Como evitar ou tratar a herpes labial

14 Janeiro, 2020
Visto que a herpes se aproveita de quando nosso sistema imunológico está debilitado, é muito importante que levemos uma vida tranquila e que controlemos o estresse. O exercício também pode nos ajudar a combater sua aparição.

O herpes oral é uma infecção causada pelo vírus herpes simples tipo 1 (HSV-1). Causa pequenas bolhas nos lábios, gengivas ou boca. Após a primeira infecção, o vírus nunca desaparece completamente do nosso corpo. Pode se manifestar em qualquer momento, em função das condições que se apresentam.

Se você não quiser se contagiar com a herpes oral, ou caso já a tenha e deseja tratá-la, não deixe de ler este artigo.

Conselhos para evitar se contagiar com a herpes labial

A herpes labial pode se manifestar como pequenas lesões na boca. Provoca incômodo e dor. É preciso tomar precauções para não “permitir a entrada” do vírus no nosso corpo.

Algumas recomendações são:

Proteger o rosto do sol

A exposição excessiva aos raios UV pode fazer com que a herpes apareça, uma vez que o vírus já esteja instalado em seu organismo. Use bloqueador ou protetor com fator de proteção alto e também não se esqueça de aplicar um protetor labial com FPS de 15 ou mais.

Lembre-se de que até mesmo no inverno o sol tem incidência. Evite recorrer a camas de bronzeamento artificiais, pois não são recomendáveis.

Leia também: Como fazer um protetor solar caseiro?

Tenha uma dieta balanceada

O vírus da herpes labial simples não gosta de ambientes saudáveis, visto que prefere os lugares onde o pH é ácido. Se não receber uma nutrição correta, o sistema imunológico sofrerá e ficará mais vulnerável, permitindo, assim, o ingresso de micro-organismos prejudiciais.

Opte sempre por uma dieta equilibrada que inclua:

  • Frutas cruas
  • Verduras cruas
  • Crucíferas (brócolis, couve-flor)
  • Oleaginosas
  • Leguminosas
  • Grãos integrais
  • Água

Pelo contrário, diminua a ingestão de:

  • Carnes vermelhas
  • Gorduras de origem animal
  • Açúcar branco
  • Farinha refinada
  • Bebidas alcoólicas
  • Cafeína
  • Alimentos com muita arginina (chocolates, aveia, cereais e nozes)

Reduza os níveis de estresse

Se o seu corpo estiver saturado de problemas, preocupações e pressão, então o sistema imunológico se ressentirá e haverá maior possibilidade de que o vírus da herpes se instale.

Está comprovado que as pessoas estressadas e exaustas são as mais vulneráveis ao surgimento de bolhas e feridas. Tente levar uma vida mais tranquila e relaxada.

É bom dormir o suficiente (7 horas seguidas de sono), sair de férias ou descansar no trabalho e, se necessário, praticar algumas técnicas de relaxamento como a ioga, a meditação ou o tai chi.

Fazer exercícios é outra maneira de evitar que a herpes afete seu corpo e, sobretudo, seus lábios. A atividade física reduz os níveis de estresse, ajuda a liberar tensões e diminui sua ansiedade.

Cuide-se mais no inverno

É a época das gripes e dos resfriados por excelência. Se você se contagiar com uma dessas viroses típicas da época, tem mais possibilidades de também contrair a herpes labial.

Já falamos do sistema imunológico, então a recomendação é lavar bem as mãos quando for ao banheiro ou utilizar o transporte público. Também é positivo manter-se bem hidratado durante o dia. Caso os primeiros sintomas de resfriado aparecerem, faça repouso.

Preste atenção ao seu período menstrual

Durante esses dias, as mulheres estão mais expostas a todo tipo de vírus, já que as defesas geralmente estão reduzidas. Além disso, o organismo está muito ocupado com seus desequilíbrios hormonais para prestar atenção aos agentes que podem entrar.

Por isso, recomenda-se comer mais leguminosas como as lentilhas, manter-se hidratada e dormir o suficiente.

