Como combater a alopecia com soluções de origem natural

· 19 de agosto de 2018
A alopecia pode afetar homens e mulheres, podendo ter diversas causas, que são essenciais conhecer para combater o problema da melhor forma possível.

Todas as pessoas perdem cabelo; entre 70 e 100 fios por dia. Embora isso seja completamente normal, a alopecia é a perda de cabelo anormal, ou seja, quando uma pessoa perde mais de 100 fios por dia. Neste caso, considera-se que ela sofre de alopecia ou calvície.

Normalmente, essa queda ocorre na cabeça, mas também pode afetar:

Neste artigo falaremos mais sobre a alopecia, suas causas, sintomas e, além disso, o que fazer para a prevenirmos e os melhores remédios naturais para tratar o problema naturalmente.

Causas da alopecia

Entre as diferentes causas da alopecia, encontramos:

  • Fatores genéticos
  • Nutrição inadequada
  • Estresse
  • Doenças endócrinas, como o hipotireoidismo
  • Processos infecciosos
  • Interações farmacológicas (principalmente com certos medicamentos usados ​​em quimioterapia, hipervitaminose A, hipocolesterolêmicos, antitireoidianos e anticoagulantes)
  • Falta de ferro ou anemia

Confira essas 5 formas de evitar a queda de cabelo

Sintomas da alopecia

A perda de densidade de cabelo geralmente começa nas entradas e nos cantos da cabeça nos homens e na área da linha do cabelo nas mulheres. Algumas formas menos frequentes de alopecia podem causar coceira ou até mesmo dor no couro cabeludo.

  • Se encontrarmos muitos fios no travesseiro ao acordar, isso pode ser indicativo de que estamos perdendo mais cabelo do que o normal.
  • Se perdermos muito cabelo ao lavar a cabeça, é sinal de alopecia. Essa perda também pode ocorrer ao escovar os fios ou pentear.
  • Excesso de caspa ou gordura pode ser um dos fatores que estão causando a perda de cabelo.

Prevenção

A medida mais útil para melhorar o prognóstico capilar é realizar um diagnóstico adequado e tratamento precoce assim que a alopecia aparecer.

  • Os hábitos de vida saudável (não fumar, ter uma dieta adequada, evitar a exposição excessiva ao sol) podem favorecer a manutenção de uma saúde capilar adequada e produzir uma melhora nos problemas capilares.
  • Beber muita água. Assim como o resto das partes do corpo, nosso cabelo também precisa ser hidratado para parecer brilhante e saudável e ficar mais resistente. Portanto, devemos criar o hábito de beber cerca de dois litros de água por dia para ajudar a combater a alopecia.

Efeitos na vida cotidiana

Homem com começo de alopecia

Esta doença pode se tornar um grande problema estético e pessoal.

É, sem dúvida, um dos problemas estéticos com o maior número de pessoas afetadas no mundo. A muitos chega até a influenciar emocionalmente. Assim, pode causar a perda da autoestima, ou causar problemas de bullying no trabalho e vida pessoal.

Remédios naturais para combater a alopecia 

Suco de cenoura e leite de coco

A cenoura contém vitamina B6, B12 e antioxidantes, que ajudarão a fortalecer o cabelo e deixá-lo mais saudável. O leite de coco contém vitaminas, oligoelementos, aminoácidos e sais minerais. Tudo isso ajudará nossos cabelos a ficarem mais saudáveis ​​e fortes.

Confira esses 6 remédios naturais para o tratamento da calvície

Ingredientes

  • 2 cenouras
  • 1 xícara de leite de coco (250 ml)

O que fazer?

  • Adicione os dois ingredientes ao liquidificador e bata por cerca de 3 ou 4 minutos, até obter uma mistura mais ou menos homogênea.
  • Sem coar a mistura, aplique nos cabelos e deixe agir por 30 minutos. Depois lave com bastante água fria.

Vinagre de maçã

O vinagre de maçã pode ajudar a combater a alopecia

O vinagre é um ótimo remédio natural para nos ajudar a combater a alopecia causada pelo excesso de gordura. Além disso, ajudará a estimular a circulação sanguínea.

Ingredientes

  • 1 xícara de vinagre de maçã (250 ml)

O que fazer?

  • Aplique o vinagre de maçã nos cabelos e faça massagens muito suaves de forma circular.
  • Após 45 minutos, lave com bastante água morna.

Recomendações e dicas para evitar a queda de cabelo

Aqui estão algumas recomendações para ajudar a evitar e reduzir este problema:

  • Evite o estresse. Realizar atividades como ioga, risoterapia, tai chi chuan ou exercícios físicos ajuda a produzir endorfinas.
  • Trate os problemas de saúde, como depressão, ansiedade ou anemia, se tiver algum deles.
  • Tenha uma dieta saudável e equilibrada, rica em ferro, antioxidantes, ácidos graxos e vitaminas A, B, C e E. Isso ajudará a fortalecer o cabelo e dar energia ao folículo piloso.
  • Use escovas macias e evite penteados muito apertados e uso de prendedores.
  • Evite fumar: o excesso de fumo enfraquece rapidamente o folículo piloso.