Como fazer uma horta urbana com pouco espaço

31 de julho de 2019
Para criar uma horta urbana basta conhecer alguns aspectos básicos de cultivo. Aproveite a laje ou o telhado e desfrute deste espaço verde na sua casa.

Apesar do massivo crescimento das cidades e dos grandes avanços tecnológicos, a possibilidade de criar uma horta urbana em nossa casa ou mesmo apartamento, continua despertando um grande interesse na maioria das pessoas. Entretanto, é importante ter em conta algumas questões para fazer isso em um lugar reduzido.

Neste artigo vamos aproximar você da sua horta urbana, de uma maneira simples. Veja alguns conselhos práticos para começar a cultivar suas próprias plantas aromáticas, frutas, etc. Assim, desfrute e alimente a sua família de forma mais saudável com esta gratificante atividade: a horta urbana.

Como fazer uma horta urbana em um espaço pequeno

Escolha bem o lugar

Como preparar sua horta urbana

Para preparar uma horta não são necessárias grandes quantidades de terreno. Uma sacada, laje ou mesmo telhado também podem ser adequados.

Neste novo projeto que você vai iniciar é decisivo escolher bem o lugar onde você vai preparar sua horta. Para isso, lembre-se de que o sucesso de suas plantações vai depender da luz (direta ou indireta) que as suas plantas vão receber. Aliás, tenha sempre em conta que um lugar ensolarado acelera o crescimento das sementes.

Também é necessário ter em conta um bom sistema de drenagem e, logicamente, alguma torneira de água o mais próxima possível da horta. Sendo assim, você economizará tempo e será mais prático regar com a frequência necessária.

Se for montar a sua horta em alguma laje ou quintal, tenha em conta que será uma zona na qual você vai trabalhar com terra e adubo. Portanto, também é necessário pensar na limpeza e limitar o espaço para não sujar todos os dias a sua casa.

Está interessado neste tema? Então, leia também: Faça seus próprios vasos de plantas em casa

Primeiras aulas de agricultura

Antes de começar a gastar dinheiro em sementes e equipamentos básicos de agricultura, você deve se informar bem. Aliás, você pode consultar algumas aulas teóricas de como cultivar. Existem demasiados fatores que podem estragar meses de dedicação às plantas. Portanto, é melhor adquirir alguns bons livros sobre o tema.

É necessário aprender algumas noções básicas:

Uma opção ideal: a horta urbana vertical

Horta vertical para a sua sacada

As plantas podem cultivar-se em jardins verticais, vasos pendurados ou em jardineiras para aproveitar melhor o espaço.

Com o desenvolvimento desta técnica você tem a vantagem de aproveitar ao máximo o espaço, já que se ocupa muito menos lugar que com a horta convencional. Ao mesmo tempo, é possível economizar tempo na manutenção da horta. Isso porque, não se reproduzem ervas daninhas e também não há a necessidade de cavar para a plantação.

Outra grande vantagem de plantar em vertical é a maior entrada de luz e de ar nos cultivos. Além disso, as pragas também são menores e mais fáceis de eliminar. Um conselho muito prático é o de plantar cultivos de ciclo rápido, como por exemplo: alface, acelga, espinafre, etc.

A sacada, laje ou telhado são lugares perfeitos para fazer uma horta urbana. Você pode usar vasos, mesas de cultivo ou inclusive começar um cultivo hidropônico (cultivado sem terra, somente com água).

Não deixe de ler também: 4 projetos de hortas caseiras

Ideias originais

Hoje em dia as redes sociais permitem que conheçamos diferentes tipos de hortas urbanas no mundo todo. Deste modo, também podemos nos surpreender e beneficiar com a criatividade de muitas pessoas que aproveitaram espaços pequenos.

A seguir, damos algumas ideias originais para a sua horta urbana:

  • Aproveite e recicle paletes, vasilhames e pneus como mesas de cultivo e vasos.
  • Se você for novo no mundo do cultivo, o uso de pequenos cartazes pode te ajudar a se lembrar dos nomes das plantas.
  • Não se esqueça de semear plantas aromáticas. Não existe nada mais prazeroso para um cozinheiro que ir à sua sacada e colher seu próprio tempero fresco.
  • É importante também se informar sobre um substrato adequado ao tipo de solo que você for utilizar.
  • Se for viajar ou se geralmente passa longas temporadas fora de casa e não tiver ninguém que possa regar a sua horta, também pode instalar um sistema de rega por gotejamento ou automático.
  • Com os próprios restos da mesma horta (podas, frutas descartadas, ervas, etc.) você pode preparar um composto orgânico para enriquecer a terra de maneira natural.

Então, você se anima a fazer sua própria horta urbana? Além de proporcionar seus próprios alimentos orgânicos sem agrotóxicos, você vai descobrir uma atividade para combater o estresse e compartilhar com a família. As crianças poderão se unir a este bom hábito e assim, conhecer todo o processo de cultivo.

  • Montserrat Soliva y Marga López. (2004). Calidad del compost : Influencia del tipo de materiales tratados y de las condiciones del proceso. In Formación de técnicos para el tratamiento y gestión de lodos de depuradora. Valsaín CENEAM/MIMAM 1.
  • Beltrano, J., & Gimenez, D. O. (2015). Cultivo en hidroponía. In Libros de Càtedra. https://doi.org/10.1039/c0dt00588f
  • Aznar Márquez, Juana y Navarro Ríos, M. J. (2014). EL HUERTO URBANO ECOLÓGICO: ESTUDIO DE LA INICIATIVA DE LA UNIVERSIDAD MIGUEL HERNÁNDEZ (ELCHE, ESPAÑA). Actas Iberoamericanas ….
  • Ballesteros, G. (2014). Espectacular crecimiento de los huertos urbanos. Ecologista.