Por que sentimos coceira nos calcanhares?

09 Dezembro, 2019
Muitas pessoas sofrem de coceira nos calcanhares e não sabem o motivo disso. Neste artigo, apresentamos suas possíveis causas e algumas dicas para evitá-la.

Os pés são responsáveis ​​por suportar o nosso peso. Você pode imaginar esse peso multiplicado pelo número de passos que damos por dia? O resultado pode dar a ideia do desgaste que eles sofrem diariamente. No entanto, os pés, e os calcanhares em particular, são uma das partes do corpo às quais prestamos menos atenção. De fato, muitas pessoas sentem coceira nos calcanhares e nem se perguntam o motivo disso.

Neste artigo, apresentamos algumas causas dessa sensação incômoda que às vezes nos impede de descansar quando tentamos dormir.

Coceira nos calcanhares: estética ou saúde?

Assim como ocorre com os pés em geral, os calcanhares muitas vezes são os grandes esquecidos. Isso ocorre sobretudo durante o inverno devido ao fato de que ficam a maior parte do tempo cobertos por meias e calçados.

Essa negligência melhora, em parte, com a chegada da primavera devido ao costume de usar calçados abertos. Assim, cuidamos um pouco deles. No entanto, o cuidado dos calcanhares, do peito do pé, dos dedos e das unhas não deve ser uma questão de estação. É necessário cuidar deles sempre, caso contrário podem causar desconforto e até provocar doenças.

Coceira nos calcanhares: estética ou saúde?

A coceira nos calcanhares ou na planta dos pés é mais frequente do que muitos imaginam. Embora possa ocorrer em qualquer momento do dia, durante a noite costuma piorar. Isso ocorre, basicamente, devido ao contato com os lençóis ou com a água do banho, que aumentam a coceira. Em muitos casos, a coceira é tanta que chega a impedir o descanso.

Além da coceira, também é preciso prestar atenção a outros sintomas. Estes são principalmente devido à razões dermatológicas, mas também à existência de algum transtorno interno.

Portanto, um sinal como a coceira nos calcanhares deve ser um motivo para consultar um médico. O especialista determinará se esse problema também deve ser tratado clinicamente.

Possíveis causas da coceira nos calcanhares e na planta dos pés

1. Dermatite de contato

Ocorre quando a pele fica exposta a determinados materiais ou substâncias que provocam uma reação alérgica, como aponta um estudo realizado pelo Hospital La Fe, em Valência. O talco, o desodorante ou o sabonete, por exemplo, podem ser o que provoca a coceira nos calcanhares.

Outro sintoma da dermatite de contato é a vermelhidão da região afetada. Talvez sua causa seja a forma como as meias ou os calçados que usamos foram confeccionados.

2. Eczema disidrótico

Também conhecido como desidrose, de acordo com informações disponíveis na Clínica Mayo, se apresenta em forma de bolhas e protuberâncias na região afetada. Além de provocar coceira intensa, também causa incômodos para dormir.

3. Micose

Os fungos também podem se alojar nos calcanhares quando eles estão rachados. O pé de atleta e a onicomicose podem se estender por contágio para qualquer outra parte do corpo, incluindo a planta do pé.

Um dos sintomas é o engrossamento da pele. Também pode apresentar mudanças de cor (mais amarelada ou esbranquiçada).

4. Psoríase

Essa doença da pele causa placas de pele seca e engrossa a planta do pé e os calcanhares. Quando a psoríase palmoplantar surge, torna-se um pouco incômodo caminhar devido à coceira. Felizmente, de acordo com um estudo realizado pelo Dr. Robert Chalmers, ela possui vários tratamentos.

Não deixe de ler: 7 remédios naturais para prevenir e combater a psoríase

5. Doenças internas

Além das patologias externas, existem algumas doenças que causam coceira nos pés, como:

Dicas para reduzir a coceira nos calcanhares

Dicas para reduzir a coceira nos calcanhares

Quase todas as pessoas sofrem ou já sofreram algum tipo de problema na pele dos pés. A maioria dessas pessoas não dão importância até que os sintomas se tornem insuportáveis. Sabendo disso, antecipe-se e não espere que a situação chegue a esse extremo.

