Os incríveis benefícios de comer pistache todos os dias

15 de janeiro de 2020
Comer pistache diariamente, em quantidades moderadas, pode ajudar pacientes com baixo peso a ganhar peso de maneira saudável e, além disso, obter outros benefícios.

Comer pistache todos os dias é um hábito que algumas pessoas têm. Elas consideram que, ao incorporar esse alimento em sua dieta regularmente, em quantidades moderadas, podem torná-la mais completa e saudável.

Se você está curioso para saber quais benefícios o consumo de pistache pode oferecer, continue lendo, porque a seguir contaremos vários fatos interessantes.

O pistache

Especialistas da Fundação Espanhola de Nutrição (FEN) indicam que os pistaches são fonte de: ácidos graxos insaturados, ácidos graxos monoinsaturados, fibras, cálcio, magnésio, zinco, potássio, fósforo, ferro, tiamina, vitamina E e folatos.

Eles também comentam que “uma porção de pistaches cobre 15% da ingestão diária recomendada de fósforo, um mineral que contribui para a manutenção dos ossos em condições normais”.

Embora todos os frutos secos sejam alimentos muito saudáveis ​​e nutritivos, o pistache se destaca de forma especial por ser um bom complemento para as dietas de pessoas que precisam ganhar peso de maneira saudável.

Os pistaches são os frutos secos que possuem a maior quantidade de calorias, portanto, possuem um alto teor de gorduras insaturadas, especialmente monoinsaturadas.

Pistache

Por que comer pistache diariamente?

Embora seja verdade que nem todo mundo deve comer pistache diariamente para se manter saudável, há pessoas que podem se beneficiar muito com seu consumo, como pessoas com problemas ósseos, pessoas com baixo peso e pacientes com doenças cardiovasculares.

1. Favorecem a boa saúde cardiovascular

Devido ao seu conteúdo de nutrientes e antioxidantes, os pistaches são um alimento que pode contribuir para a saúde cardiovascular. Graças ao seu teor de fitoesteróis, arginina, resveratrol e luteína, esse fruto seco:

Pode ajudar a regular a pressão alta, diminuir o colesterol, cuidar dos músculos do coração e, de certa forma, prevenir a aterosclerose.

2. Ajudam a prevenir enxaquecas

Os pistaches contêm magnésio, um mineral que, entre outras coisas, regula a função dos músculos do corpo inteiro (incluindo o coração) e o sistema nervoso, os níveis de açúcar no sangue e a pressão sanguínea. Além disso, ajuda a formar proteínas, DNA e massa óssea.

De acordo com especialistas do NIH:

“As pessoas com enxaqueca às vezes têm baixos níveis de magnésio no sangue e em outros tecidos. Vários estudos menores indicam que os suplementos de magnésio podem reduzir um pouco a frequência da enxaqueca. Contudo, o magnésio só deve ser tomado para esse fim sob a supervisão de um médico”.

3. Contêm antioxidantes

Pele saudável

Esse fruto seco possui um alto teor de antioxidantes, como a vitamina C, a vitamina E, o selênio e o resveratrol. Esses nutrientes nos protegem dos danos causados ​​pelos radicais livres, tanto a nível celular quanto externamente. Dessa forma, evitamos o envelhecimento precoce e mantemos a pele saudável e bem nutrida.

4. Cuidam da musculatura

Devido ao seu teor de potássio, comer pistache é muito bom para cuidar da musculatura e manter um bom desempenho físico. Favorece a contração muscular, a transmissão nervosa e também promove a eliminação de líquidos retidos.

5. Têm propriedades antidiabéticas

O pistache se destaca como a melhor oleaginosa para prevenir a diabetes tipo 2, graças ao seu conteúdo de betacarotenos, procianidinas e fibras. Segundo alguns estudos, seu consumo regular reduz os níveis de açúcar no sangue e melhora a resistência à insulina.

6. Cuidam da visão

Por conter luteína, riboflavina e zeaxantina, os pistaches também são bons para manter a boa saúde visual. Isso faz desse alimento um excelente remédio para prevenir e melhorar os problemas de visão.

7. Ajudam a regular o trânsito intestinal

Os pistaches são muito ricos em fibras, um nutriente que favorece e regula a função intestinal. Dessa forma, e com uma dieta rica em frutas e vegetais, podemos combater a constipação.

8. Previnem a anemia

O pistache é um alimento que também contém ferro. Portanto, pode ajudar a prevenir a anemia ferropriva. No entanto, recomendamos seguir uma dieta variada e também consumir vitamina C (frutas cítricas, pimentão, etc…) para melhorar a assimilação do ferro.

Quanto consumir por dia?

Os frutos secos são muito recomendáveis para complementar a dieta. No entanto, devemos consumi-las com moderação, pois são alimentos muito calóricos.

Em geral, recomenda-se comer um punhado de oleaginosas por dia. No entanto, no caso do pistache, recomenda-se consumir 49 unidades por dia, o que corresponde a cerca de 30 gramas, se forem descascados.

Além disso, lembre-se de que é melhor comê-lo sem sal para evitar o excesso de sódio em nosso corpo, o que reduziria os benefícios desse fruto seco.

  • Dreher, M. L. (2012). Pistachio nuts: Composition and potential health benefits. Nutrition Reviews. https://doi.org/10.1111/j.1753-4887.2011.00467.x
  • Mohammadifard, N., Salehi-Abargouei, A., Salas-Salvadó, J., Guasch-Ferré, M., Humphries, K., & Sarrafzadegan, N. (2015). The effect of tree nut, peanut, and soy nut consumption on blood pressure: A systematic review and meta-analysis of randomized controlled clinical trials. American Journal of Clinical Nutrition. https://doi.org/10.3945/ajcn.114.091595
  • Kay, C. D., Gebauer, S. K., West, S. G., & Kris-Etherton, P. M. (2010). Pistachios Increase Serum Antioxidants and Lower Serum Oxidized-LDL in Hypercholesterolemic Adults. Journal of Nutrition. https://doi.org/10.3945/jn.109.117366