Chá de folhas de figo: benefícios e como prepará-lo

O chá de folhas de figo é um remédio natural conhecido por combater a prisão de ventre e os níveis elevados de colesterol. Descubra como prepará-lo!
Chá de folhas de figo: benefícios e como prepará-lo

Última atualização: 27 Outubro, 2021

Desde os tempos antigos, o chá de folhas de figo é usado como um remédio natural para promover o bem-estar. Em particular, é considerado um suplemento saudável para reduzir a constipação, controlar a glicose e melhorar o perfil lipídico. Existem evidências das suas propriedades?

Em primeiro lugar, é preciso lembrar que a figueira é uma árvore pertencente à família da Amoreira ou Moraceae. Seu nome científico é Ficus carica L. e é nativa do sudoeste da Ásia e do Mediterrâneo oriental. Embora seja conhecida por seus frutos, suas raízes e folhas também são utilizadas na medicina tradicional. Descubra seus benefícios a seguir.

Benefícios do chá de folhas de figo

A folha da figueira possui componentes que são utilizados para fins medicinais. Segundo um artigo publicado na Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine , fornece compostos fenólicos, ácidos orgânicos e substâncias voláteis que lhe conferem efeitos hipoglicêmicos, antioxidantes, anti-inflamatórios, hipolipêmicos e antimicrobianos.

Embora as evidências das suas propriedades ainda sejam limitadas, alguns estudos apóiam seus efeitos na saúde. Claro, deve ser usado com moderação, sem substituir os tratamentos médicos. Vamos ver suas principais aplicações.

Diabetes

O chá de folhas de figo não vai curar milagrosamente a diabetes. Na verdade, essa doença deve ser tratada com tratamento médico individualizado. No entanto, este remédio natural pode servir como um suplemento para reduzir os níveis elevados de glicose no sangue.

Um ensaio clínico compartilhado na Diabetes Research and Clinical Practice descobriu que o chá de folhas de figo adicionado à dieta pode ajudar a controlar a glicose sanguínea pós-prandial. Ou seja, reduz os picos de açúcar no sangue após as refeições.

Homem com diabetes bebendo chá de folhas de figo
As propriedades hipoglicêmicas deste chá ajudariam a controlar o açúcar no sangue.

Constipação

Tanto os frutos da figueira quanto suas folhas têm sido usados na medicina alternativa como suplementos naturais para acalmar a prisão de ventre. Sua ingestão estimula a digestão, amolece as fezes e, portanto, favorece a sua expulsão.

Para potencializar o efeito, o ideal é ingerir a infusão em combinação com a fruta, que se destaca pelo alto teor de fibras e pelo efeito laxante.

Colesterol e triglicerídeos

Até o momento, nenhum ensaio clínico relevante foi realizado para avaliar a capacidade da folha da figueira de reduzir o colesterol e os triglicerídeos. Essas propriedades costumam ser justificadas por dados anedóticos.

Ainda assim, um estudo com animais publicado na Phytotherapy Research determinou que essas folhas ajudam a modular o perfil lipídico e reduzir os fatores de risco associados à gordura. Acredita-se, entre outras coisas, que aumente os níveis de colesterol bom (HDL).

Atividade antibacteriana

A folha da figueira possui componentes com propriedades antibacterianas que podem reduzir o risco de infecções. Em um estudo compartilhado no Journal of Bacteriology and Virology, extratos das folhas ajudaram a inibir o crescimento de bactérias orais.

Como preparar o chá de folhas de figo?

Devido à sua composição, o chá de folhas de figo é um bom complemento alimentar. De fato, a sua ingestão é recomendada no contexto de uma alimentação saudável e variada para usufruir dos seus benefícios. Você se anima a experimentar?

Ingredientes

  • 2 xícaras de água (500 mililitros).
  • 2 colheres de sopa de folhas de figo secas (30 gramas).

Preparação

  1. Primeiro, despeje as xícaras de água em uma panela e leve-a para ferver.
  2. Quando ferver, diminua o fogo, junte as folhas e cozinhe por 5 minutos.
  3. Após este tempo, retire do fogo, deixe esfriar e coe.
  4. Evite adicionar açúcar, mel ou outros tipos de adoçantes.
  5. Você pode beber 2 xícaras por dia, 2 ou 3 vezes por semana. Evite o consumo prolongado.

Contraindicações e possíveis riscos do chá de folhas de figo

O chá de folhas de figo é seguro para a maioria das pessoas, desde que seja consumido com moderação. Quando ingerido excessivamente, pode causar diarreia. Portanto, o ideal é tomá-lo apenas ocasionalmente.

Por outro lado, se houver histórico de alergia ao figo, é melhor evitá-lo. Pessoas que desenvolvem reações alérgicas podem apresentar sintomas leves a graves, como erupções cutâneas, desconforto digestivo, tontura e falta de ar.

Em caso de cirurgia marcada, é necessário evitar o seu consumo. Acredita-se que sua ingestão aumente o risco de sangramento. Também não deve ser tomado simultaneamente com anticoagulantes, antidiabéticos ou medicamentos para qualquer doença crônica. Não se sabe se pode causar interações.

Dada a falta de evidências quanto à sua segurança e eficácia, não deve ser administrado durante a gravidez e a lactação. Não se sabe se existem riscos para esta população. Em caso de dúvida, é melhor consultar um médico.

Anticoagulante tomado por uma mulher
Se a pessoa toma anticoagulantes, não deve combiná-los com o chá de folhas de figo, pois os efeitos do medicamento podem ser exacerbados.

O que devemos lembrar sobre o chá de folhas de figo?

Na medicina popular, a folha da figueira é usada para aumentar o estado de bem-estar. Seu consumo está associado à redução da constipação e do colesterol. Acredita-se que possa, inclusive, ajudar a controlar os níveis de glicose no sangue. No entanto, os estudos sobre as suas propriedades ainda são limitados.

Mais pesquisas são necessárias para determinar sua eficácia na saúde humana. Portanto, deve ser usado com cautela; apenas em casos específicos e como suplemento alimentar.

Pode interessar a você...
Pão de figo: conheça a melhor receita
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Pão de figo: conheça a melhor receita

O pão de figo é um alimento com uma textura muito suave. Na verdade, se caracteriza por ser esponjoso e muito substancioso. Saiba como prepará-lo!



  • Mawa S, Husain K, Jantan I. Ficus carica L. (Moraceae): Phytochemistry, Traditional Uses and Biological Activities. Evid Based Complement Alternat Med. 2013;2013:974256. doi:10.1155/2013/974256
  • Serraclara A, Hawkins F, Pérez C, Domínguez E, Campillo JE, Torres MD. Hypoglycemic action of an oral fig-leaf decoction in type-I diabetic patients. Diabetes Res Clin Pract. 1998 Jan;39(1):19-22. doi: 10.1016/s0168-8227(97)00112-5. PMID: 9597370.
  • Joerin L, Kauschka M, Bonnländer B, Pischel I, Benedek B, Butterweck V. Ficus carica leaf extract modulates the lipid profile of rats fed with a high-fat diet through an increase of HDL-C. Phytother Res. 2014 Feb;28(2):261-7. doi: 10.1002/ptr.4994. Epub 2013 Apr 22. PMID: 23606376.
  • Jeong, M.-R., Kim, H.-Y., & Cha, J.-D. (2009). Antimicrobial Activity of Methanol Extract from Ficus carica Leaves Against Oral Bacteria. In Journal of Bacteriology and Virology (Vol. 39, Issue 2, p. 97). The Korean Society for Microbiology and The Korean Society of Virology. https://doi.org/10.4167/jbv.2009.39.2.97