Como detectar o princípio da doença de Alzheimer

Descubra aqui como detectar o princípio da doença de Alzheimer. Esta informação será muito útil quando você for ao médico.

Uma vez que esta doença geralmente afeta adultos mais velhos, é natural perguntar: é possível detectar o princípio da doença de Alzheimer? Como posso saber quando levar um membro da minha família ao consultório médico?

Lembre-se de que a doença de Alzheimer é conhecida por ser causada pela degeneração de células cerebrais e pela diminuição da massa deste órgão. Consequentemente, isso causa perda de memória e afeta o comportamento e, por isso, as relações sociais.

A importância do diagnóstico precoce reside no fato de que, embora a doença de Alzheimer não tenha cura, o médico pode prescrever medicamentos para controlar a progressão da dessa doença e aliviar determinados sintomas.

Detectar o princípio da doença de Alzheimer: É possível?

pesquisas destinadas a descobrir o início dessa doença precocemente. No entanto, ainda não existem métodos conclusivos. O que pode ser visto é o aparecimento de alguns sintomas.

Se esses sintomas forem recorrentes, ou seja, se ocorrerem no mesmo tempo ou período, o que é recomendado é ir imediatamente a um especialista. O neurologista será responsável por confirmar ou não esta doença, e pode controlá-la, demorando seu desenvolvimento.

Veja também: Aprenda a reconhecer os 10 principais sintomas da doença de Alzheimer

Uma doença progressiva

Pessoa com doença de Alzheimer

Infelizmente, a doença de Alzheimer piora com o passar do tempo. Tem estágios em seu desenvolvimento que podem ser identificados. No início, a doença está em seu estágio ameno. Durante este período a pessoa pode se tornar um pouco mais lenta.

Em termos coloquiais, a pessoa perde sua capacidade de falar, também pode se perder em uma conversa, e ter dificuldade em seguir os seus próprios argumentos, bem como os de outra pessoa.

Por outro lado, o paciente pode perder energia e sentir exaustão. Além de ter dificuldades em aprender novos conceitos ou tarefas. Estes sintomas podem não ser reconhecidos, ou ser confundidos com o processo de envelhecimento normal.

Quais são os sintomas?

Existem outros sintomas no estágio moderado da doença que são mais característicos e, portanto, mais fáceis de identificar.

Perda de memória recente

Área do cérebro afetara pelo Alzheimer

Um sintoma recorrente em pessoas com a doença de Alzheimer é a perda de memória recente. Elas não se lembram do que disseram há um momento atrás, ou repetidamente perguntam a mesma coisa.

Elas também tendem a esquecer de onde deixaram alguns objetos. Em contra partida, pacientes com doença de Alzheimer podem se lembrar de eventos mais distantes no tempo.

Recomendamos que você leia: Alimentos que potencializam a memória e conselhos para estimular a atividade cognitiva

Perda de senso de espaço e tempo

As datas são apagadas e outras referências são perdidas, como as estações do ano, por exemplo. Em vista disso, uma pessoa com doença de Alzheimer também pode se perder facilmente, pois esquece como  chegou a um determinado lugar, ou quais caminhos tomou.

Complicações no raciocínio

Problemas surgem ao raciocinar ou pensar com números, e se torna impossível cumprir uma agenda. O raciocínio sequencial é alterado. Por isso, tais pessoas têm dificuldade em fazer contas ou atividades que usam medidas, como cozinhar.

Limitações no cumprimento das atividades banais

Mulher idosa com doença de Alzheimer

Dificuldade para se banhar, para voltar para casa, para se trocar de roupa, ou fazer uma simples atividade de trabalho, e assim por diante.

Distúrbios do humor

São comuns transtornos depressivos, abstração, apresentação de características de ansiedade ou irritabilidade. Em geral, a personalidade do paciente de Alzheimer muda.

Confusões com imagens e objetos

Alterações no campo visual também são comuns. Há problemas na leitura, problemas com a distância entre as coisas, ou com a percepção de cores.

Perda de aptidão para o uso da linguagem

Casal com doença de Alzheimer

Há dificuldades em articular as palavras de forma coerente e, muitas vezes, surgem muitas confusões. Um comportamento comum em pessoas com doença de Alzheimer é parar em uma conversa, para tentar lembrar o nome de algo. Nestes casos, o esforço de lembrar é notável e pode não dar frutos.

Um paciente com Alzheimer também inventa novas palavras, já que ele não encontra a palavra correta para citar uma determinada coisa.

O critério e o bom julgamento vão desaparecendo

Uma pessoa que sofre de Alzheimer pode dar dinheiro sem razão para familiares ou estranhos, ou dar montantes excessivos ao pagar uma conta. Também se retira de um estabelecimento sem esperar que o troco seja dado.

Detectar o princípio da doença de Alzheimer pode ser complicado. Nem todos os sintomas ocorrem ao mesmo tempo ou da mesma forma, em todas as pessoas.

O mais aconselhável é consultar um especialista quando os sintomas são observados, pois podem estar advertindo ​​de um possível princípio de Alzheimer. Primeiro, para descartar outras doenças. Em segundo lugar, para iniciar um tratamento adequado.

Recomendados para você