Preste atenção às recomendações para manter seus pés saudáveis durante o ano todo:

  • Seque bem os pés depois do banho, ao sair da piscina ou caso molhem com a chuva.
  • Evite usar sabonetes com perfumes muito fortes ou água muito quente para tomar banho.
  • Escolha um bom calçado que não seja muito justo aperte e nem incomode.
  • Use meias de algodão, já que elas absorvem a umidade gerada pelo suor.
  • Tire os calçados e as meias assim que chegar em casa, principalmente se tiver feito exercícios ou se estiver muito quente.
  • Aplique cremes hidratantes depois de tomar banho.
  • Esfolie os pés semanalmente.
  • Use uma lixa ou pedra-pomes no banho para tirar as asperezas.

Remédios caseiros para os calcanhares rachados

Na maioria das vezes, a coceira nos calcanhares e na planta dos pés se deve ao fato de que essas áreas não recebem os devidos cuidados. Com as seguintes receitas naturais, você poderá tratar este problema.

1. Banana

Remédios caseiros para os calcanhares rachados

Após comer uma banana, não descarte sua casca. Um estudo realizado pelo Halgekar Institute of Dental Science’s and Research Centre, na Índia, sugere que ela tem propriedades antibacterianas. Para se beneficiar dessas propriedades, siga os passos a seguir:

  • Esfregue a parte interna da casca na pele durante alguns minutos.
  • Deixe secar por 15 minutos.
  • Por fim, enxágue com água morna.

Você também pode aproveitar os benefícios da banana da seguinte maneira:

  • Amasse uma banana bem madura.
  • Com a pasta resultante, faça um tratamento de umectação.
  • Deixe a polpa cobrindo as rachaduras ou lesões por cerca de 10 minutos.
  • Por último, enxágue com água morna.

Pode te interessar: Como fazer uma máscara de banana para a pele?

2. Suco de limão

Se os seus calcanhares são muito rachados e por isso coçam, o limão pode ser de grande utilidade, já que é anti-inflamatório, como aponta um estudo realizado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Para isso, corte uma rodela e esfregue na região afetada.

Você também pode preparar uma solução refrescante:

Ingredientes

  • O suco de 1 limão
  • 3 xícaras de água morna (750 ml)
  • 1 colher de chá de vaselina líquida (5 g)
  • Sabonete neutro

Modo de preparo

  • Primeiro, misture tudo muito bem
  • Em seguida, mergulhe os pés e deixe-os submersos até que a água esfrie.
  • Depois, retire os pés e enxágue-os com água limpa.
  • Por fim, seque-os bem.

3. Óleo de coco

Além de hidratar os pés quando estão muito secos, o óleo de coco também elimina as células mortas

Conhecido por suas grandes propriedades, o óleo de coco é, de acordo com um estudo do Himalaya Drug Company, anti-inflamatório na aplicação tópica. Além de hidratar os pés quando estão muito secos, também elimina as células mortas.

Além disso, também tem a capacidade de reduzir a inflamação e a coceira. Assim, para cuidar regularmente dos seus pés, siga os seguintes passos:

  • Faça massagens com algumas gotas de óleo de coco todas as noites antes de dormir.
  • Coloque meias.
  • Deixe agir por toda a noite.
  • Você pode enxaguá-los pela manhã, embora não seja necessário.
  • Baran, R.; Faergemann, J., and Hay, R. J. (2007). “Superficial white onychomycosis–a syndrome with different fungal causes and paths of infection”,  J. Am. Acad. Dermatol, 57 (5): 879–882.
  • Baumgart, D.; Sandborn, C., and William, J. (2012). “Crohn’s disease”, The Lancet, 380 (9853): 1590-1605.
  • Rutgeerts, P.; Vermeire, S., and Van Assche, G. van (2009). “Biological therapies for inflammatory bowel diseases”, Gastroenterology, 136 (4): 1182-1197.