Ardência nos pés: dicas e remédios para tratá-la

· 11 de junho de 2019
A ardência nos pés é um incômodo sintoma que pode vir acompanhado com formigamento e dor. Você costuma sofrer com o problema frequentemente? Descubra como combatê-lo com remédios de origem natural.

A sensação de ardência nos pés é um sintoma comum das lesões que comprometem os nervos das pernas e dos pés. Frequentemente afeta os pacientes com neuropatia diabética, ainda que também possa aparecer devido a deficiências nutricionais, sobrecarga muscular, infecções, entre outros. Conhece os remédios para a ardência nos pés?

O incômodo pode ser leve ou severo, em função de sua causa subjacente. Ainda mais, pode vir acompanhada com formigamento, adormecimento, inflamação e outra variedade de sintomas. Felizmente, existem várias soluções de origem natural que trazem uma sensação de alívio. Convidamos a todos a descobri-las.

5 remédios para a ardência nos pés

Na hora de provar remédios para o ardor nos pés é importante considerar a causa subjacente. Ainda que as preparações naturais sejam calmantes, às vezes outros tratamentos são requeridos. Por isso, se a ardência nos pés é causada por neuropatia diabética, infecções ou doenças que afetam os nervos, consulte o médico.

Contudo, se o incômodo provém de uma sobrecarga muscular, estresse ou pelo uso frequente de calçado inapropriado, é possível testar as alternativas naturais sem nenhum inconveniente. Anote!

1. Sais de Epsom

Sal de epsom

Os banhos com sais de Epsom seguem vigentes como terapia natural para a ardência e dor nos pés. Devido ao seu efeito relaxante, é ideal contra o mal-estar causado por problemas nervosos, musculares e circulatórios. 

Como fazer?

  • Primeiramente, adicione meia xícara de sais de Epsom em uma bacia com água quente.
  • Em seguida, submerja os pés durante 15 ou 20 minutos.

Cuidado: cheque se a temperatura está suportável.

Leia também: Como identificar fungos nos pés

2. Azeite de oliva

As massagens com azeite de oliva se destacam nesta lista de remédios para o ardor nos pés. Ainda que seja um produto com muitas aplicações culinárias, também tem diversas aplicações terapêuticas. Seu uso externo relaxa os músculos e combate o inchaço e formigamento. 

Como fazer?

  • Esquente um par de colheres de azeite de oliva em uma temperatura apta para aplicar sobre a pele.
  • Em seguida, esfregue sobre os pés com uma suave massagem. Prolongue o tratamento por uns 10 minutos e descanse.
  • Se desejar, repita a cada noite antes de dormir.

3. Remédios para a ardência nos pés: tomilho

Tomilho

O tomilho contém uma substância conhecida como timolol, cuja ação reduz as dores nas articulações, o formigamento e a inflamação. Portanto, tanto a planta como seus óleos essenciais, podem ser usados para complementar o tratamento do ardor nos pés.

Como fazer?

  • Primeiramente, adicione o tomilho fresco em uma panela com água fervendo.
  • Tape a preparação e deixe-a repousar até que alcance uma temperatura suportável.
  • Em seguida, verta o líquido em uma bacia com água e submerja os pés 20 minutos.
  • De modo opcional, combine umas 5 gotas de óleo de tomilho com azeite de oliva e faça uma massagem.

Descubra ademais: Importância de cuidar dos pés

4. Óleo de linhaça

Por sua significativa concentração de ácidos graxos ômega 3 e antioxidantes, o óleo de linhaça foi catalogado como um óleo terapêutico. Sua aplicação tópica regula a atividade do sistema nervoso, melhora o fluxo sanguíneo e reduz a inflamação.

Como fazer?

  • Primeiramente, coloque uma colher de óleo de linhaça nas palmas das mãos.
  • Em seguida, esfregue-as entre si e use-as para massagear os pés.
  • Realize a massagem durante 10 minutos e descanse.

5. Água fria e quente

Pés na água

As mudanças térmicas ajudam a contrair e relaxar os músculos, favorecendo um melhor descanso da zona dos pés.

Encerramos esta compilação de remédios para o ardor dos pés com uma alternativa básica e acessível para todos: alternar água fria e quente. Esta simples terapia ajuda a recuperar o músculo, tendões e nervos logo após o exercício ou qualquer atividade de alta intensidade.

Como fazer?

  • Quando experimentar ardência nos pés, submerja os pés na água quente. Espere uns 3 minutos e, em seguida, passe-os para uma bacia com água fria. Repita a mesma ação 2 ou 3 vezes, até sentir os pés relaxados.

O uso destes remédios para o ardor nos pés costuma ser suficiente para reduzir os incômodos. No entanto, se os sintomas persistirem ou piorarem, o melhor é solicitar atenção médica o quanto antes. Observe também outros sinais como úlceras ou feridas abertas, ardor intenso, ardor irradiado para as pernas, sensibilidade nos dedos, etc.

  • Rudolf RD. The use of Epsom salts, historically considered. Can Med Assoc J. 1917;7(12):1069–1071.
  • Gorzynik-Debicka, M., Przychodzen, P., Cappello, F., Kuban-Jankowska, A., Gammazza, A. M., Knap, N., … Gorska-Ponikowska, M. (2018). Potential health benefits of olive oil and plant polyphenols. International Journal of Molecular Sciences. https://doi.org/10.3390/ijms19030686
  • Nagoor Meeran, M. F., Javed, H., Taee, H. Al, Azimullah, S., & Ojha, S. K. (2017). Pharmacological properties and molecular mechanisms of thymol: Prospects for its therapeutic potential and pharmaceutical development. Frontiers in Pharmacology. https://doi.org/10.3389/fphar.2017.00380
  • Kaithwas, G., & Majumdar, D. K. (2013). Effect of L. usitatissimum (Flaxseed/Linseed) Fixed Oil against Distinct Phases of Inflammation . ISRN Inflammation. https://doi.org/10.1155/2013/735158
  • Versey, N. G., Halson, S. L., & Dawson, B. T. (2012). Effect of contrast water therapy duration on recovery of running performance. International Journal of Sports Physiology and Performance. https://doi.org/10.1123/ijspp.7.2.130
  • Mooventhan, A., & Nivethitha, L. (2014). Scientific evidence-based effects of hydrotherapy on various systems of the body. North American Journal of Medical Sciences. https://doi.org/10.4103/1947-2714.132935