Bebê estrela e bebê arco-íris marcam uma maternidade diferente

18 de junho de 2018
Ambos os termos se referem a diferentes tipos de maternidades que são bastante difíceis, mas que, no entanto, ajudam a mãe a ser mais forte.

Bebê estrela e bebê arco-íris marcam uma maternidade diferente, porque essas mães viveram momentos tristes e felizes. Pela perda de um bebê e a chegada de outro, para dar luz e cor à sua vida.

Um bebê não substitui o outro, eles se complementam para criar mudanças na mãe que a ajudarão a crescer e se fortalecer a cada dia. O bebê estrela e o bebê arco-íris são novos conceitos, e a aceitação desses termos transformará e mudará seus pais.

Bebê estrela

O bebê estrela é o que se forma dentro da mãe, mas não consegue atingir a maturidade e nasce sem vida. Este ser, a quem a vida negou a subsistência, existiu e foi amado por seus pais. Na verdade, ele sempre continuará a brilhar como uma estrela cadente no céu, para ser lembrado por seus entes queridos.

Esses bebês não chegaram a conhecer o mundo, nem sentiram os abraços de sua mãe. No entanto, eles encheram suas mães com amor, que irão levar em seus corações por toda a vida. O bebê estrela se vai e o bebê arco-íris chega.

Mulher grávida

Por outro lado, há muitas mães que têm uma triste lembrança marcada em seu coração; só elas sabem o que sentiram quando receberam a notícia arrasadora de que seu bebê não tinha vida e ainda estava em seu ventre.

Quando este luto começa, a razão não é reconhecida. Para a mãe, há apenas um coração ferido. Depois que os dias passam e a recuperação começa, o luto se torna inspiração.

Por esta razão, inicia-se o caminho de honrar a vida que carregou por alguns meses. Observando no céu a estrela cadente em que o bebê se transformou.

E assim, as feridas internas são curadas pouco a pouco. Embora nunca se recuperem totalmente, as mães aprendem a viver e a seguir em frente, porque a maternidade dá às mulheres a capacidade de amar infinitamente.

Bebê arco-íris

O bebê arco-íris é aquele que chega depois de um aborto espontâneo, morte fetal ou morte neonatal. Torna-se um arco-íris cheio de esperanças para um futuro maravilhoso depois de uma perda difícil.

Quando a mãe tem o poder de transformar a dor em algo positivo, dá início ao processo do bebê arco-íris. O começo de uma nova esperança e um novo amor. Sem dúvida, os dois ocuparão um lugar importante em seu coração por toda a vida.

Bebê estrela e bebê arco-íris, uma maternidade diferente

O desejo das mulheres é conseguir uma gravidez saudável que possa se completar de maneira bem-sucedida. No entanto, existe uma maternidade diferente.

É aquela em que a mãe tem dois filhos, um bebê estrela e um bebê arco-íris. Esta maternidade não é escolhida, ela acontece. É diferente porque muda as estruturas da concepção.

Mãe segurando os pés do seu bebê

Atualmente as perdas na gravidez são um tabu, e as mães que sofrem com isso se calam. Assim que o bebê arco-íris chega em sua vida, sem dúvida, traz a força de que a mãe precisa naquele momento para seguir em frente.

Dúvidas comuns nas mães de bebê estrela e bebê arco-íris

Quando a mãe fica grávida de novo, depois de uma perda, a angústia a invade e começam as perguntas, preocupações e o medo.

Perguntas como: Será que vou ter outro bebê estrela? Meu corpo está pronto para trazê-lo ao mundo? Estou pronta para ser mãe de novo? Quando os riscos do aborto diminuirão? Depois de uma perda, as incógnitas aumentam.

Após a décima segunda semana, o risco de um aborto espontâneo começa a diminuir, os pais podem relaxar e começar a aproveitar o bebê arco-íris. Este bebê ajudará a encontrar a força e renovar a esperança da mãe, que tem um bebê estrela.

Alguns fatores que causam as perdas gestacionais

Fetais

  • Anomalia congênita ou genética letal
  • Infecção crônica ou aguda
  • Retardo do crescimento intrauterino

Placentárias

  • Cordão umbilical atado
  • Descolamento de placenta
  • Envelhecimento grave da placenta
  • Ruptura prematura da membrana

Maternas

  • Gravidez prolongada: quando ultrapassa 42 semanas
  • Doenças crônicas da mãe
  • Pré-eclâmpsia e eclâmpsia
  • Infecções durante a gravidez

Todos esses fatores podem ser determinados com o controle adequado. No entanto, você não pode culpar ninguém se tiver que viver uma maternidade diferente.

Por fim, é importante mencionar que atualmente esse tipo de maternidade que fez com que muitas mulheres ficassem em silêncio está sendo reconhecida, porque a humanidade não entende esse sentimento. Esperamos que este artigo seja uma contribuição para continuar divulgando o tema.

Mãe acariciando a mão de seu bebê

Que, desta forma, possamos atingir todas as pessoas que têm um bebê estrela, e que aquelas que ainda não tiveram filhos ou simplesmente não têm uma maternidade diferente consigam entender aquelas que vivem ou viveram este tipo de maternidade.

Reflexão

Quando você pergunta a uma mãe “quantos filhos você tem?” e ela responde dois, mas você só vê um, é porque ela tem um bebê estrela em seu coração.

Recomendados para você