Como cultivar ervas aromáticas

30 Maio, 2020
Você gostaria de ter ervas aromáticas frescas à sua disposição na sua casa? Criar um pequeno jardim urbano é mais fácil do que você imagina. Saiba como a seguir.
 

Cultivar suas próprias ervas aromáticas pode ser muito gratificante e terapêutico. Além disso, você pode usá-las para dar um sabor diferente às suas receitas. A seguir, mostraremos passo a passo como você pode criar um pequeno jardim em sua casa, sem a necessidade de ter muito espaço.

Além do seu uso culinário, as ervas aromáticas podem ter um grande valor decorativo. Muitas delas são muito bonitas e podem até acrescentar um aroma interessante à sua casa. Você já sabe como cultivá-las?

Como cultivar ervas aromáticas em casa

Criar um jardim de ervas aromáticas não é tão difícil quanto você pode estar pensando; basta prestar atenção em alguns detalhes para garantir que a sua empreitada seja um verdadeiro sucesso.

Os pilares de uma horta

A seguir, veremos quais são os seis pilares que você deve levar em consideração antes de começar a plantar.

1. Escolha o local ideal

Horta com ervas aromáticas
Escolha o espaço onde você vai criar o seu jardim. Faça a sua escolha levando em conta as necessidades de cada erva.

Cada planta e erva tem suas próprias necessidades de luz, drenagem e espaço. No entanto, em termos gerais, podemos dizer que as ervas aromáticas precisam de luz suficiente para se desenvolver. Por esse motivo, recomendamos posicioná-las no jardim ou na varanda ou, ainda, perto de uma janela se você planeja cultivá-las em ambientes fechados.

 

2. Preocupe-se com a drenagem adequada

Todos sabemos que as plantas precisam de água para crescer, mas a água em excesso pode ser prejudicial para as ervas aromáticas. Quer um conselho? Antes de plantar, verifique se cada vaso tem orifícios na base, de forma a permitir uma drenagem adequada.

3. O vaso perfeito para cada planta

Horta vertical
As ervas aromáticas podem ser plantadas em jardins verticais, vasos pendurados ou caixas.

Você não deve minimizar a importância do espaço. Cada planta e erva requer pelo menos um recipiente de um litro para se desenvolver adequadamente. Você pode conhecer o volume de terra necessário lendo as instruções no envelope de sementes.

Caso você não tenha espaço suficiente para colocar cada espécie em um vaso comum, sugerimos que você opte por pendurar os vasos e fazer jardins verticais.

Leia também: Plantas aromáticas para um jardim pequeno

 4. Tipos de ervas aromáticas

Ao plantar, é importante que você saiba se as variedades escolhidas são anuais, bianuais ou perenes. Isso ocorre porque o cuidado com cada uma delas é diferente:

  • Plantas perenes, como lavanda e tomilho, crescem bastante. Por esse motivo, elas precisam ser plantadas em vasos maiores ou diretamente no solo.
 
  • As plantas bianuais, como a salsa, vivem dois anos. Durante o segundo, elas costumam dar flores e sementes, e depois morrem.
  • As anuais, como o manjericão, duram apenas uma temporada.

5. Sementes ou plantas?

Ter uma pequena horta em casa
O cultivo de mudas a partir de sementes pode ser muito gratificante.

Comprar as ervas aromáticas nos poupa trabalho. No entanto, elas são mais caras. O cultivo a partir de sementes nos dá a possibilidade de escalonar as plantações e aproveitar todo o espaço em uma jardineira, plantando juntas uma erva baixa e uma alta. A escolha é sua.

Você pode até optar por combinar as duas táticas, ou seja, plantar sementes e comprar uma planta para ter um jardim funcional desde o início!

Você pode se interessar: Você tem congestão nasal? Diga adeus com estes 7 remédios com plantas

6. Necessidades de irrigação

Ao agrupar as plantas por vaso, é essencial conhecer suas necessidades de irrigação. O alecrim, por exemplo, precisa de pouca água, enquanto a hortelã é bastante exigente nesse sentido. Dessa forma, se você plantasse as duas variedades juntas, uma delas certamente morreria.

As melhores ervas aromáticas para cultivar em casa

Como cultivar ervas aromáticas
Cultive suas próprias ervas aromáticas em casa.
 

Agora que você já conhece o básico para criar seu jardim em casa, é hora de escolher quais ervas aromáticas vai cultivar. Isso depende não apenas do seu gosto, mas também dos cuidados que você pode oferecer. Estas são algumas opções fáceis para iniciantes:

  • Manjericão: É uma planta anual plantada no início da primavera e transplantada quando as mudas são grandes e têm pares de folhas. Pode atingir 40 cm de altura.
  • Salsa: Também anual, sua germinação leva 6 semanas, então você precisa ser paciente. Você deve colocá-la em seu vaso desde o momento da semeadura, pois ela não suporta bem as mudanças de vasos. Pode atingir 30 centímetros de altura.
  • Rúcula: É plantada no início da primavera e dura até o final do outono.
  • Alecrim: Esta planta perene é plantada na primavera e precisa de um local com muito espaço, pois pode atingir mais de um metro de altura.
  • Tomilho: Esta planta pode ser transplantada e geralmente dura cerca de 5 anos.
  • Estragão: Atinge 80 cm de altura. O interessante é que ela pode se reproduzir por estacas.
  • Cebolinha: Você pode plantar sementes ou uma cebolinha que tenha brotado. É muito fácil de cuidar e é perene, então você terá cebolinha disponível o ano todo.
  • Endro: Germina rapidamente, por isso é recomendável plantá-lo com crianças. Tanto suas sementes quanto suas folhas podem ser usadas.

Você quer criar o seu pequeno jardim e cultivar ervas aromáticas em casa? Este pode ser um bom entretenimento para as crianças e uma boa maneira de ajudá-las a relaxar. Além disso, você vai poder adicionar sabor a todos os seus pratos. Comece hoje mesmo!

 
  • Ruiz, C. H. (2007). El rol de la casa-huerto familiar en la sostenibilidad urbana. Scripta Nova: Revista Electrónica de Geografía y Ciencias Sociales.
  • Hortalizas, V. Y., Escolar, H., Hortalizas, V. Y., & Escolar, H. (2015). Tipos de suelo. Tipos de Suelo.
  • Briseño Ruíz, S. E., García, M. A., & Espinoza, J. A. V. (2002). El cultivo de albahaca. Centro de Investigaciones Biológicas Del Noroeste.