Troque a escova de dentes

Não é aconselhável que você conserve e utilize a mesma escova de dentes sempre, já que o vírus pode se alojar ali por ter tido contato com uma pessoa infectada. É importante trocar a escova a cada 3 meses, aproximadamente.

Recomendamos ver…

Conselhos para tratar a herpes labial

Caso tenha aparecido uma bolha nos lábios, não se preocupe, existem alternativas naturais que podem ajudar a reduzir as bolhas e a dor.

Iogurte

Seus componentes podem ser úteis para neutralizar os efeitos da herpes. Coma, ao menos, um iogurte por dia. Você também pode aplicar na área afetada, diretamente, e deixar que seque sozinho. Depois, você pode enxaguar com bastante água morna ou fria. Recomenda-se usar uma toalha branca desinfetada e usar somente na área afetada.

Leite

Age de maneira similar ao iogurte. Os lácteos, de maneira geral, são bons para reduzir as feridas da herpes. Você pode molhar um algodão com algumas gotas de leite morno e lavar a área afetada com ele.

Mel

É considerado um antisséptico que pode ser aplicado na herpes labial. Tente conseguir fava de mel açucarada (sólida) e aplique-a sobre os lábios. Não enxague até passar uns 20 minutos.

Aloe vera

As propriedades dessa planta são realmente maravilhosas. É cicatrizante e suaviza a pele. Além disso, é antisséptica. Corte de maneira longitudinal uma folha de aloe vera e aplique o lado cortado sobre a herpes. Deixe por uns minutos.

Limão

Suco de limão para tratar a herpes

Essa alternativa natural para o tratamento do herpes é particularmente uma das menos recomendadas, pois, quando aplicada, tende a causar queimaduras na área, o que não é uma sensação agradável. No entanto, pode funcionar porque é um antisséptico de origem ácida. Você pode colocar algumas gotas de limão sobre as bolhas ou cortar uma rodela e pressionar.

Água oxigenada

Recomenda-se umedecer uma bolinha de algodão ou um cotonete com água oxigenada e aplicar na área afetada pela herpes 3 vezes ao dia. Além de ajudar a limpar a ferida, secará as bolhas.

Veja também: A água oxigenada e suas aplicações em casa

Gelo

Esse remédio para a herpes pode ser útil quando começam os sintomas de calor e o formigamento nos lábios. Simplesmente, retire um cubo de gelo do congelador e aplique-o sobre a área afetada por 15 minutos. Lembre-se de envolver o gelo com um pano para que ele não te queime.

Chá

Um saquinho de chá tem múltiplos usos, além de ser uma infusão saudável. Prepare a bebida, como de costume e, ao em vez de jogar fora o saquinho, use-o para tratar a herpes (quando estiver morno). Aplique por 5 minutos nos lábios e repita o processo várias vezes ao dia.

Você sofre de herpes labial com frequência? Nesse caso, lembre-se dessas dicas para evitá-la. Na farmácia, também costumam oferecer medicações orais e pomadas para tratar essa condição. No entanto, é sempre recomendável consultar um médico antes de qualquer coisa.

  • Opstelten W, Neven AK, Eekhof J. Treatment and prevention of herpes labialis. Canadian Family Physician. 2008.
  • Viejo-Borbolla A, Martinez-Martín N, Nel HJ, Rueda P, Martín R, Blanco S, et al. Enhancement of chemokine function as an immunomodulatory strategy employed by human herpesviruses. PLoS Pathog. 2012;
  • Alexander CM, Stynes S, Thomas A, Lewis JS, Harrison PJ, Aminaka N, et al. Topical honey application vs. acyclovir for the treatment of recurrent herpes simplex lesions. J Phys Ther Sci. 2013;
  • Cantatore A, Randall SD, Traum D, Adams SD. Effect of black tea extract on herpes simplex virus-1 infection of cultured cells. BMC Complement Altern Med. 2013;
  • Spruance SL, Kriesel JD, Evans TG, McKeough MB. Susceptibility to herpes labialis following multiple experimental exposures to ultraviolet radiation. Antiviral Res. 1995;