiciais. É um tipo frequente e agressivo de praga que mata as plantações.

Esses pequenos insetos peludos, descendentes de borboletas e mariposas, se alimentam de inúmeras frutas, vegetais e verduras. Por exemplo, lagartas de repolho branco consomem folhas de repolho, além de couve-flor, brócolis e couve, entre outros pertencentes à família Brassicaceae.

Outras preferem melão, tomate, berinjela e melancia. Alguns tipos de lagartas costumam atacar folhas, botões e flores. Também não podemos esquecer a popular lagarta do tomate. Se você quiser aprender como se livrar delas, não perca este artigo.

Sinais e consequências das lagartas nas plantas

Existem algumas pistas visíveis que irão alertá-lo sobre a presença dessas espécies invasoras. Apresentamos as mais comuns na lista a seguir:

  • Pequenos furos ou mordidas nas folhas dos vegetais (do tamanho de um alfinete).
  • Hastes curvadas ou com uma roseta pálida ou escura ao redor do dano.
  • Galhos divididos.
  • Pequenos grãos pretos que são, na verdade, fezes de lagarta.
  • Fraqueza nas plantas. Elas deixarão de ser eretas devido à falta de vitalidade.

Embora as lagartas tenham um ciclo de vida que não excede os 45 dias, nesse curto período de tempo podem causar danos significativos. O impacto varia de causar doenças até a morte completa da planta em questão.

7 recomendações úteis para eliminar lagartas de plantas

Agora que você conhece os vestígios e as consequências dessa praga no seu plantio, é hora de aprender a eliminar as lagartas das plantas. Experimente as sugestões que mencionaremos a seguir.

Caterpillar em uma planta.
As lagartas causam danos às plantas, desde pequenos buracos até a morte das plantas.

1. Atraia pássaros para o seu pomar ou jardim

Cotovias, pintassilgos e pardais se alimentam de lagartas. Eles se tornarão seus grandes aliados nesta missão. Compre ou construa casas-ninho para eles.

2. Tire vantagem de outros animais

Uma alternativa amplamente utilizada para o controle de pragas são as vespas parasitóides ou predadoras, responsáveis por destruir as larvas, mas sem afetar as folhas. Você se pergunta como chamar a atenção delas?. Nada melhor do que semear espécies aromáticas, como manjericão ou hortelã.

Sapos, rãs e besouros são outros animais que se alimentam de lagartas, por isso vão te ajudar no controle biológico dessa praga.

3. Use outras plantas para atacar as lagartas

Nesta ordem de ideias, no mundo verde encontramos certas variedades que, pelo seu aroma ou tipo, repelem eficazmente os insetos, evitando que outras plantas adoeçam. O alho é um bom exemplo disso, assim como a calêndula, a hortelã, o manjericão e a sálvia.

4. Pulverize um inseticida orgânico

Pergunte sobre o Bacillus thuringiensis (BT) na sua loja de jardinagem , um produto feito para combater insetos como lagartas e vermes sem atacar minhocas, pássaros, joaninhas ou abelhas.

Entre suas vantagens está a proteção de hortaliças, frutas e árvores. Graças à sua fórmula, a ação é muito rápida. Uma vez ingeridas pelas lagartas, elas não se alimentam mais e acabam mortas em 2 a 3 dias.

Evite usar inseticidas sintéticos ou químicos tanto quanto possível, pois eles afetam o meio ambiente, incluindo os pássaros.

5. Coloque armadilhas para lagartas

Entre as opções está uma armadilha borrifada com feromônios femininos. O objetivo é atrair e capturar os machos para evitar que fertilizem as fêmeas. É uma boa forma de combater sua multiplicação.

6. Use remédios caseiros

Se você é um amante de soluções domésticas, estas técnicas vai te ajudar:

  • Combine detergente e água em um borrifador. Espalhe a mistura nas folhas afetadas para se livrar das lagartas.
  • Ferva a água e despeje o tabaco de um maço de cigarros (ferver as cinzas também é eficaz).Deixe esfriar. Em seguida, com a ajuda de um spray, aplique pequenas quantidades na planta.
  • Misture o sabonete de potássio com água, despeje no borrifador e borrife sobre as plantas para deixá-las protegidas.
  • Adicione óleo de karanja. É uma opção muito prática que atua como inseticida e acaricida. Uma grande vantagem é que seu cheiro é muito suave.
  • Misture o alho em pó com um pouco de água e um pouco de sabão. Borrife o produto, você verá que é uma técnica valiosa para espantar as lagartas, já que elas não gostam desse cheiro.

Fazer pesticidas caseiros sem aditivos químicos é bastante fácil. Basta conhecer as propriedades dos produtos e plantas naturais. Apresentamos vários exemplos:

  • Pique ou amasse as folhas de tomate, mergulhe-as em água e espere que a mistura assente. O próximo passo é aplicá-lo na planta para afastar não apenas lagartas, mas também pulgões e vermes.
  • Ferva alguns raminhos de coentro por 10 minutos, coe a infusão e despeje no jardim. Essa mistura funciona como repelente de insetos.
  • Adicione 100 gramas de urtiga em 10 litros de água e espere alguns minutos. Esta erva, apesar de sua péssima reputação, é um excelente pesticida.

7. Verifique bem suas plantas para eliminar lagartas

O melhor método que você tem para proteger sua cultura é a observação. Reserve um tempo todos os dias para verificar minuciosamente suas plantas. Algumas lagartas são muito fáceis de identificar, devido ao seu grande tamanho e por formarem filas.

Por outro lado, outro grupo tem dimensões menores, por isso se confundem com as folhas.

Faça jardinagem.
É essencial dedicar algum tempo à observação das plantas. Desta forma, as pragas podem ser detectadas imediatamente.

Como evitar lagartas nas plantas?

Coloque uma rede sobre o seu jardim. Especialistas no assunto aconselham instalá-la na primavera. No entanto, é melhor verificar a parte inferior das folhas uma vez por semana.

Essa ação afasta as borboletas, evitando que ponham seus ovos, que podem estar entre 150 e 600 dependendo da espécie. É importante que saiba reconhecer a sua presença: eles são alongados e amarelados.

Além disso, ao fazer as irrigações, evite alagar, pois serão o cenário ideal para caramujos, mosquitos e outros insetos.

Vale ressaltar que embora essas dicas sejam bastante úteis para proteger suas plantas, as lagartas podem não desaparecer completamente. Se isso acontecer com você, o caminho a percorrer é procurar um especialista na área que utilize métodos orgânicos para tratar as plantas.

Aproveite o seu jardim!

Nada mais agradável do que manter o seu jardim saudável. Agora que você conhece uma nova maneira de fazer isso, diga adeus às lagartas.

Você estará pronto para saborear os melhores vegetais, frutas e verduras: os que você tem em casa. Liberte o seu grande jardineiro interior!

Pode interessar a você...
Tipos de árvores para o jardim e suas características
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Tipos de árvores para o jardim e suas características

Conheça as melhores árvores para o jardim e suas características, para que você possa cultivá-las e desfrutar da sua beleza, frutos e flores.



  • Giraldo L. Conozcamos y manejemos los pesticidas para la huerta casera. Rev Sena. 1984; 14: 5-31.
  • Murray M, Alston D, Wille C. Plagas de orugas de vegetales del género Brassica. Estados Unidos: Universidad Estatal de Utah; 2021.
  • Cerezo Y, Marrero L, Mesa A. Alternativas de manejo de insectos plagas en el cultivo de la col (Brassica Oleracea L.). Cuba: Universidad de Matanzas Camilo Cienfuegos; 2018.