Calo do escritor: por que aparece e como tratá-lo?

O calo do escritor é formado pelo acúmulo de células mortas devido ao atrito constante com o dedo. O que fazer para removê-lo? Neste artigo, apresentaremos alguns métodos.
Calo do escritor: por que aparece e como tratá-lo?

Última atualização: 17 Maio, 2021

O calo do escritor é uma área mais dura que surge em um dos dedos da mão devido ao atrito constante que ocorre com o uso de lápis, canetas ou outros elementos para a escrita. É possível removê-lo?

Embora não seja um problema de saúde, esse calo é feio e causa irritação. Por esses motivos, há quem busque um tratamento para diminuir o seu tamanho ou para eliminá-lo. Felizmente, existem várias opções para removê-lo. A seguir, vamos falar mais sobre o assunto.

Por que o calo do escritor aparece?

Como explica um artigo publicado na American Family Physician, os calos são consequência de uma resposta fisiológica da pele conhecida como “hiperqueratose”. Ocorrem devido à pressão contínua ou fricção da pele com um determinado material.

O calo do escritor, em particular, surge a partir do uso constante de instrumentos de escrita, como canetas, lápis, marcadores e giz de cera, entre outros. Ao serem pressionados contra um dos dedos da mão – que pode ser o dedo médio ou o anelar – esses elementos formam uma dureza de aparência protuberante composta por células mortas.

A sua principal função é proteger a zona subjacente da pele; caso contrário, ela pode ficar irritada ou contrair infecções. Embora seja inofensivo, é desconfortável e faz com que o dedo pareça feio. Portanto, muitas pessoas buscam soluções para minimizá-lo.

Pessoa escrevendo
O mecanismo por trás do aparecimento das calosidades é o atrito constante de tanto escrever.

Não deixe de ler: Escrever ajuda a fechar feridas

Tratamentos recomendados para o calo do escritor

Não há tratamento cirúrgico para remover completamente os calos. No entanto, conforme detalhado pela American Academy of Dermatology, a maioria tende a desaparecer quando o atrito que os causa é interrompido. Além disso, existem algumas opções terapêuticas que aceleram o seu colapso.

No caso do calo do escritor, existem algumas abordagens que podem ser eficazes. Ainda assim, elas não fornecem resultados instantâneos e você precisa ser paciente e cuidadoso para não causar mais lesões.

Esfoliação

A primeira recomendação para atenuar a aparência do calo do escritor é imersão e esfoliação. Segundo informações da Mayo Clinic , esse processo simples suaviza a pele e remove as células mortas acumuladas.

  • Para fazer isso, primeiro você deve mergulhar o dedo afetado em água morna por 10 minutos.
  • Em seguida, com uma pedra-pomes ou lixa de unha, esfregue suavemente o calo. A ideia é remover as células mortas.
  • O tratamento deve ser repetido todos os dias, até você notar uma melhora.

Nota: não tente cortar o calo com nada, pois isso pode causar uma infecção.

Hidratação

American Academy of Dermatology recomenda a aplicação de produtos hidratantes com ácido salicílico, lactato de amônio ou ureia. Esses ingredientes ajudam a suavizar o calo do escritor e, gradualmente, quebrar as células mortas.

Outros produtos caseiros úteis para hidratar são os seguintes:

  • Gel de aloe vera.
  • Óleo de coco.
  • Manteiga de karité.
  • Óleo de rícino.
  • Vitamina E.
  • Azeite de oliva.

Remédio de aspirina

O ideal é usar produtos com ácido salicílico prescritos pelo dermatologista. No entanto, como forma opcional ou complementar, você pode testar um remédio caseiro simples com aspirina.

De acordo com uma revisão da Clinical, Cosmetic and Investigational Dermatology, o ácido salicílico atua como um agente ceratolítico e favorece o alívio de problemas dermatológicos.

  • Para fazer este remédio, triture 3 a 5 comprimidos de aspirina até formar um pó.
  • Em seguida, umedeça com um pouco de água até formar uma pasta.
  • Aplique a mistura no calo, esfregue suavemente e envolva por cerca de 10 a 15 minutos com um curativo simples.
  • Após este tempo, retire a pasta e enxágue.
  • Repita a aplicação do remédio todos os dias, até que o calo diminua.

Prevenção do calo do escritor

Escrever regularmente torna difícil prevenir o calo do escritor. Independentemente disso, existem algumas medidas simples que podem evitar que esse caroço apareça. Aqui estão os mais relevantes:

  • Use protetores de dedo ao escrever: ataduras grossas ou luvas de algodão podem ajudar a proteger seu dedo da fricção das ferramentas de escrita.
  • Use um cabo de lápis: outra forma de colocar uma barreira entre o lápis e o dedo é com um cabo de borracha ou espuma. Ele deve ser colocado no lápis ou caneta. Na verdade, existem alguns que já o incorporaram.
  • Escolha canetas de tinta gel: esta variedade requer menos pressão quando aplicada ao papel. Portanto, a tensão contra o dedo diminui.
  • Relaxe a pegada: tente não aplicar muita força ao escrever. Evite pressionar o lápis com muita força contra o papel. Além disso, faça pausas e acene com a mão para relaxá-la.
Aspirina
A aspirina pode ser transformada em um pó que remove o calo do escritor. No entanto, é preferível que o médico prescreva ácido salicílico tópico.

É necessário consultar um dermatologista?

Por ser uma lesão inofensiva, o calo do escritor geralmente se resolve com o tempo, sem a necessidade de consultar um dermatologista. Mesmo assim, é aconselhável agendar uma consulta caso os tratamentos citados não deem resultado. O profissional pode indicar outras opções terapêuticas se necessário.

Também é importante solicitar a intervenção de um especialista se houver sinais de infecção. Isso inclui sintomas como vermelhidão, pus, dor, inchaço ou sangramento. Tenha isso em mente!

Pode interessar a você...
O que são os calos ou calosidades e por que aparecem?
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
O que são os calos ou calosidades e por que aparecem?

As calosidades são um problema estético que afeta a autoestima e a imagem corporal. É importante saber por que surgem e como evitá-las.



  • Freeman DB. Corns and calluses resulting from mechanical hyperkeratosis. Am Fam Physician. 2002 Jun 1;65(11):2277-80. PMID: 12074526.
  • Al Aboud AM, Yarrarapu SNS. Corns. [Updated 2020 Aug 25]. In: StatPearls [Internet]. Treasure Island (FL): StatPearls Publishing; 2020 Jan-. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK470374/
  • HOW TO TREAT CORNS AND CALLUSES. (n.d.). American Academy of Dermatology Association.
    Available in https://www.aad.org/public/everyday-care/injured-skin/burns/treat-corns-calluses
  • Arif T. Salicylic acid as a peeling agent: a comprehensive review. Clin Cosmet Investig Dermatol. 2015;8:455-461. Published 2015 Aug 26. doi:10.2147/CCID.S84765