Como criar crianças com diabetes tipo 1

· 8 de maio de 2019
A diabetes tipo 1, que ocorre com maior frequência entre crianças e adolescentes, constitui 13% do total de casos de diabetes na Espanha. Atualmente, afeta 29.000 crianças e 1.100 novos casos surgem a cada ano.

A diabetes tipo 1 é uma doença crônica que, adequadamente controlada, não diminui a qualidade de vida das pessoas que sofrem com ela. Crianças com diabetes requerem uma série de cuidados específicos.

Em seguida, vamos explicar o que é a diabetes tipo 1 e daremos dicas para criar as crianças com essa condição.

O que é diabetes tipo 1?

Diabetes e açúcar

A diabetes tipo 1 se desenvolve durante a infância como um distúrbio autoimune em relação às células que produzem insulina. Representa entre 10% dos casos de diabetes e sua incidência máxima ocorre entre 10 e 15 anos. Na diabetes tipo 1, o pâncreas perde sua capacidade de produzir insulina porque o sistema imunológico ataca e destrói as células beta da mesma.

Este hormônio é necessário para permitir que a glicose entre nas células para produzir energia, portanto, é de vital importância compensar seu déficit.

Atualmente, a diabetes tipo 1 não tem cura. Seu tratamento se concentra em controlar os níveis de glicose no sangue por meio da administração de insulina e um estilo de vida saudável.

As causas que desencadeiam esta doença não são exatamente conhecidas, mas acredita-se que fatores como genética e certos vírus podem contribuir para o seu desenvolvimento. Embora a diabetes tipo 1 geralmente apareça durante a infância ou pré-adolescência, ela também pode começar na idade adulta.

Leia mais: Diabetes em crianças: como tratá-la

Conselhos para criar crianças com diabetes tipo 1

Criança com diabetes tipo 1

Em seguida, apresentaremos uma série de recomendações gerais para que tanto a família quanto a criança possam lidar com a diabetes e que isso não comprometa sua qualidade de vida.

1. Conhecendo a diabetes tipo 1

Uma vez que a criança recebe o diagnóstico, é muito importante que conheça os aspectos básicos da doença e que realizemos um processo de normalização em seu ambiente mais próximo, para que ela se adapte e aprenda a conviver com isso.

Assim, as familiares e professores devem conhecer as diretrizes de ação e participar do controle farmacológico e emocional da criança.

2. Diretrizes de alimentação para diabetes tipo 1

Crianças com diabetes tipo 1 devem controlar a alimentação

A criança com diabetes deve controlar adequadamente os alimentos que ingere durante sua vida.

A alimentação é fundamental para o tratamento de crianças com diabetes e é muito importante que, tanto em casa como na escola, a criança seja controlada e siga horários adequados. As principais recomendações a considerar são as seguintes:

  • Alimentação balanceada: é necessário controlar a quantidade de gordura ingerida pela criança, pois diminui o efeito da insulina e favorece o surgimento de excesso de peso. Frutas e vegetais, bem como proteínas de alta qualidade e carboidratos complexos devem ser incluídos em todas as refeições.
  • Limite o consumo de carboidratos simples: é essencial restringir o consumo para evitar a rápida elevação da glicose no sangue. Estes alimentos incluem, por exemplo, açúcares adicionados, bolos industriais, sucos, mel ou biscoitos.
  • Alimentação na escola. Os professores devem fornecer aos pais cardápios semanais. Além disso, se a criança for muito pequena, os educadores devem estar cientes de que têm um segundo café da manhã ou almoço para que os níveis de açúcar no sangue permaneçam estáveis.

Leia mais: Dieta para pré-diabetes: alimentos permitidos e proibidos

3. Controle do tratamento farmacológico

As crianças com diabetes tipo 1 têm que injetar insulina várias vezes ao dia. De ação rápida antes de cada refeição e de ação lenta uma ou duas vezes ao dia.

Além disso, é importante tentar administrar a droga em um ambiente descontraído e de preferência em casa. Os professores devem conhecer o procedimento caso a criança seja pequena demais e precise de ajuda para administrar as injeções.

4. Controle da glicose no sangue

Criança com diabetes usando um glicosímetro

Usando um glicosímetro portátil, a criança pode facilmente realizar suas verificações periódicas de açúcar. Crianças com diabetes precisam ser verificadas periodicamente. Assim, uma pequena picada no dedo indicador é o suficiente para conhecer seus níveis de glicose no sangue. Na escola, a criança deve ser capaz de fazer isso em sala de aula ou ter um lugar em que se sinta à vontade para fazê-lo.

6. Exercício

Crianças com diabetes podem realizar as mesmas atividades físicas que outras crianças da mesma idade. Porém, devem seguir uma série de recomendações:

  • Medição de açúcar no sangue antes e depois do exercício para adaptar a alimentação, se necessário.
  • Pais ou professores presentes durante a atividade física devem ter acesso rápido a alimentos ricos em carboidratos em caso de queda da glicose no sangue (hipoglicemia).

Em resumo…

As ferramentas atuais no controle da diabetes tipo 1 permitem uma boa qualidade de vida para esses pacientes. Por fim, no caso das crianças é necessário que pais e professores conheçam as características da doença para garantir um bom controle da glicemia.

  • Silverstein, J., Klingensmith, G., Copeland, K., Plotnick, L., Kaufman, F., Laffel, L., … Clark, N. (2005). Care of children and adolescents with type 1 diabetes: A statement of the American Diabetes Association. Diabetes Care. https://doi.org/10.2337/diacare.28.1.186
  • Sievenpiper, J. L., Chan, C. B., Dworatzek, P. D., Freeze, C., & Williams, S. L. (2018). Nutrition Therapy. Canadian Journal of Diabetes. https://doi.org/10.1016/j.jcjd.2017.10.009
  • Graf, C., & Ferrari, N. (2016). Metabolic Syndrome in Children and Adolescents. Visceral Medicine. https://doi.org/10.1159/000449268
  • DiMeglio, L. A., Evans-Molina, C., & Oram, R. A. (2018). Type 1 diabetes. The Lancet. https://doi.org/10.1016/S0140-6736(18)31320-5
  • Colberg, S. R., Sigal, R. J., Yardley, J. E., Riddell, M. C., Dunstan, D. W., Dempsey, P. C., … Tate, D. F. (2016). Physical activity/exercise and diabetes: A position statement of the American Diabetes Association. Diabetes Care. https://doi.org/10.2337/dc16-1728