Inchaço nas pernas: causas e remédios naturais

· 5 de setembro de 2015
O inchaço nas pernas pode ser causado pelo excesso de peso, pela má circulação e pela retenção de líquido. Conheça dicas e remédios naturais para evitá-la.

O excesso de peso, a má circulação e a retenção de líquidos são apenas algumas das causas do inchaço nas pernas. Devemos saber que este problema não está relacionado apenas à estética, mas à saúde.

Por isso, é vital tratá-lo o quanto antes. Neste artigo você poderá aprender mais sobre essa condição. Além disso, você poderá ver dicas e conhecer as melhores ervas para reduzir a inflamação nos tornozelos e nas pernas.

Inchaço nas pernas: o que saber

Aquela sensação de que as meias encolheram ou que temos uma bomba relógio nas panturrilhas tem um nome: edema. Aparece nas pernas, nos tornozelos e nos pés por vários motivos. Pode provocar outros sintomas, como:

  • Cansaço
  • Formigamento
  • Dor

Ocorre, sobretudo, em mulheres, e depois de certa idade, devido a alterações hormonais. Também está relacionado com os nossos hábitos (saudáveis ​​ou não) e até com a genética. As causas mais frequentes de inchaço nas pernas são:

Uso de calçados inadequados Causas de inchaço nas pernas

Por mais que sejam bonitos, os saltos implicam sérias consequências para a nossa saúde. O mesmo acontece com sapatos muito apertados ou os que usamos por várias horas seguidas.

Estar de pé o dia todo

Se você trabalha em uma loja ou em um lugar que envolva ficar em pé o dia todo, ao final do dia, você pode acabar com uma inflamação nos tornozelos e nas pernas.

Passar muito tempo sentado

Ficar muito tempo sentado pode causar inchaço nas pernas

Seja por trabalhar em um escritório ou por viajar de avião para um lugar distante. Não movimentarmos muito as pernas pode fazer com que todo o líquido desça e seja armazenado nos tornozelos.

Excesso de peso

A obesidade está mais do que relacionada com o inchaço nas pernas, devido ao acúmulo de líquidos que causa esse problema de saúde.

Pouco exercício

vida sedentária é uma das piores coisas que podemos fazer ao nosso corpo. Não praticar esportes ou realizar atividades físicas causa problemas de circulação no sangue e inchaço das extremidades inferiores.

Hormônios

A alteração hormonal pode causar inchaço nas pernas

É natural que as mulheres acumulem líquidos nas extremidades inferiores alguns dias antes de iniciar o período menstrual. Isso recebe o nome de hidropisia e também afeta a barriga. Além disso, a menopausa também representa uma das causas de inchaço nas pernas e nos tornozelos.

Pílulas anticoncepcionais

Muitas mulheres que escolhem este método contraceptivo têm problemas de inchaço, pois causam retenção de líquidos. Algumas vezes, inclusive, o inchaço não desaparece quando o uso é suspenso ou cancelado.

Gravidez

Durante a gravidez, as mudanças no corpo da futura mãe são variadas. Uma delas é a inflamação dos tornozelos, que é agravada pelo aumento de peso típico desta fase.

Doenças

Algumas doenças podem causar inflamação. Por exemplo, doenças cardíacas, problemas de circulação sanguínea, insuficiência renal, varizes, artrose e edema.

Dieta desequilibrada

A ingestão excessiva de sal está ligada ao inchaço; quando nossa dieta está cheia de sódio, o líquido se acumula em diferentes partes do corpo. Especialmente nas pernas, nos tornozelos e nos pés. Além disso, o déficit de certos nutrientes e, acima de tudo, a falta de água suficiente a cada dia podem causar inflamação no organismo.

Saiba mais sobre: Como aliviar os sintomas da artrose

Dicas para evitar o inchaço nas pernas

Dicas para evitar o inchaço nas pernas

Tendo em mente as causas, certamente você pode entender quais são as mudanças que você deve fazer em sua vida. Assim, apresentamos algumas dicas chave para que a inflamação ou edema não seja comum:

  • Eleve as pernas todos os dias. Você pode fazer isso à noite ou se tiver um minuto livre no trabalho.
  • Mude sua postura ao viajar por muitas horas: levante-se e ande pelos corredores ou faça paradas.
  • Faça exercício duas ou três vezes por semana. Para começar, basta sair para dar uma caminhada.
  • Diminua a ingestão de sal: escolha sal marinho ou tempere a comida com vinagre, limão e especiarias.
  • Use sapatos confortáveis Se você tiver que usar saltos, não os use durante todo o dia.
  • Escolha meias de apoio; elas podem ser compradas em lojas e servem para melhorar a circulação.
  • Considere outro método contraceptivo que não seja as pílulas.
  • Mantenha uma dieta saudável repleta de frutas e legumes. Não se esqueça de beber pelo menos 2 litros de água por dia.
  • Não use roupas muito apertadas: os jeans ou as calças leggings são o pior inimigo da inflamação nas pernas.
  • Mantenha uma gravidez saudável: não aumente muito o peso e cuide-se nas refeições.

Infusões e ervas para reduzir o inchaço nas pernas

Você já conhece as causas e como prevenir este problema. Agora é hora de eliminá-lo da sua vida. Você pode fazê-lo com remédios naturais e fáceis de preparar. As infusões ou chás que mostramos a seguir ajudarão você a conseguir isso:

Cavalinha

Cavalinha ajuda a reduzir o inchaço nas pernas

É uma das melhores plantas diuréticas que existem. Ajuda a reduzir a retenção de líquidos e alivia a sensação de inchaço. Além disso, é um depurativo muito eficaz, favorece a circulação sanguínea e ativa as funções renais. Tome-a na forma de uma infusão. Você pode consumir até 3 xícaras por dia.

Ingredientes

  • Uma colher de sopa de folhas de cavalinha (15 g).
  • Um xícara de água (250 ml).
  • Mel ou estévia

Modo de preparo

  • Primeiro, ferva a água.
  • Adicione a erva.
  • Ferva por alguns minutos, retire do fogo e cubra.
  • Após 10 minutos, coe, adoce com mel ou estévia e beba.

Também pode te interessar: Saiba mais sobre as grandes propriedades da cavalinha

Dente de leão

É outra erva purificadora que pode ser muito útil se você sofre de retenção de líquidos. Purifica o sangue e melhora o trabalho renal. A dosagem para um chá de dente de leão e as instruções são as mesmas da cavalinha.

Chá verde

É conhecido pelas suas propriedades emagrecedoras, depurativas e desintoxicantes. Tem múltiplos benefícios para a sua saúde. Você pode adquiri-lo em saquinhos ou comprar a erva em uma loja de alimentos naturais. Tome uma xícara com em jejum, outra depois do almoço e uma terceira à noite antes de ir dormir.

Se você sofre de inchaço nas pernas, use essas dicas e remédios para evitá-la. No entanto, se a inflamação não parar ou for acompanhada de dor, você deve consultar um médico.